• Jade, Diego e Daniele se vestem de animais em evento festivo da CBG



    A CBG (Confederação Brasileira de Ginástica) promoveu um evento festivo neste domingo em Santos (SP) para encerrar a temporada nacional do esporte. Diante de um numeroso público presente na Arena Santos, 150 ginastas de todas as modalidades - artística, rítmica, trampolim, aeróbica, acrobática e para todos - apresentaram-se no Ginástica de Gala, cujo tema principal foi “A renovação do homem no aprendizado com os animais”.

    Entre os destaques do evento estiveram Jade Barbosa e Daniele Hypolito, que fizeram exercícios nos aparelhos vestidas com fantasias de animais. Jade interpretou um antílope no salto, e Daniele foi uma loba na trave. Bruna Leal, Mosiah Rodrigues e Danilo Nogueira completaram as performances de ginástica artística.

    Mas quem mais levou o público ao delírio foi Diego Hypolito. Mesmo usando uma bota e muletas em virtude da recuperação de uma cirurgia no pé esquerdo, o bicampeão mundial vestiu-se de leão e encerrou o CBG Gala acenando do meio da arena.

    “Foi uma festa linda, que reuniu ginastas de todas as modalidades e fechou com chave de ouro um ano que foi muito bom para a ginástica”, comentou Diego. “Estou muito feliz por ter conseguido participar de alguma maneira”.

    Os organizadores do evento também ficaram satisfeitos com o resultado final. “Estamos todos felizes e realizados com o evento. Contamos com a participação de muitos ginastas, e o sucesso dependia deles. A nossa maior alegria é ver que todos estavam com muita satisfação em fazer seu papel”, afirmou Cristina Vital, que é coordenadora de ginástica rítmica da CBG e foi uma das coordenadoras da festa ao lado de Silvana Schwartz Noel e Luciana Menezes. A direção artística ficou por conta de Alfi Gristelli.

    A presidente da CBG, Luciene Cacho Resende, era uma das mais empolgadas após o evento. “Hoje é um dia muito especial para a CBG. E gostaria de dividir essa enorme alegria com todos os ginastas, que se dedicaram para tornar esse espetáculo ainda mais bonito, e com todos os envolvidos”, declarou a dirigente. “E além de toda essa beleza contar com um ginásio lotado é muito gratificante”.

    Ausente da seleção brasileira de ginástica artística desde os Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, Daiane dos Santos também compareceu em Santos, mas teve uma participação diferente. Sem poder integrar o elenco da festa, a campeã mundial de solo participou da transmissão da TV Globo.
  • You might also like

    Um comentário:

    1. uma superprodução, porém as apresentações muito fracas.
      claro que ninguem tinha que fazer a série completa ou coisa assim, mas como levam 5 mil pessoas num estádio pra uma apresentação tão simples.
      os figurinos e a organização estavam perfeitos, mas a Dani por exemplo, fez um flick na trave... só isso mais nada. Já viram as galas nos EUA? ninguem faz a serie completa mas fazem muita coisa simples e bonita. gostei da Jéssica da aeróbica, do conjunto da ritmica, do trampolim e tumbling, agora a GA... deixou muito a desejar. e também tudo muito corrido, muito rápido. a pressa era de que? ou era praficar no temo da globo? enfim... tanto ateta bom pr apresentações tão simples e curtas... chorá

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.