• Arthur Zanetti fica a uma posição do pódio;China garante três ouros



    Arthur Zanetti conseguiu um grande feito neste sábado no Mundial de ginástica artística disputado em Londres. Não satisfeito em ser o primeiro brasileiro a assegurar uma vaga na final das argolas em competições deste porte, o paulista terminou a decisão na quarta colocação.
    Classificado para a final com no oitavo e último lugar,Zanetti fez uma apresentação melhor neste sábado,aumentou sua nota das eliminatórias em 75 centésimos e atingiu 15,325 pontos,mesma pontuação do romeno George Stanescu,um dos grandes nomes do aparelho.
    E por muito pouco o brasileiro não conquistou uma medalha.Terceiro ginasta a se apresentar,Zanetti estava com a medalha de bronze garantida até a performance do penúltimo candidato,Oleksandr Vorobiov.Mas após uma grande demora na confirmação das notas,os árbitros deram 15,550 pontos para o ucraniano,'tirando' o brasileiro do pódio.
    Ao final da prova,Zanetti era só sorrisos,ciente de sua façanha."Sempre sonhei que estaria em uma final de argolas e seria campeão,mas esse é meu segundo Mundial e eu não estava esperando nem ficar entre os 24 melhores.Agora fiquei em quarto e é uma emoção muito grande",exaltou o paulista em entrevista ao Sportv.
    Empolgado pelo grande resultado,o brasileiro de 19 anos já fez até promessas de um futuro campeão."Quando terminei a prova e vi que cravei,falei:'pô,posso estar lá no meio,batendo na trave,ou até subindo no pódio'.Dessa vez bateu na trave,mas na próxima eu quero subir no pódio",avisou.
    A medalha de ouro ficou com o chinês Mingyong Yan,que não foi tão bem quanto nas eliminatórias,quando obteve 15,900 pontos,mas fez o suficiente para assegurar a primeira colocação(15,675).O búlgaro Jordan Jovtchev,lenda viva da ginástica com 36 anos,acrescentou mais uma medalha,a de prata,a sua longa coleção ao ficar com 15,575 pontos.
    O ouro de Mingyong Yan não foi a única medalha dourada da China neste sábado em Londres.A chinesinha He Kexin confirmou o favoritismo de campeã olímpica das barras assimétricas e triunfou no aparelho com 16 pontos cravados.A prata ficou com a japonesa Koko Tsurumi,que já havia garantido medalha no individual geral,e o bronze foi para a romena Ana Porgras.
    Já no cavalo com alças,o êxito foi de Zhang Hongtao,com 16,200 pontos,seguido pelo húngaro Krisztian Berki(16,075) e pelo australiano Prashanth Sellathurai(15,400).
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.