• Ethiene,Priscila e Khiuani estão eliminadas do Mundial;Bruna Leal garante classificação para o individual geral


    Khiuani Dias,justamente a mais velha e única do quarteto a já ter disputado um Mundial(Stuttgart-2007),foi a primeira a ir ao tablado,decepcionou.Após uma apresentação pouco destacada nas barras assimétricas(12,500 pontos),a paranaense começou bem na trave,mas sofreu uma queda e se complicou,ficando com apenas 11,825."Acho que preciso treinar mais",resignou-se Khiuani,que já foi apontada como uma das grandes promessas da ginástica artística feminina do Brasil.Já as novatas tiveram um aproveitamento melhor.Priscila Cobello teve uma performance elogiada no solo,mas os 13,175 pontos não foram suficientes para mantê-la entre as oito melhores.Em seguida,no salto,a média de 13,050 também a deixou fora da final.Após as apresentações,a jovem ginasta de 17 anos mostrou certa decepção com as notas,mas admitiu que o fato de disputar sua primeira competição internacional pesou."Achei que fiquei muito nervosa e poderia ter ido melhor",avaliou a paulista."Vim mesmo para pegar experiência".Do trio inicial,apenas Bruna Leal sobrevive no Mundial.Com 13,750 pontos no salto,13,250 no solo,12,975 na trave e 12,875 nas assimétricas,a ginasta ocupa a vigésima terceira colocação classificatória para a final do individual geral.Ao todo,24 atletas se classificaram para a final."Estou feliz.Sei que poderia ter ido ainda melhor,mas agora fico na expectativa de chegar à final",contou Bruna,a caçula do grupo com 16 anos."Será um sonho,estou ansiosa".Quarto nome da seleção brasileira,Ethiene Franco,que nunca esteve em um Mundial mas disputou os Jogos Olímpicos de Pequim-2008,subiu ao tablado da Arena O2 na tarde dessa quarta-feira.A paranaense marcou 13,450 no salto,13,300 nas barras.11,300 na trave e 13,450 no solo.Com duas quedas na trave,a ginasta não conseguiu se classificar para a final do individual geral.
  • You might also like

    2 comentários:

    1. O que vocês sabem para falar de um atleta é o que vocês vêem na tv?
      falam sem ao menos saber do problema individual de cada atleta.

      Existe um fator muito importante em qual quer esporte chamado lesões algo que dificulta tanto no treinamento quanto na própria competição. Fazendo com que o desenvolvimento de um atleta diminua... Só que a diferentes tipos de lesões das mais simples as mais dolorosas lesões quais vocês que estão por dentro de tudo já devem estar sabendo para estarem falando com tanta convecção sobre o assunto postado (atleta não decepciona por que não treinam e nem competem para agradar ninguém e sim por amor ao que fazem).
      É costume do torcedor e da mídia brasileira venerar o atleta quando ele esta no seu auge, mas quando ele está com dificuldade é esse tipo de comentário que surge. Ex Jade Barbosa.

      Meus parabéns.

      Se seus comentários continuarem dessa forma não sei para onde vai seu blog

      Para que ele cresça e necessário que sejam postado verdades e não opiniões próprias
      Por que se é pra dar a sua opinião a varias comunidades no orkut para isso mas se quiser tornar seu blog algo mais serio ( veja melhor o que escreve e o que posta). E lembre-se não estou ofendendo a ninguém, apenas fazendo uma critica construtiva.

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.