• Komova retorna aos treinos; Mustafina continua parada



    Ambas fizeram uma cirurgia de recuperação: Komova no tornozelo e Mustafina no joelho. Mustafina lesionou o ligamento cruzado anterior saltando no Campeonato Europeu enquanto Komova teve um entorse que lesionou o tendão de Aquiles.

    Komova, que está em seu primeiro ano na categoria adulta, retornou aos treinos, mas de forma leve. Ela pode conseguir competir em algum aparelho em outubro. Ela está treinando, mas não com força total, respeitando as individualidades e a recuperação dela. Após o entorse, em dezembro do ano passado, Komova começou a ser acompanhada por uma equipe de reabilitação que tratou da entorse. Ela melhorou o suficiente para competir 3 aparelhos no Campeonato Russo em fevereiro desse ano, mas aí teve outra entorse, no mesmo lugar. Os médicos russos não entraram num acordo quanto á necessidade de uma cirurgia, então, em um dos exames pós-operatórios de Mustafina com os médicos alemães, Komova acompanhou sua companheira de equipe para ser avaliada. Os alemães disseram que se ela não fizesse a cirurgia as entorses não iriam parar.

    Enquanto a equipe russa se mostra esperançosa com a possibilidade de Komova competir esse ano, não há esperança de que isso aconteça com Mustafina. A ginasta treina apenas a parte superior do corpo, com exercícios de força, enquanto faz a reabilitação da perna. Os médicos proibiram qualquer tipo de carga na perna até que ela esteja completamente recuperada. É necessário que, antes de voltar aos treinos, Mustafina recupere a forma e tenha as funções musculares recuperadas.

    Enquanto isso, a Russian Cup, no próximo mês, definirá quem estará na equipe russa em outubro, quando as ginastas defenderão o título por equipe conquistado no ano passado. Com certeza as lesões das principais ginastas da equipe tornará isso muito mais difícil de acontecer.

    Anna Dementyeva e Ksenia Afanasyeva provavelmente já estarão na equipe. Tatiana Nabieva e Yekaterina Kurbatova lutaram muito esse ano, mas Ksenia Semyonova precisa perder um pouco de peso. Anastasia Grishina e Sidorova só podem competir a partir do ano que vem. Anna Pavlova teria chances de mostrar resultados na Russian Cup e estar de volta á equipe???

    Segundo o técnico Alexander Alexandrov, eles não possuem ginastas para escolher. Ele gostaria que tivesse uma grande concorrência, para que as meninas tivessem que lutar para estar na equipe. "A falta de rivalidade é um ponto a menos. Quando há uma briga difícil para entrar na equipe, as meninas treinam de forma diferente. Você não tem que ficar mandando elas treinarem ou forçando os treinos."
  • You might also like

    13 comentários:

    1. A situação da Rússia ta complicada sem suas duas maiores estrelas do feminino. Eu esperava q Mustafina conseguisse se recuperar o suficiente pra pelo menos competir barra e talvez trave, ela mesma deu entrevistas dizendo q tinha esperança, mas to vendo q n vai dar. No q se refere a Komova, mesmo se ela n competir em tdo, ela vai ser essencial na barra e na trave, claro q o amanar dela no salto vai fazer muita falta né, mas com lesão n se brinca, principalmente quem almeja ser campeã olímpica. No solo a situação é a seguinte, tem Afanasyeva, q tira notas ótimas, Dementyeva q contribui muito e se melhorar a execução pode subir mais a nota, no caso de Pavlova fica dependente se ela vai voltar a forma como foi falado acima, Semyonova, tem uma série muito limpa capaz de notas muito boas, mas como falado precisa perder peso e principalmente acertar o duplo esticado q ela n acerta sempre(ou seja, fazer uma série como essa aqui http://www.youtube.com/watch?v=SAS05hB87eo), já Belokobylskaya, tbm tem uma série boa, mas n é a mais forte comparada com a das outras equipes, principalmente EUA e Romênia. É nos resta torcer pq eu particularmente tenho torcido muito pelas russas, to gostando muito da ginástica delas!!

      ResponderExcluir
    2. Jeferson Brito14 julho, 2011 14:28

      Não acredito que eles optem pela Pavlova. Ela não está na equipe russa. Para a equipe principal, fora as que foram citadas, temos ainda:

      Yulia Belokobylskaya
      Yulia Inshina
      Violetta Malikova
      Ramilia Musina
      Anna Myzdrikova
      Maria Paseka
      Diana Sapronova

      Dessas, acredito que eles vão optar pela: Belokobylskaya que é medalhista de bronze no Europeu, tem 15 anos (completa 16 em dezembro, após o Mundial), a Musina competiu em uma etapa de Copa do Mundo, pode ajudar na trave e a Anna Myzdrikova, que foi ao Mundial de Londres, foi reserva em Roterdã e se não estiver lesionada pode ser uma opção.

      ResponderExcluir
    3. é realmente a coisa não está muito boa para as Russas. Creio que a Mustafina não ira conseguir se recuperar a tempo para o mundial. Gostaria muito que a Pavlova voltasse mesmo que fosse competindo só na trave , por que se concretizar os rumores teremos um campeonato muito acirrado com as voltas da Jonhson, Sacramone, Ponnor(talvez) e ainda mais as outras atletas americanas, romenas, chinesas e claro as Brasileiras(quem sabe). Realmente vai fazer muita falta essas atletas para a Russia no mundial.

      ResponderExcluir
    4. É a primeira vez que entro no blog e gostei muito. Como gosto muito de ginástica, amei o blog. Confesso que também estou gostando muito das russas, apesar de gostar muito das americanas, sinto falta da Shawn e da Nastia, mas como disse as russas me impressionaram no Mundial passado, em especial a Aliya. Eu vi a entrevista dela sobre competir em dois aparelhos, mas acho difícil, apesar da vontade dela em competir, é mais provável que ela vá só para dá apoio a equipe. Estou meio preocupada se vai dá tempo dela se recuperar para defender a Rússia em Londres, espero que sim, Aliya faria muita falta na equipe e nas competições. Acho a Vika Komova uma boa ginasta, espero que ela vá ao Mundial deste ano, nem que seja para competir em dois aparelhos.

      No caso da Russian Cup, torço para que a Semyonova esteja na equipe, gosto das séries dela, mas concordo que ela precisa perder peso. Acho também que Anna Dementyeva e Ksenia Afanasyeva estarão na equipe, e acho que a Tati Nabieva e Yekaterina Kurbatova também têm chances de estar.

      Vai ser uma briga interessante entre USA/Romênia/China/Rússia neste Mundial. Não sei se sem a Aliya ficará complicado as russas repetirem o feito do ano passado, mas não tiro o mérito das outras russas, mas que a Mustafina fará falta, fará.

      Poderiam me responder se tem chances da Shawn ir ao Mundial? Sei que ela vai competir no CoverGirl Classic e sei que ela também está pensando no Visa Championships, mas gostaria de saber se há chances da Shawn no Mundial.

      Gostei muito do blog, parabéns.

      Abraços Laryssa.

      ResponderExcluir
    5. Nossa é uma pena , eu tinha certeza que iriamos ver Komova e Mustafina disputando o individual geral no mundial . Por falar em antigas Junior que viram sênior , você está sabendo se a Wieber vai participar do campeonato visa , se a Johnson e a Liukin participaram tambem ?

      ResponderExcluir
    6. Eu tenho uma dúvida: por se tratar de um ano pré-olímpico, Grishina e Sidorova não poderiam competir em Tóquio? Se bem me lembro, Ksenia Semenova tinha 14 para 15 anos quando ganhou o ouro nas barras no mundial da
      Alemanha, ela pôde competir porque era um campeonato pré-olímpico e ela teria a idade mínima no ano seguinte. Eu não tenho certeza sobre a Sidorova, mas Grishina nasceu em 1996. Houve alguma mudança nas regras sobre a idade?

      ResponderExcluir
    7. realmente n me conformo com oq aconteceu com a Mustafina

      ResponderExcluir
    8. Pessoas! Vou tentar responder todos os comentários!!!

      Anônimo 1: Sidorova e Grishina não poderão competir esse ano. Elas só poderão competir o ano que vem mesmo. A questão das idades é assim: a ginasta pode competir em mundiais e olimpíadas no ano em que faz 16 anos, como foi o caso da Daniele Hypólito em Sidney, que competiu com 15 anos, mas faria 16.

      Anônimo 2: Também estou torcendo muito pela ginástica russa. Vamos ver como sairão sem Mustafina e Komova, mas eu acho que a briga sem as duas, estará em torno de EUA e China, mais pro lado da China.

      Laryssa: Muito obrigado pelos elogios! O blog é feito com muito carinho, entre sempre e se sinta á vontade para opinar e deixar os seus comentários. Falando sobre a Shawn, nos treinos ela tem mostrado bastante força e alguns "upgrade" nas séries. Penso que Shawn é uma forte candidata a estar na equipe dos EUA, mas eu prefiro esperar passar o Visa Championships para te dar um parecer da equipe dos EUA. Um palpite certeiro? Alicia Sacramone estará nesse Mundial.

      Nicolly: Ainda não saiu a lista do Visa Championships, porque para competir o Visa, a ginasta tem que passar pelo Covergirl Classic ou pelo American Classic, que já aconteceu. As melhores classificadas no Covergirl (ou que já foram classificadas pelo American Classic) estarão no Visa. Wieber e Jhonson não estavam no American Classic e estarão no Covergirl. Com certeza conseguirão pontuação suficiente para estarem no Visa. Nastia Liukin? Não tem o nome dela na lista. Não tenho esperanças que Nastia volte a competir. Farei um post sobre o Covergirl Classic, com as datas e a lista de participantes. Aguardem!!!

      ResponderExcluir
    9. Ainda sobre o regulamente da idade e caso especifico da Semenova em 2007. A FIG tinha uma excecao a regra que permitia ginastas de 14 anos competirem no mundial pre-olimpico desde que fossem completar 15 anos no mesmo ano.

      A Semenova tinha 14 anos no mundial de 2007 (que aconteceu entre os dias 1 a 9 de Setembro), mas ela iria completar 15 anos no dia 20 de Outubro do mesmo ano.

      Mas essa regra ja foi eliminada.

      Para mais info: http://en.wikipedia.org/wiki/Age_requirements_in_gymnastics

      ResponderExcluir
    10. Pro anônimo 1, essa é uma nova regra FIG. Mudou faz não muito tempo. Até 2007 as ginastas que tivessem 15 anos no mundial pré olímpico poderiam competir. Mas desde então, só ginastas que completam 16 anos ou mais no ano do pré olímpico podem competir.

      Sobre a equipe russa, esse ano acho que o TF vai ser dos EUA, está mto difícil pra Rússia.
      As Ksenias devem continuar na equipe, junto com Nabieva e Dementyeva. Ai o resto se mata pelas últimas duas vagas. Claro que se Komova estiver bem pra fazer pelo menos uns 2 aparelhos ela terá uma vaga.
      Se os técnicos forem inteligentes, não deixaram a Mustafina competir esse ano. A lesão foi em fevereiro e o diagnóstico foi nove meses de recuperação. Então mesmo que ela esteja treinando eu acho que ela deve ser poupada pra Londres 2012. É melhor ganhar ouro TF em uma olimpíada(com a equipe toda sadia e em boas condições) do que levar uma equipe toda mais ou menos em condições físicas em um mundial pré olímpico correndo o risco de lesionar ainda mais.

      ResponderExcluir
    11. Eu também axo q n vai dar pra mustafina e tbm axo q ela vai ser substituida pela Belokobylskaya .
      Mas gente ... e a Bross e a Sloan ? Eu ainda n consegui ver nada delas esse ano !!! elas ainda estão competindo ? Elas são um reforço importantíssimo pros EUA . E gente vale resaltar q sem a mustafina , a mitchell sem está muito bem em sua série e sem Komova axo q a bross seria uma das favoritas na prova d solo . Apesar de sua coreografia ser fraca ,,, ela tem acrobacias muito fortes pra dissu é sua nota no mundial passado no AA de 15.250 !
      Ahhh e tbm gostaria d saber sobre a yuyuan jiang !!! Por favor exclareçam minhas dúvidas (yn)
      Obrigadoooo !!!

      ResponderExcluir
    12. A minha equipe russa seria:

      Solo: Dementyeva,Afanasyeva,Belokobylskaya
      Salto:Nabieva,Pavlova (ela tem tirado notas decentes nesse aparelho recentemente),Afanasyeva
      Barras: Komova, Dementyeva, Nabieva
      Trave:Komova, Dementyeva, Semenova

      Alguma notícia sobre a Anna Myzdrikova e a Kurbatova?

      Acho que a Rússia sai no prejuízo principalmente no salto. O técnico russo é bem realista e parece já ter aceitado que não vai dar pra defender o título. Vamos torcer pra que ninguém mais se lesione nessa equipe.

      ResponderExcluir
    13. Forget about Pavlova! Parece que o Alexandrov não gosta muito dela tanto que o nome dela nem está relacionado na equipe russa(das meninas que treinam e estão à disposição para compor a equipe).

      Eu ainda queria que a Komova pudesse saltar o amanar pra ajudar a Rússia e só não fazer solo. Mas acho que tá difícil tbm e temos que pensar que ano que vem tem olimpíada e ela tem que estar inteira.

      Belokobylskaya tirou 13,500 em Jesolo com queda e desequilíbrios acho que ela pode tirar mais que Semenova na trave.

      Parece que Nabieva está tendo alguns problemas esse ano de acordo com uma entrevista do Alexandrov, claro que ela vai estar no mundial, mas se não estiver fazendo amanar completo é melhor deixar alguem que faz dty decente saltar no lugar dela.

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.