• FIG descarta diminuir a idade mínima na ginástica para 15 anos



    A Federação Internacional de Ginástica (FIG), descartou diminuir a idade mínima de participação feminina em Mundiais da modalidade e manteve os 16 anos exigidos atualmente.

    O pedido para que a idade fosse rebaixada para 15 anos foi feito pelos Estados Unidos, mas frente às polêmicas de idade vistas na ginástica nos últimos anos, preferiu-se não alterar o regulamento atual.

    A FIG implantou em 1997 os 16 anos como idade mínima para as mulheres. O limite já foi de 14 e 15 anos, mas foi aumentando gradualmente para preservar a saúde das competidoras, devido à agressividade da modalidade na parte física.

    A China foi o país envolvido em mais polêmicas devido a estas regras, com investigações sobre a adulteração de documentos para o país contar com atletas de forma irregular, mais novas que o permitido.

    Recentemente, o Comitê Olímpico Internacional tirou o bronze da chinesa Dong Fangxiao nos Jogos de Sydney-2000, por comprovar que ela competiu com 14 anos na ocasião, mentindo a idade e adulterando documentos.

    Também nesta quinta-feira, a FIG confirmou que estuda elevar em dez centímetros a altura das barras assiméticas, se a estatura média das ginastas exigir isso.

    Além disso, a entidade rechaçou aumentar de 12 para 16 o número de equipes nos Jogos Olímpicos, uma petição da Itália, e ameaçou 11 federações de suspensão caso não coloquem em dia suas dívidas.
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.