• Veredicto da FIG contra a ginasta Dong Fangxiao, no escândalo sobre sua verdadeira idade

    Nessa sexta-feira passada, a FIG anunciou que cancelou todos os resultados da ginasta chinesa Dong Fangxiao no Mundial de 1999 e nos Jogos Olímpicos de 2000, porque estava inelegível em idade. Dong era um membro da equipe da China, medalhista de bronze em ambas as competições. O veredicto foi determinado após uma investigação de 16 meses, supondo que a idade dela tenha sido falsificada por uma diferença de três anos.

    A FIG recomendou ao Comitê Olímpico Internacional de que a China seja despojada de sua medalha de bronze dos Jogos Olímpicos de 2000 em Sydney. O COI tem normalmente realizado um estatuto de limitações de oito anos para modificar resultados. De 1997 a 2000, Dong competiu com a data de nascimento de 20 de janeiro de 1983, compeltando seus 16 anos de idade no Mundial de 1999 em Tianjin e 17 em Sydney. Desde 1997, a idade mínima para a competição internacional sénior foi de 16.

    A idade de Dong tornou-se um problema durante os Jogos Olímpicos de 2008 em Pequim, onde a idade de ginastas chinesas foram contestados por seus rivais. Dong serviu como juiz de linha em Pequim, e teve seu registro para o evento com data de nascimento de 23 de janeiro de 1986. A equipe feminina dos E.U.A pode conquistar o bronze em Sidney 2000, se o COI seguir a recomendação do FIG. O mesmo acontece com a equipe feminina da Ucrânia, no resultado da final por equipes do Mundial de Tianjin 1999.

    A FIG decidiu que não havia provas suficientes para anular os resultados da companheira de equipe de Dong, Yang Yun, que também estava sob investigação. Além da medalha de bronze por equipes em Sydney, Yang ganhou uma medalha de bronze individual nas barras assimétricas. Yang ficou sob investigação, quando surgiu uma entrevista na televisão, no qual ela afirmou que foi medalhista em Olimpíadas com apenas 14 anos. Yang está agora casada com o campeão olímpico de 2008 da prova individual-geral, Yang Wei. "O Comitê decidiu que, no caso de Yang Yun, as evidências disponíveis é insuficiente para provar que a data de nascimento indicada nos documentos oficiais foi falsificada", afirmou a FIG. "Sra. Yang Yun é investigada por uma declaração que ela fez durante uma entrevista à TV. A única menção de idade, no caso dela, foi nessa entrevista."

    A FIG afirmou que irá responsabilizar a Federação Chinesa de Ginástica pelo custo da investigação. Desde o escândalo, em 2008, a FIG implantou um sistema de licenciamento para todos os concorrentes, que visa impedir a falsificação de idade. "Os jovens ginastas não podem ser manipulados. Os atletas devem ser protegidos", disse o presidente da FIG, Bruno Grandi. "Para evitar essas fraudes no futuro, um novo regime de licenciamento tem sido implementado pela FIG."
  • You might also like

    Um comentário:

    1. e eu boto fé que a He Kexin tinha 10 anos quando foi campeã olímpica! ahuahauhuaa

      zueeeera...tinha uns 13. ¬¬"

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.