Análise e resultados Pan-Americano de Ginástica 2014 - Final por equipes, individual geral e classificatórias por aparelhos masculina


Com um total de 352.550 pontos, a equipe americana foi campeã do Campeonato Pan-Americano de Ginástica 2014. 4 pontos atrás dos Estados Unidos e apenas 0.350 décimos à frente do Brasil ficou a Colômbia com a prata, com um total de 346.800 pontos. O Brasil ficou com o bronze com 346.450. Resultados completos.

A equipe do Brasil não foi tão bem quanto poderia, principalmente no solo, cavalo com alças e um pouco menos no salto. A equipe contou com duas notas na casa dos 13 no solo (um erro de Sasaki), notas que poderiam girar em torno dos 15 pontos. No cavalo com alças, a equipe contou com uma nota na casa dos 13 e outra na casa dos 12. Sasaki errou feio a série e acabou tirando um baixíssimo 10.150. No salto a situação foi um pouco melhor e a equipe terminou a competição com a nota mais alta nesse aparelho, mas mesmo assim contando com um 13.900. Apesar das falhas e do bronze que poderia ter sido até um ouro, a equipe teve seus auges durante a competição: Arthur Zanetti tirou 15.000 no solo e um 15.950 nas argolas; Diego Hypólito tirou 15.300 no solo (sem cravar a série); Sérgio Sasaki conseguiu 15.600 na barra fixa. Ótimas e importantíssimas notas, mas que numa competição por equipes não consegue efeito positivo se não houver outras boas notas para ajudar na soma.

O colombiano Jossimar Calvo foi o campeão do individual geral apenas 0.050 à frente do cubano Manrique Larduet. Calvo pontuou 89.300 e Manrique pontuou 89.250. O bronze ficou com o americano Sean Melton, que somou 88.850. O melhor brasileiro no individual geral foi Lucas Bittencourt, que ficou na 11ª colocação com 84.300. Sérgio Sasaki poderia ter sido o campeão se tivesse pontuado suas notas normais no cavalo com alças e solo. Resultados completos.

Confira os classificados pras finais por aparelhos.

Solo

1 - Diego Hypólito - BRA - 15.300
2 - Thomas Gonzalez - CHI - 15.250
3 - Arthur Zanetti - BRA - 15.000
4 - Randy Jose - CUB - 14.900
5 - Jorge Alfredo - GUA - 14.750
5 - CJ Maestas - USA - 14.750
5 - Manrique Larduet - CUB - 14.750
8 - Tarik Soto - CRC - 14.700
8 - Sean Melton - USA - 14.700

Cavalo com alças

1 - Marvin Kimble - USA - 14.900
1 -  Daniel Corral - MEX - 14.900
3 - Sean Melton - USA - 14.800
4 - Luis Rivera - PUR - 14.650
5 - Jossimar Calvo - COL - 14.600
6 - Jhonny Muñoz - COL - 14.450
6 - Francisco Barreto - BRA - 14.450
8 - Alexander Rodriguez - PUR - 14.300

Argolas

1 - Arthur Zanetti - BRA - 15.950
2 - Brandon Wynn - USA - 15.500
3 - Alexis Torres - PUR - 15.450
4 - Frederico Molinari - ARG - 15.200
5 - Juan Raffo - CHI - 15.150
6 - Jossimar Calvo - COL - 15.000
6 - Sérgio Sasaki - BRA - 15.000
8 - Jonathan Horton - USA - 14.900

Salto (ranking feito com as notas mais altas)

1 - Manrique Larduet - CUB - 15.100
1 - Jorge Alfredo - GUA - 15.100
3 - Sérgio Sasaki - BRA - 15.000
4 - Audrys Reyes - DOM - 14.950
5 - Sean Melton - USA - 14.900
6 - Diego Hypólito - BRA - 14.800
6 - Jossimar Calvo - COL - 14.800
8 - Thomas Gonzalez - CHI - 14.750
8 - Caio Souza - BRA - 14.750

Paralela

1 - Jorge Giraldo - COL - 15.600
2 - Manrique Larduet - CUB - 15.550
3 - Sean Melton - USA - 15.300
4 - Marvin Kimble - USA - 15.200
5 - Javier Sandoval - COL - 15.050
6 - Alexi Torres - PUR - 14.900
7 - Javier Gonzalez - 14.800
7 - Caio Souza - BRA - 14.800

Barra fixa

1 - Sérgio Sasaki - BRA - 15.600
2 - Jossimar Calvo - COL - 15.500
3 - Manrique Larduet - CUB - 15.300
4 - Jackson Payne - CAN - 15.100
5 - Marvin Kimble - USA - 15.000
6 - CJ Maestas - USA - 14.900
7 - Javier Sandoval - COL - 14.800
8 - Lucas Bittencourt - BRA - 14.750

Atenção: a lista dos finalistas foi feita colocando apenas os dois melhores ginastas de cada país como classificados. Entretanto, devido aos empates, podem haver erros na lista. Postaremos o resultado oficial assim que estiver disponível.

Final por equipes masculina. Brasil A x Estados Unidos B. Quem leva a melhor no Pan?


No Pan de Guadalajara em 2011, a equipe masculina do Brasil conquistou um título inédito para a nossa ginástica: nossos ginastas foram campeões pan-americanos por equipes. Na ocasião, Estados Unidos preferiu poupar os ginastas que competiram no Mundial e enviaram uma equipe B para o Pan. O Brasil estava com sua equipe mais forte e, merecidamente, campeã da América.

Esse ano a história se repete. Enquanto o Brasil envia sua melhor equipe para o Pan (faltando pouco mais de um mês para o Mundial), Estados Unidos prefere poupar seus melhores atletas e novamente envia uma equipe B para o Pan. A questão é que a equipe americana não é tão "B" quanto parece. O Brasil competirá contra a equipe americana de igual pra igual. Apesar de ser uma análise da equipe americana contra a equipe brasileira, não podemos deixar de levar em consideração a presença de outras equipes importantes que também estarão na briga pelo pódio: Colômbia, Porto Rico e Cuba. Vale lembrar que essas equipes também estarão com seus melhores atletas.

Arthur Zanetti terá um adversário forte nessa competição. Brandon Wynn, medalhista de bronze no Mundial do ano passado enquanto Zanetti foi ouro, ficou fora da equipe Mundial e dentro da equipe do Pan. Wynn acaba de ser campeão americano tirando 15.900 em um dos dias de competição. Essa nota seria boa o suficiente para vencer Zanetti. Mas será que esses 15.900 foi uma nota justa? Tradicionalmente as notas dos campeonatos americanos são um pouco infladas... Esse pequeno exemplo pode ilustrar toda a competição por equipes desse Pan.

Os atletas que compõem a equipe americana são: Brandon Wynn, Jhonatan Horton, Eddie Penev, CJ Maestas, Marvin Kimble e Sean Melton. Somando as três melhores notas de cada ginasta em cada aparelho nos dois dias do nacional americano, a equipe teria um total de 271.700. Pensando nesse total, a equipe americana ficaria com o ouro, já que num somatório de notas feito em uma postagem anterior, analisando as chances das equipes do Brasil no Mundial desse ano, a equipe masculina teria um total de 269.114. Esse somatório contou com as melhores notas de Arthur Nory esse ano e, como a maioria sabe, Nory não competirá no Pan.

Ponto a favor do Brasil: notas americanas infladas que provavelmente serão mais baixas no Pan. Ponto a favor dos Estados Unidos: Arthur Nory fora da competição. Quem leva a melhor? A partir das 11h podemos começar a descobrir. Fica a nossa torcida por mais um título brasileiro!

Campeonato Pan-Americano de Ginástica 2014


Confira todas as informações necessárias para acompanhar o Pan-Americano de Ginástica 2014!

LOCAL

Mississauga - Canadá

DATA

29/08 - 01/09

TRANSMISSÃO

http://www.sportscanada.tv/gymnasticscanada/index.php/broadcast-schedule

SUBDIVISÕES

Feminino

Subdivisão 1 – Chile, Estados Unidos, Argentina, Grupo Misto A (Ecuador, Bermudas)
Subdivisão 2 – Perú, Puerto Rico, Venezuela, Grupo Misto C (Bolivia, Guatemala, Islas Caimanes, Bahamas)
Subdivisão 3 – Cuba, Canadá, México, Grupo Misto D (República Dominicana, Honduras, Uruguay)
Subdivisão 4 – Grupo Misto B (Trinidad y Tobago, Bahamas), Colombia, BRASIL, Panamá

Masculino

Subdivisão 1 – Canadá, Perú, Argentina, Grupo Misto A (Bolivia, Uruguay, Trinidad y Tobago), BRASIL
Subdivisão 2 – Venezuela, Chile, México, Grupo Misto B (Panamá, Guatemala, Salvador), Cuba
Subdivisão 3 – Puerto Rico, Colombia, Grupo Misto C (Ecuador, República Dominicana), Estados Unidos.

PROGRAMAÇÃO (Horário de Brasília)

29/08 - Competição por equipes, individual geral e classificatórias por aparelhos masculino

11h - SUB 1
14:30h - SUB 2
17:30h - Cerimônia de abertura
18h - SUB 3
21:15h - Cerimônia de premiação

30/08 - Competição por equipes, individual geral e classificatórias por aparelhos feminino

11h - SUB 1
13:45h - SUB 2
16:30h - SUB 3
19:15h - SUB 4
21:50h - Cerimônia de premiação

31/08 - 1º dia de finais por aparelhos

15:30h - Solo masculino
16h - Salto feminino
16:30h - Cerimônia de premiação
16:50h - Cavalo com alças
17:20h - Barras assimétricas
17:50h - Argolas
18:20h - Cerimônia de premiação

01/09 - 2º dia de finais por aparelhos

15:30h - Salto masculino
16h - Trave
16:30h - Cerimônia de premiação
16:50h - Paralela
17:20h - Solo feminino
17:50h - Barra fixa
18:20h - Cerimônia de premiação

LISTA DE PARTICIPANTES

Masculino

Argentina

Andres Arean
Nicolas Cordoba
Mauro Martinez
Osvaldo Martinez Erazun
Juan Sebastian Melchiori
Federico Molinari
Alejandro Chumacero

Bolívia

Michael Duay Mayta
Marco Antonio Riveros

Brasil

Francisco Barretto Júnior
Lucas Bitencourt
Diego Hypólito
Sérgio Sasaki Júnior
Caio Souza
Arthur Zanetti

Canadá

Damien Cachia
Mathieu Csukassy
Scott Nabata
Jackson Payne
Simon Porter
Jay Hugh Smith
Robert Watson

Chile

Joel Alvarez
Christian Bruno
Juan Pablo Gonzalez
Tomas Gonzalez
Felipe Piña
Juan Raffo

Colômbia

Kristopher Bohorquez
Carlos Calvo
Jossimar Calvo
Jorge Giraldo
Jhonny Muñoz
Javier Sandoval

Costa Rica

Henry Daniel Gonzalez Vega
William Andres Romero Lee
Tarik Soto Byfield
Luis Alejandro Soto Mendez
Andres Valverde Valerde

Cuba

Manrique Larduet Bicet
Randy Jose Leru Bell
Luis Alberto Oquendo Enriquez
Rafael Rosendi Torrecilla
Ernesto Vila Sarria

Republica Dominicana

Henrry Antonio Campusano Terrero
Audrys Nin Reyes
Angel Gabriel Perez Arias

Equador

Daniel Mauricio Gomez Barreno
Boris Alexander Merchan Quiroz

El Salvador

Pablo Natanael Velásquez Candray

Guatemala

Mario Picon Choc
Jorge Alfredo Vega Lopez

México

Javier Balboa Gonzalez
Rodolfo Herón Bonilla Ruiz
Kevin Ricardo Cerda Gastelum
Javier Cervantes Quezada
Daniel Corral Barron
Jaim Humberto Romero Morán

Panamá

Jose Manuel Gallardo
Manuel Jose Gallardo

Peru

Mario Berrios
Renato Deza
David Figueroa
Mauricio Gallegos
Arian Leon
Jose Quilla

Porto Rico

Rafael Morales
Tristian Perez
Tommy Ramos
Luis Rivera
Alexander Rodriguez
Alexis Torres

Trinidad y Tobago

William Albert

Uruguai

Cristhian Meneses

Estados Unidos

Jonathan Horton
Marvin Kimble
CJ Maestas
Sean Melton
Eddie Penev
Brandon Wynn

Venezuela

Carlos Carbonell
Jostyn Fuenmayor
Jose Luis Fuentes
Johny Parra
Junior Rojo
Adikxon Trejo
Xavier Veloz

Feminino

Argentina

Camila Jazmin Ambrosio
Merlina Galera
Paloma Guerrerio Battellini
Maria Belen Stoffel
Ayelen Tarabini
Ailen Valente

Bahamas

Kianna Dean
Simone Hall
Toneka Johnson

Bermudas

Zantae Dill
Sydney Mason
Gabrielle Vincent

Bolívia

Kaylee Shae Cole
Diana Vasquez

Brasil

Letícia Costa
Isabelle Cruz
Daniele Hypólito
Mariana Oliveira
Julie Kim Sinmon
Mariana Valentin
Maria Cecília

Canadá

Ellie Black
Madison Copiak
Hélody Cyrenne
Jordyn Pedersen
Kirsten Peterman
Victoria Kayen Woo
Aleeza Yu

Ilhas Caimans

Bethany Dikau

Chile

Barbara Achondo
Martina Castro
Simona Castro
Makarena Pinto
Franchesca Santi
Camila Vilchez

Colômbia

Catalina Escobar
Ginna Escobar
Luisa Leal
Eliana Rodriguez
Marcela Sandoval
Bibiana Velez

Cuba

Yesenia Sasquia Ferrera Núñez
Jenifer Janes Iglesias
Mary Adny Morffi Arteaga
Leidys Izabela Perdomo
Leidys Caridad Rojas Marrero
Dovelis Elena Torres Herrero

República Dominicana

Claudia Goyco Cerdan
Yamilet Peña Abreu

Equador

Elid Mayerli Hellwing Burgos
Giulianna Pino Alcivar

Guatemala

Ana Sofia Gomez Porras

Honduras

Kasia Chrinos

México

Miriana Almedia
Elsa Garcia
Alexa Citlali Moreno
Karla Yanin Retiz
Ahtziri Sandoval
Karla Amaranta Torres
Selene Vazquez

Panamá

Isabella Amado Medrano
Valentina Brostella Arias
Ana Victoria De Leon Barrelier
Daniela Montenegro Charry

Peru

Andrea Camino
Mariana Chiarrella
Sandra Collantes
Nicole Hein
Ariana Orrego
Britt Reusche

Porto Rico

Andrea Maldonado
Paula Mejias
Lorena Quiñones
Nicolle Vazquez
Helianesis Vicenti

Trinidad y Tobago

Marisa Dick
Khazia Hislop
Thema Williams

Uruguai

Debora Reis

Estados Unidos

Madison Desch
Maggie Nichols
Ashton Locklear
Madison Kocian
Amelia Hundley
MyKayla Skinner

Venezuela

Ivet Galean
Eliana Gonzalez
Jessica Lopez
Paola Marquez
Yarimar Medina
Maciel Peña
Cindy Ruiz


Aliya Mustafina vence a Russian Cup


Aliya Mustafina venceu hoje o individual geral da Russian Cup. O campeonato é usado para definir as equipes que compõe o campeonato Mundial, que começa daqui a pouco mais de um mês.

Aliya pontuou 14.833 no salto, 15.400 na paralela, 14.600 na trave (com uma queda) e 14.300 no solo. Fez um total de 59.133 e ficou á frente de Maria Kharenkova, que terminou com 57.834, e Daria Spiridonova, que terminou com 56.799.

Maria Paseka pontuou 14.633 no salto e 14.200 no solo. Viktoria Komova pontuou 14.700 na paralela. Daria Elizarova, que abandonou a Rússia e competia (ou ainda compete?) pelo Usbequistão, foi a melhor no solo com 14.467, mas não se sabe ao certo se a ginasta pode ou será selecionada, já que ela não apareceu nas últimas convocações de treinamento da seleção.

Confira os resultados!

1 Aliya Mustafina 14.833/15.4/14.6/14.3 = 59.133
2. Maria Kharenkova 14.1/13.867/16.2/13.667 = 57.834
3 Daria Spiridonova 13.833/15.033/14.233/13.7 = 56.799
4. Alla Sosnitskaya. 14.533/13.833/14.033/14.033 = 56.432
5. Ekaterina Kramarenko 13.9/14.667/13.6/13.367 = 55.534
6. Daria Elizarova. 13.7/13.633/13.637/14.467 = 55.433

Fora as bonificações particulares que existem na Russian Cup, as notas foram, no geral, infladas. Aliya Mustafina, por exemplo, conseguiu 14.600 na trave com uma queda.

Confira os vídeos do campeonato e tire suas conclusões.

https://www.youtube.com/user/liebetomth/videos

Equipes americanas definidas para Pan e Mundial 2014


Depois do Campeonato Americano, que aconteceu no fim de semana passado, foram definidas as equipes que competirão no Pan-Americano de Ginástica, que acontecerá no próximo fim de semana. Confira os atletas selecionados.

MASCULINO

Pan-Americano 2014

O comitê técnico americano decidiu enviar uma equipe B para o Pan. Vamos ver o que vai acontecer...A discussão sobre essa escolha será assunto exclusivo para uma próxima postagem.

Jonathan Horton
Marvin Kimble
CJ Maestas
Sean Melton
Eddie Penev
Brandon Wynn
Akash Modi (reserva)

Mundial

Jacob Dalton
Danell Leyva
Sam Mikulak
Alex Naddour
John Orozco
Donnell Whittenburg
Paul Ruggeri III

Dentre os selecionados, minha previsão era que Brandon Wynn estivesse no lugar de Donnell Whittenburg, que foi muito bem no segundo dia de competições e acabou ficando com a vaga. Whittenburg provavelmente tem dois saltos muito difíceis (um dragulescu e um tsukahara com duplo mortal com pirueta) e grandes chances de ser campeão mundial desse aparelho nesse ano.

Donnell Whittenburg - Salto 1


Donnell Whittenburg - Salto 2



FEMININO

No feminino foi definido apenas a equipe que competirá no Pan-Americano. As ginastas Simone Biles e Kyla Ross não estão entre as selecionadas para competir no Pan, mas a vaga de ambas é certa no Mundial. A equipe oficial deve ser definida depois do camping de treinamento e momentos antes da viagem para a China.

Pan-Americano 2014

Alyssa Baumann
Madison Desch
Maggie Nichols
Ashton Locklear
Madison Kocian
Amelia Hundley
MyKayla Skinner

A ginasta reserva seria decidida 24h antes da competição começar mas uma lesão no ombro de Alyssa Baymann a deixou fora da competição o que provavelmente coloca as outras 6 ginastas como a equipe oficial. Apesar de não ser a equipe mais forte dos EUA no momento (dito isso pela falta de Biles e Ross), com certeza a equipe conquistará o título Pan-Americano com facilidade e contará com duas ginastas em todas as finais individuais.

Fonte e foto: USA Gym

Sam Mikulak e Simone Biles são campeões americanos 2014. Equipe nacional americana é defininda


No último sábado terminou as competições femininas do Campeonato Americano 2014. No domingo terminou as competições masculinas. A competição feminina teve seu início na quinta, com o 1º dia de competição, e a masculina na sexta. Para a definição dos campeões americanos, soma-se a nota do 1º com o 2º dia, e quem levou a melhor foi Sam Mikulak no masculino e Simone Biles no feminino.

MASCULINO

Depois de ficar em 4º lugar no primeiro dia, Mikulak teve uma competição quase sem erros para novamente ser campeão nacional. Obteve pontuação final de 92.250, que foram adicionadas aos 88.400 do primeiro dia e fez com que o ginasta terminasse com o ouro. John Orozco abaixou um pouquinho a média de nota final com relação ao primeiro dia e isso colaborou para que ficasse em 2º lugar mas bem próximo ao 3º lugar, que ficou com o ginasta Jacob Dalton. Orozco totalizou 18.650 e Dalton totalizou 180.200. Donnell Whittenburg surpreendeu ficando na 4º posição e, fora Mikulak, foi o único ginasta a passar dos 90 pontos. Danell Leyva manteve a regularidade do primeiro dia e ficou em 5º lugar.

Os campeões das finais por aparelhos não se repetiram. Foram eles: Jacob Dalton (solo), Sam Mikulak (cavalo com alças), Brandon Wynn (argolas), Donnell Whittenburg (salto), Danell Leyva (paralela) e John Orozco (barra fixa).

Os selecionados para a equipe nacional foram: Jacob Dalton, Jhonatan Horton, Danell Leyva, Sam Mikulak, Alex Naddour, John Orozco, Eddie Penev, Paul Ruggeri, Donnell Whittenburg e Brandon Wynn.

Resultados completos: individual geral e aparelhos.

FEMININO

Simone Biles, que é bem consistente e segura, acabou errando a trave no segundo dia de competições. Mesmo assim é visível a melhora que a ginasta teve nesse aparelho. Atualmente a ginasta consegue executar as ligações que se propõe de forma que sejam validadas com segurança. Mesmo com a queda Simone ficou 4 pontos à frente da segunda colocada, Kyla Ross (122.550 / 118.300). Ross não foi bem no primeiro dia de competições, mas cravou todas as suas séries no segundo dia e conquistou o segundo lugar do pódio. A ginasta não executou a sequência de flic sem mãos + duplo twist (onde teve a queda no primeiro dia), deixando a impressão de que sua série de solo não tem mais opções de evolução em termos de dificuldade. Maggie Nichols melhorou sua nota com relação ao primeiro dia, quase o suficiente para o segundo lugar. Terminou em terceiro com 117.900.

Como em 2010, a equipe americana não está tão forte. A saída precoce de Elizabeth Price das competições internacionais (devido a uma bolsa de estudos que recebeu de uma faculdade) é um fator limitante para que a seleção que competirá no Mundial seja muito bem escolhida. E as ginastas não podem se dar o luxo de errar como aconteceu na final por equipes em 2010.

As campeãs por aparelho foram: Simone Biles (salto e salto), Ashton Locklear (paralela) e Kyla Ross (trave).

As selecionadas para a equipe nacional, foram: Simone Biles, Kyla Ross, Maggie Nichols, Alyssa Baumann, Mykayla Skinner, Brenna Dowell, Ashton Locklear, Madison Kocian, Madison Desch e Amelia Hundley.

Resultados completos: individual geralaparelhos.

 
Gym Blog Brazil © 2012 | Designed by caioflorindo.com