EUA escolhe equipe masculina "A" para Pan de Toronto


Os Estados Unidos anunciaram a equipe masculina que defenderá o país no Pan de Toronto, em julho. Talvez pela distância que o Pan tem do Mundial (3 meses distanciam um campeonato do outro), optaram por levar uma equipe bem forte esse ano, fato que não compromete os treinos para Glasgow. A equipe escolhida será composta por Sam Mikulak, John Orozco, Donnell Whittenburg, Paul Ruggeri e Marvin Kimble.

Com certeza estão indo em busca do ouro perdido em 2011 para o Brasil. Na ocasião, um texto foi postado aqui no blog onde dizia que os Estados Unidos nunca mais levariam uma equipe B para o Pan, e parece que o fato realmente se concretizou dada a equipe extremamente forte que escalaram dessa vez.

A realidade é que a situação atual do Brasil está complicada: no ano passado, sem a presença de Arthur Nory na equipe, o Brasil acabou ficando na terceira posição, perdendo para os EUA e para a Colômbia, que ficaram com ouro e prata respectivamente; esse ano já temos o desfalque de Diego Hypólito, que está com uma lesão nas costas, e novamente de Nory, que está inicialmente afastado por 30 dias da seleção por conta do polêmico episódio de racismo contra o ginasta Ângelo Assumpção. Além desses, a equipe também sentirá a falta de Sérgio Sasaki, que ainda se recupera de uma cirurgia ocasionada por uma lesão no joelho no fim do ano passado.

Ainda não se sabe quais ginastas são os escolhidos para representar o Brasil no Pan e nem se a suspensão de Nory levará mais que os 30 dias inicialmente definidos. Mesmo sem os ginastas mencionados, o Brasil pode fazer uma boa campanha no Pan e brigar com a Colômbia pela prata, mas o ouro provavelmente é americano.

Post de Cedrick Willian
Fonte: USA Gym
Foto: Divulgação

Copa do Mundo de Ginástica Artística 2015 - Etapa de Anadia



Confira todas as informações sobre o campeonato!

Data

21/05 a 24/05

Local

Anadia / Portugal

Site da Competição




A seleção brasileira contará com a participação dos atletas Caio Souza, Petrix Barbosa, Lucas Bittencourt e Francisco Barreto. Essa é a última participação da seleção masculina em Campeonatos Internacionais antes do Campeonato Pan-Americano. Para conferir a lista completa, acesse o link abaixo.

http://www.fig-gymnastics.com/site/site/download?fileId=1842

Transmissão

23/05 Sportv2 11:00
24/05 Sportv 11:00
Programação - Horário do Brasil

21/05 - 11h00 - 15h00

Classificatórias: Solo, Cavalo com Alças e Argolas (GAM) / Salto e Paralelas Assimétricas (GAF)

22/05 - 11h00 - 15h00

Classificatórias: Saltos, Paralelas e Barra Fixa (GAM) / Trave e Solo (GAF)

23/05 - 11h00 - 13h45

1º dia de finais: Solo, Cavalo com Alças e Argolas (GAM) / Salto e Paralelas Assimétricas (GAF)

24/05 - 11h00 - 13h45

2º dia de finais: Saltos, Paralelas e Barra Fixa (GAM) / Trave e Solo (GAF)

Post feito com a ajuda de Tina Bel.

Jossimar Calvo domina Nacional Colombiano e conquista todos os títulos


No último fim de semana, o ginasta colombiano Jossimar Calvo sagrou-se campeão colombiano mais uma vez. E não somente isso: além de ter sido campeão individual geral com uma nota altíssima (90.850), Calvo foi campeão por equipes e se classificou para todas as finais por aparelhos, levando todos os ouros da competição.

Sem dúvidas, o colombiano é hoje o maior rival do brasileiro Sérgio Sasaki na América Latina e um dos melhores ginastas do Mundo. Com ótimas séries de paralela e barra fixa, já se classificou para finais muito importantes nesse aparelho. Continuando saudável, com certeza vai fazer um excelente Campeonato Pan-Americano e um ótimo Mundial.

A Colômbia é um país em ascensão na ginástica artística masculina, assim como o Brasil. Apesar do Brasil estar na frente, produzindo mais ginastas como Calvo, é provável que daqui a alguns anos o país esteja figurando entre as melhores equipes do Mundo.

Confira as notas de Calvo nas finais por aparelhos:

Solo - 14.633
Cavalo com alças - 15.267
Argolas - 14.567
Salto - 14.317
Paralelas - 15.867
Barra fixa - 15.367 (nota D 7.3)

No feminino, a campeã do individual geral foi Yurani Avendaño com 51.966. As campeãs por aparelhos foram:

Salto - Yurany Avendaño - 13.567
Barras Assimétricas - Bibiana Velez - 13.533
Trave - Marcela Sandoval - 13.167
Solo - Ginna Escobar - 13.300

Para conferir os resultados completos, clique aqui.

Post de Cedrick Willian
Foto: FIG

Jade Barbosa completamente recuperada


A ginasta Jade Barbosa, que sofreu uma lesão no joelho durante a saída da sua série de barras assimétricas no Campeonato Brasileiro do ano passado, está completamente recuperada da cirurgia que teve que passar por conta da lesão. No começo do mês a ginasta passou pela última avaliação médica e está 100% liberada para os treinos em todos os aparelhos.

O trabalho de prevenção de lesões e fisioterapia ainda está sendo feito juntamente com os treinos dos elementos, nada mais inteligente e importante nessa corrida contra o tempo até o Mundial e, quem sabe, Campeonato Pan-Americano. Apesar de esse ano termos Rebeca Andrade e Flávia Saraiva na equipe adulta, a presença de Jade na equipe é indispensável para a provável classificação olímpica. A ginasta tem séries para somar notas que pontuem para a equipe em todos os aparelhos.

No vídeo abaixo é possível ver um duplo esticado (com o trabalho de postura melhorado) e algumas outras coisas interessantes, como a entrada de layout na trave e a estrela sem mãos. No salto ela também já está realizando o yurchenko com pirueta. Tudo leva a crer que se a evolução continuar dessa forma, Jade poderá representar o Brasil no Mundial esse ano. Fica a forte torcida para que tudo ocorra bem e que nenhuma fatalidade aconteça!

O último Mundial que Jade participou foi o Pré-Olímpico de 2011 em Tóquio, onde a equipe se classificou para o Evento Teste; Jade também esteve presente no Evento Teste no começo de 2012 e colaborou para que a equipe conseguisse a última vaga para os Jogos de Londres.

Para assistir o vídeo, clique aqui.

Post de Cedrick Willian
Foto de Ricardo Bufolin

VÍDEOS DE DESTAQUE


Vídeo feito antes da volta de Veronica Wagner. Competindo em Nanning, a ginasta ajudou a equipe sueca a se classificar para o Mundial de 2015, contribuindo com 14.000 no salto e 13.766 na trave.



Novo salto de Kohei Uchimura e série de barra fixa incrível, ambas na NHK Cup.



Nova série de solo da russa Ekaterina Kramarenko.



Hallie Peele, ginasta americana, executando um duplo esticado com meia volta na saída das barras assimétricas. Ela pretende apresentar o exercício no próximo U.S Junior Olympics Championships. Acesse o link e assista!

http://www.fox46charlotte.com/clip/11493969/gymnast

Post de Cedrick Willian

Mais mudanças para o próximo ciclo olímpico


Mais mudanças acontecerão no próximo ciclo além da diminuição da equipe olímpica e a valorização dos outros campeonatos internacionais fora o Mundial. O sistema de classificação olímpica, que geralmente acontece no Mundial Pré-Olímpico e Evento Teste, também foi modificado.

Com a mudança, a classificação ficará assim: no Campeonato Mundial de 2018, em Doha, as 3 primeiras equipes do masculino e feminino estarão automaticamente classificadas para competir nas Olimpíadas de Tóquio, em 2020. As outras 9 equipes que competirão em Tóquio serão as 9 melhores equipes do Mundial de 2019, em Stuttgart, excluindo as equipes já classificadas.

Aparentemente o Evento Teste (se ele ainda existir) será para terminar de classificar os ginastas do individual geral e especialistas por aparelhos. O novo formato pode deixar o Mundial de 2018 mais importante e interessante e o Evento Teste um pouco sem graça.

E aí? O que acharam disso? Deixe sua opinião nos comentários.

Post de Cedrick Willian
Fonte: FIG

 
Gym Blog Brazil © 2012 | Designed by caioflorindo.com