• Bruna Leal fica em 14º lugar no geral;americana Bridget Sloan vence



    A brasileira Bruna Leal se classificou à final do individual geral do Mundial de Londres apenas com a 23ª e penúltima colocação.Nesta sexta-feira,a ginasta melhorou suas apresentações e terminou a decisão na 14ª posição,logo em sua primeira competição internacional de grande porte.
    Aos 16 anos,Bruna era uma das apostas da seleção brasileira em Londres,não para medalhas,mas para atingir uma final.E hoje,a carioca optou por elevar o grau de dificuldade de suas séries em todos os aparelhos.A opção se mostrou acertada,Bruna fez apresentações limpas,não teve nenhuma queda e somou 54,075 pontos.
    "É muita coisa ao mesmo tempo.Estou feliz,mas também estou muito aliviada que acabou.Eu faria tudo de novo",comentou Bruna ao Sportv ao final da decisão."Eu só imaginava entrar na final,depois eu não sabia.Só queria fazer meu melhor".
    A ginasta ainda revelou que a opção por aumentar o grau de dificuldade nos aparelhos partiu dela."Ela[a técnica Iryna Ilyashenko] falou pra eu fazer o que eu achava que conseguiria fazer.Então eu quis arriscar".
    Bruna Leal,caçula do Brasil no Mundial,foi a única representante do time feminino a alcançar uma final em Londres.Ethiene Franco,Khiuani Dias e Priscila Cobello foram eliminadas logo na fase classificatória.
    Já entre os homens,o Brasil assegurou duas finais.Sérgio Sasaki ficou em 19º lugar no individual geral,na quinta-feira.Amanhã,sábado, Arthur Zanetti disputa a final das argolas,a partir das 9h30(horário de Brasília).
    Entre as primeiras colocações,os Estados Unidos mantiveram a hegemonia e fizeram uma dobradinha com direito a um final emocionante.Rebecca Bross,que foi à final com a maior soma das eliminatórias,liderou até o último aparelho,mas fez uma apresentação quase desastrosa no solo,com direito a uma queda,e viu sua vantagem de um ponto e meio para a compatriota Bridget Sloan ser superada.
    Sloan,que é a atual campeã do forte Campeonato Nacional dos Estados Unidos,ficou com a medalha de ouro ao somar 57,825 pontos e sucedeu a compatriota Shawn Johnson,campeã do Mundial de Stuttgart-2007.Com 57,775 pontos,Bross faturou a prata.
    Bross e Sloan fizeram a segunda dobradinha dos Estados Unidos em quatro anos.Em Melbourne-2005,Chellsie Memmel e Nastia Liukin ficaram com o ouro e a prata,respectivamente.
    A disputa pelo bronze foi bastante acirrada,mas a japonesa Koko Tsurumi,que não aparecia entre as favoritas,acabou levando a melhor com 57,175 pontos.O Japão não conquistava uma medalha no individual geral feminino em Mundiais desde Dortmund-1966.
    Se os Estados Unidos e o Japão só tiveram o que comemorar,as superpotências China e Romênia ficaram frustradas.Pelo país asiático,Linlin Deng e Yilin Yang cometeram uma variedade enorme de falhas,não impressionaram ninguém e ficaram distantes do pódio.Já a romena Ana Porgras,classificada para a final com a segunda melhor nota,ficou comprometida por falhas no salto e na trave,terminando apenas na sétima colocação(56,500).
  • You might also like

    Um comentário:

    1. nooooossa!

      vai ser grande meu comentario...

      1o: depois de ontem, virei fã do Sazaki...eu simplesmente não esperava tanto...CAraca! ele tem só 17 anos! putz grila, tem ginástica demaaaaaaaais pela frente! com certeza vai melhorar os resultados. Percebi que ele tem muita vontade que isso realmente aconteça, e isso na ginástica é mais que importante! XD o que foi aquela saida de triplo mortal da barra? na boa, morri.

      2o: Sloan no geral! XDDDDDDD minha preferida no geral ganhou! muito muito muito feliz! há quem diga, "ahhh, mas tal ginasta errou, aconteceu isso, aconteceu aquilo..."...problema de quem erra! ginástica é de quem acerta! infelizmente (ou felizmente) a ginástica é um esporte de acertos! Se bem que tem uns disgramdos que erram e ainda ganham...e uns disgramados que acertam tudo e ainda assim não é o sificiente...anyway, a Sloan acertou tudo e ganhou! mereceu demais! ah, adorei a Elsa Garcia em 12o! muito bom isso! e meus parabéns para a Tsurumi, torço para que continue crescendo!

      3o e ultimo: até hoje, eu não botava fé nessas meninas novas do Brasil não...mas tive um pouco de esperança ao assistir as séries da Bruna hoje! o solo foi espetaculoso, adorei a barra tbm! putz, o caminho é esse! fazer séries difíceis! pra ser ainda melhor, eu acho que a campanha das séries tem que ser feita ao longo do ano...a tendência das notas é subir! ou seja, se a Bruna tivesse fazendo as séries de hoje desde as 1as etapas da copa do mundo, com certeza tiraria notas melhores! mas pra quem não esperava nada, tá valendo demais! só que tem que ser daí pra melhor...

      ansioso pra ver o dia em que o Brasil dispute um mundial com novatas, e que essas novatas sejam as favoritas...igual o USA faz toda vez...

      muito feliz com o resultado da Bruna, de verdade! foi muito mais do que eu esperei...

      =)

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.