• Alemanha vence por equipes



    A Alemanha conquistou o título por equipes sênior de sábado no masculino, do Campeonato Europeu de 2010.

    Em segundo lugar na classificatória de sexta-feira, a Alemanha registrou uma melhora de 3 pontos no sábado, ao derrotar a Grã-Bretanha e a França e ganhar o primeiro título por equipes em um campeonato europeu. O time alemão conquistou grandes notas nos exercícios de solo, barras paralelas e barra fixa. De todas as rotinas, apenas uma estava abaixo da pontuação 14,225.

    Matthias Fahrig teve a maior pontuação do dia, no exercício de solo (15,125). Marcel Nguyen, ganhou a pontuação máxima alemã nas barras paralelas (14,975). Philipp Boy ganhou a maior nota do dia na barra fixa (15,375).

    A falha de rotina de Fahrig no cavalo com alças na rotação final (12,650) não prejudicou o esforço alemão; a equipe derrotou a nação anfitriã por mais de 3 pontos.

    "É um sucesso inacreditável para a ginástica alemã", disse Hambüchen. "Estamos muito felizes. Nós tivemos muita sorte para conseguir medalhas na final. Fizemos o nosso melhor e hoje é apenas tudo muito louco!"

    Grã-Bretanha ficou em terceiro lugar, atrás da França e da Alemanha nas eliminatórias, sofreu falha nas rotinas de Keatings no cavalo com alças (13,700) e barras paralelas (13,400). A Grã-Bretanha marcou a segunda melhor pontuação da equipe no exercício de solo, cavalo com alças e barra fixa, para terminar confortavelmente à frente da França.

    "É um resultado maravilhoso para nós", disse o treinador Paul Hall sobre a primeira medalha da Grã-Bretanha por equipes em um europeu. "A Alemanha foi fantástica. Estamos realizados no mesmo dia, houve alguns erros, mas ficar em segundo por equipes em um campeonato europeu é algo que nunca teria sonhado há dois anos atrás. Eu tenho que prestar homenagem a várias pessoas, incluindo Andrei Popov, o nosso treinador da outra equipe. É uma sensação maravilhosa, um grande avanço e uma grande preparação para 2012. "

    Sam Hunter foi um dos principais contribuintes, competindo todos os seis eventos para o resultado britânico.

    "É impressionante, um dos melhores dias da minha vida", disse Hunter. "Foi-me dito hoje que era só para eu me divertir e é muito difícil fazer isso. Eu aprendi a controlar os nervos o que me ajudou a apagar as falhas na final. Tivemos alguns erros hoje mas nós apenas tivemos que colocá-los atrás de nós, afinal, não éramos a única equipe a cometer erros. Acabamos de ter que nos concentrar. "

    França não conseguiu repetir o seu resultado de classificatório, passando de 263,850 á 260,100, de sexta-feira para sábado. A equipe conseguiu a pontuação máxima no cavalo com alças, lutou muito, mas terminou em quarto nas argolas e salto; barras paralelas em quinto e sexto no exercício de solo e barra fixa.

    Apesar de ter descido dois lugares da qualificação, os franceses foram muito felizes com o bronze. A equipe estava sem competir com os medalhistas olímpicos de 2008 Benoit Caranobe e Thomas Bouhail. "Foi inesperado", o treinador francês Laurent Guelzec disse. "Nós não viemos para uma medalha por equipe, embora seja verdade que a ausência da Rússia, Ucrânia e Belarus nos ajudou muito a mesma coisa. Mas mesmo o sexto lugar teria sido bom porque temos sofrido desde o início da temporada com lesões. "

    Yann Cucherat concordou.

    "É um excelente desempenho para a França", disse Cucherat. "Essa medalha de bronze nos traz muita satisfação. Como capitão, eu também estou feliz porque tivemos muita dificuldade no passado para obter sucesso como um time. Nós sempre terminamos fora do pódio."

    Na final do individual geral júnior, o Reino Unido repetiu os resultados de 2008, com uma vitória de Sam Oldham e uma de prata de Max Whitlock. Pablo Braegger Suíça terminou em terceiro.

    Grã-Bretanha também venceu a competição por equipes, como tinha em 2008.

    "É a segunda vez que ganhei e estou muito feliz", o treinador da equipe júnior Sergei Sizhanov disse. "Estou muito orgulhoso dos ginastas e treinadores. A medalha não é para uma pessoa, mas para toda a equipe de técnicos e ginastas."

    Comparando os resultados de 2008, Sizhanov disse: "Estou duplamente orgulhoso e duas vezes mais feliz."

    A equipe britânica contou com o apoio integral da multidão.

    "Toda a minha família estava aqui, todo mundo estava aqui!" Whitlock disse. "Nós temos um monte de torcedores aqui, por isso foi muito bom. Foi definitivamente o melhor que já fiz!”
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.