Cuba pode participar do próximo Mundial


Depois do sucesso dos ginastas cubanos nos últimos campeonatos em que participaram, parece que finalmente veremos Cuba sendo representada em um Mundial outra vez. William Garcia, chefe do programa nacional de Cuba, se mostrou satisfeito com o desempenho dos ginastas, principalmente Manrique Larduet e Yesenia Ferrera, e se mostra esperançoso com a participação dos ginastas no Mundial de Glasgow.

Aparentemente qualquer nação pode enviar um limite máximo de 3 ginastas em cada categoria no próximo Mundial. Isso daria a chance dos ginastas se classificarem individualmente para as Olimpíadas. Manrique Larduet é hoje um dos melhores ginastas na categoria individual geral do Mundo e não seria surpresa se ele terminasse entre os 10 melhores no ano que vem.

As equipes cubanas estão classificadas para os Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015. Também tiveram um grande salto no quadro de medalhas dos Jogos Centro-Americanos: conquistaram apenas uma medalhas de bronze em 2006 (em Cartagena) contra 16 medalhas em 2014 (em Veracruz). Se a escala de progresso continuar assim é possível que Cuba belisque uma classificação por equipes para os Jogos de 2020.

Uma curiosidade: a ausência de Cuba durante todos esse anos em Mundiais e Olimpíadas foi devido ao fato de 3 ginastas terem desertado durante o Mundial de Anaheim em 2003.

Fonte: Gymnastics Coaching e Gimnasia Latina.
Foto: Ricardo López

Mais competições para o Brasil até o fim do ano


A ginástica artística do Brasil vai ter um fim de ano agitado! Bom pra nós que estamos sempre à espera de algum bom campeonato para assistir, principalmente nessa depressão pós-mundial... A participação do Brasil será exclusivamente masculina.

Vamos lá! Abaixo está a lista dos campeonatos e os ginastas brasileiros que irão participar. Confira!

Copa do Mundo de Suttgart - Team Challenge

Francisco Barreto
Lucas Bittencourt
Arthur Zanetti
Arthur Nory

A competição será por equipes. A classificatória será na próxima sexta, dia 28/11, e a final será no sábado, dia 29/11.

Copa do Mundo de Stuttgart / Alemanha- Individual geral

Sérgio Sasaki

Sasaki enfrentará os melhores ginastas da categoria individual geral (com base no ranking do Mundial) no domingo, dia 30/11.

Copa do Mundo de Glasgow / Grã-Bretanha - Individual geral

Sérgio Sasaki

Entre os dias 04 e 07 de dezembro Sasaki compete no mesmo formato de Stuttgart, provavelmente contra os mesmo ginastas.

Aberto Mexicano de Ginástica - Acapulco / México

Lucas Bittencourt

Entre os dias 02 e 08 de dezembro acontecerá esse campeonato cada vez mais tradicional nos finais de ano. No ano passado, na categoria adulta, a competição aconteceu no formato de pares e individual geral.

Toyota International Cup - Tóquio / Japão

Diego Hypólito

A última participação do ano será com o ginasta Diego Hypólito, entre os dias 11 e 15 de dezembro no Japão. A competição é por aparelhos, na ordem olímpica, com dois dias de finais.

Prêmio Brasil Olímpico 2014


A partir desse ano, o tradicional Prêmio Brasil Olímpico terá uma nova categoria: o troféu Atleta da Torcida. O vencedor será eleito por voto popular no Facebook e no Twitter. O torcedor deve votar em seu perfil pessoal a hashtag do seu atleta favorita.

Dentre os 12 atletas que concorrem ao prêmio, Flávia Saraiva e Diego Hypólito estão na disputa pelo troféu. O vencedor levará para casa um prêmio no valor de R$30 mil!

Os atletas foram escolhidos com base em seu desempenho esportivo, suas atitudes e condutas, seu exemplo de superação, conquista inédita ou proximidade e identificação com o público.

Então vamos lá:

- para votar em Flávia Saraiva, use a hashtag #EuVotoPBOFlávia
- para votar em Diego Hypólito, use a hashtag #EuVotoPBODiego

Uma coisa muito importante: a postagem no Facebook deve estar em modo público! Assim como na foto abaixo... Preste atenção!


Até o momento a nossa querida Flávia está em 3º lugar na preferência! Ganhar essa votação seria uma ótima estreia para Flávia em um Prêmio Brasil Olímpico.

Então, bora fazer a nossa parte! Vamos entregar esse prêmio para a ginástica mais uma vez!

Fonte: COB

Viktoria Komova volta a competir


A vice-campeã olímpica Viktoria Komova retornou às competições internacionais com resultado bastante satisfatório. A ginasta russa de 19 anos de idade, saiu do Csanýi Cup, competição que rolou em Budapeste, na Hungria, com o ouro no individual geral somando 55.900 pontos, outro ouro na final de barras (15.150), ouro na trave (13.300) e uma medalha de prata no solo (13.400).

No primeiro dia de competição, onde foi disputado apenas a final do individual geral, Komova começou em sua especialidade, as barras, com uma ótima execução nos voos e pequenas falhas nas piruetas e lançamentos, alcançando um 14.600 (6.3 de D). Na trave, passou sem grandes problemas, com apenas um desequilíbrio considerável na aterrissagem de seu giro com perna a 180 graus, e onde optou por terminar a série de forma segura e sem riscos de lesão, com um mortal esticado vindo de dois flic flacs. Os únicos elementos da série olimpica de trave que ela não arriscou foram a saída de Patterson e o twist grupado (ou arabian), ambos elementos de alto grau de dificuldade e que podem forçar muito o tornozelo, local onde a ginasta passou por uma cirurgia no começo do ano. No entanto, sua série de trave teve uma novidade em relação às Olimpíadas: a volta do duplo giro ao invés da cortada simples. Com essa série, Viktoria arrancou um 13.600 da arbitragem (4.9 de D). A maior surpresa veio no solo, onde a ginasta apareceu com uma série simples, mas muito bem executada e com todas as exigências cumpridas, com apenas uma falha considerável no final da série: pisou com um pé fora do tablado na saída de duplo carpado. Viktoria mesmo assim obteve a segunda maior nota do solo da competição com um 13.400 (4.9 de D). No salto ela novamente optou por se poupar e não arriscar muito, saltando um excelente Yurchenko com uma pirueta com aterrissagem cravada e apenas sete décimos de descontos (14.300 de nota final).

A atleta contrariou as previsões de Valentina Rodionenko, que aguardava o retorno de Komova às competições internacionais apenas em 2015, mais provavelmente no Campeonato Europeu. Komova chegou a correr atrás da vaga de especialista para a equipe russa no Mundial desse ano, mas sua participação foi vetada pelos médicos, porque, segundo Andrei e Valentina Rodionenko, apesar da ginasta ter sido campeã nacional nas barras isso não era suficiente pra colocá-la na equipe. Viktoria não pôde participar do Mundial porque precisaria recuperar seu salto competitivo (um Yurchenko com dupla pirueta no mínimo) e sua série de trave com todas as exigências, sendo que a ginasta havia começado a treinar trave a apenas duas semanas antes do nacional, que aconteceu em agosto.

Confira os vídeos das séries de Komova nesse Campeonato!

Salto


Barras assimétricas


Trave


Solo


Texto de Stephan Nogueira.

Resultados Memorial Joaquim Blume 2014


O Memorial Joaquim Blume 2014 conheceu seus campeões no último sábado. O ucraniano Oleg Verniaiev e a espanhola Roxana Popa conquistaram o lugar mais alto do pódio. Sérgio Sasaki ficou no segundo lugar.

Vernieiv, mesmo com erros, continuou somando acima dos 90 pontos no individual geral, Isso prova, mais uma vez, que em uma competição sem erros, Verniaiev é o principal adversário do japonês Kohei Uchimura na atualidade. Sérgio Sasaki também teve rendimento um pouco abaixo do esperado no solo e na barra fixa, e acabou pontuando 88.250 para ficar com a prata. O bielorusso Andrei Likhovtskiy terminou na 3ª colocação com 87.150.

O americano Paul Ruggeri decepcionou um pouco nessa competição, terminando na 6ª colocação com apenas 81.900. O alemão Andreas Toba, apesar de terminar em quarto lugar, poderia ter somado algo além dos seus 83.850.

No feminino, Roxana Popa teve ótimas apresentações no salto, assimétricas e solo, deixando a trave a desejar. Popa precisa melhorar o treinamento psicológico, já que a ginasta sempre compete o individual geral com erros em pelo menos um aparelho. Mesmo com o erro, Popa somou 57.100, deixando a polonesa Martha Pihan com a prata, somando 54.950. Pihan teve a melhor trave do dia, terminando com a nota 14.100. A portuguesa Ana Filipa Martins continua trilhando o caminho do sucesso desde o Mundial e terminou a competição com o bronze. Filipa teve a 2ª melhor nota de paralela da competição, um 13.750. Agora é o momento certo para a portuguesa começar a dificultar mais suas séries e conseguir resultados ainda melhores.

A italiana Francesca Deagostini retornou às competições mas ainda se mostra um pouco fraca. Terminou a competição na 9ª colocação e sua melhor nota foi no salto, um 13.750. Oksana Chusovitina ficou na 5ª colocação com 52.400.

Confira os resultados completos!
Para assistir os vídeos da competição, acesse: https://www.youtube.com/user/javiercollados/videos

Ginastas brasileiros passam por cirurgias

O ginasta brasileiro Caio Souza passou por uma cirurgia durante essa semana. Julie Kim e, aparentemente, Isabelle Retamiro farão cirurgias hoje. Cumpridos os compromissos mais importantes do ano essa é a melhor hora para uma boa recuperação.

Caio Souza postou uma foto em seu perfil no Facebook logo após sair do hospital numa cadeira de rodas. Ao que parece, a cirurgia foi para reparar a lesão que tirou Caio das competições no Mundial.


Já Anita Rey, mãe da ginasta Julie Kim, postou uma foto da filha hoje no hospital e Julie parecia muito tranquila. A cirurgia de Julie será no cotovelo. Anita também mostrou solidariedade com a ginasta Isabelle Retamiro, que aparece em outra foto, dando a entender que Retamiro também passará por uma cirurgia.


Outras informações mostram que os ginastas das seleções estão cuidando das pequenas lesões para não terem problemas no ano que vem, ano mais importante do ciclo. O ideal seria todos os ginastas chegarem saudáveis no Mundial e conseguirem classificar uma equipe diretamente para as Olimpíadas. Para quem não leu um texto postado aqui no blog um tempo atrás, o evento teste acontecerá em abril de 2016, apenas 3 meses antes dos Jogos Olímpicos.

 
Gym Blog Brazil © 2012 | Designed by caioflorindo.com