• Ordem de apresentação do mundial de Tokio



    Ordem de apresentação estabelecida para o mundial. O Brasil começa nas paralelas tanto no masculino como no feminino.

    Confiram a ordem de apresentação clicando aqui.

    E aí? O que acharam?
  • You might also like

    21 comentários:

    1. Embora não seja o aparelho mais forte do Brasil, Antes começar nas paralelas do que na trave...

      ResponderExcluir
    2. bad luck pras romenas começarem na trave, mas elas são boas então acho que não vão ter tantos problemas em começar na trave.
      Brasil na mesma subdivisão que USA me preocupa por 2 motivos: a tv vai ficar focada em mostrar as americanas e nós vamos passar pelos aparelhos logo após as americanas então temo que a comparação dos árbitros entre as duas equipes possa interferir na nota das brasileiras.
      Feliz pela Rússia começar na paralela e não na trave.

      ResponderExcluir
    3. Concordo com o Luiz Eduardo, mesmo que a atual seleção tenha evoluído nas barras, sabemos que não é o nosso melhor aparelho.... e AINDA BEM que não começaremos na trave. rs

      ResponderExcluir
    4. Prefiro que as meninas comecem nas paralelas do que na trave...e no masculino também vão começar nas paralelas! é um aparelho bem regular do Brasil e vai dar confiança para os meninos passarem bem pela competição! Ansiooooso pelo mundial...quero que comece logo! =)

      ResponderExcluir
    5. Concordo com o Anônimo. Acho que foi azar ficar na mesma rotação dos EUA, pois haverá comparação. Mas nao tem jeito, sempre vai ter algum país forte, poderia ser Rússica, China, Romênia. Acho que o ideal seria começar no salto ou na trave mesmo. Eu gosto qdo começa na trave pq tira essa preocupação logo da cabeça. Em pequin a trave foi por ultimo e foi um desastre. Em 2007 a trave foi o penúltimo e foi um desastre. Em Athenas, o Brasil começou na trave e apenas a Caroline Molinari caiu, em Sidney a Dani e a Camila começaram muito bem também na trave. Acho que a pior hipótese não é ter a trave como primeiro aparelho, mas sim como último. Enfim, sucesso para o Brasil!!!

      ResponderExcluir
    6. É verdade, é bom ir logo pra trave e se livrar logo, ainda mais fazendo essa análise do histórico do Brasil com a trave sendo um dos últimos aparelhos. No caso da Romênia isso acho q vai até ajudar elas pq é um aparelho fortíssimo delas, tendo assim, elas a probabilidade de conseguir ótimas notas e, passando assim, a competir nos outros aparelhos com ainda mais ânimo. Ainda mais com o retorno da Ponor q faz a série de trave com uma precisão q parece até q tá no chão!!

      ResponderExcluir
    7. Bom,acho que competir com o EUA será uma boa,porque se a Jade se apresentar com eficiência pode obter notas melhores que algumas americanas,e quem sabe a Daiane e a Daniele consigam notas acima de 14.000,aí podemos ter um lugar melhor por equipes ,já que medalha nem se cogita.Ainda temos a Chusovitina que aumenta a responsabilidade dos juízes em relação ao salto,afinal de contas a maioria das equipes esta como o Brasil,poucas são as atletas acima de 15.500(nota final),ou seja todos estão no páreo umas mais perto outras nem tanto,mas mundial é mundial e já vimos tais estrelas dispencarem do céu.

      ResponderExcluir
    8. 15.500 mesmo? c quis dizer 14.500? só se for qdo conta a nota de um salto pra somar pra equipe, ai tdo bem, mas se for pra uma final ta difícil uma "nota final"(como sendo a soma das notas dos dois saltos e dividindo, ou seja, aquelas q miram uma final no salto) acima de 15.000 imagine 15.500!!

      ResponderExcluir
    9. Galera, saíram alguns vídeos do Cegin nesse canal, tem vídeos da Ana Claudia(nova música de solo), Ethiene, Bruna Leal.

      http://www.youtube.com/user/cajuzinhoh

      Fiquei um pouco preocupado com a Aninha, acho q ela abandonou mesmo a tripla e anda errando demais a 2,5 de saída.

      ResponderExcluir
    10. Anonimo falei no geral 15.500,considerando all around e por equipes atletas como Alya Mustafyna e He kexin,liukin alcançam e até ultrapassam essa nota e depois me referi ao salto porque os juízes não poderão cometer erros grotescos numa rodada em que no salto temos candidatas a medalhas,Jade,Chusovitina e quem sabe até a Sacramone,foi somente isso,em nenhum momento falei que era media do salto feminino,mas vale lembrar que a Sacramone ganhou em Roterdã com 15.200.
      15.500 foi uma maneira de me referir a atletas que estão bem acima da média atual e certamente figurarão entre as medalhistas seja no geral ou no individual, valeu.

      ResponderExcluir
    11. Daiane se não melhorar a execução do solo,... nem nos 14 vai chegar no mundial. Me dá raiva as vezes quando a Dai dá entrevista e ela fala que tem que consertar detalhes. Mas na verdade a execução dela não tem que consertar detalhes, 8,200 de execução em um campeonato interno significa pequenos detalhes?!
      GBR e França sempre se beneficiando de estarem na última subdivisão. Em 2007 foi a mesma coisa e a nota delas, principalmente das britânicas, foi over.

      ResponderExcluir
    12. Oi, meu nome é Fabiano,gostaria de parabenizar pelo blog; é uma contribuição enorme pra G.A. do Brasil, uma vez que a mídia simplesmente só transmite futebol e F1!

      Bom, às vezes eu penso na concorrência por uma vaga no mundial e temo que o Brasil não consiga =/
      Sabemos que as 4 primeiras vagas já estão praticamente ocupadas (RUS, ROM, CHN, USA); restam 4!
      Porém existe uma concorrência ENORME de países que demandam essas 4 vagas restantes: GBR, GER, JPN, ITA, BRA, FRA,CAN,AUS.
      Eu poderia dizer que desses países (com base no mundial/2010) JPN, GBR e AUS têm grandes chances; JPN vem mostrando grandes resultados por equipes em copas do mundo;GBR e AUS têm equipes razoáveis+ estrelinhas, ou seja, além de terem equipes razoavelmente consistentes têm ginastas MUITO FORTES e que arrasam em finas por aparelhos (TWEDDLE e MITCHELL, respectivamente).
      A GER é um país preocupante pq tem CHUSOVITINA e (principalmente) SEITZ, que faz toda diferença. Temos ainda a ITA que tá vindo forte com três ginastas visadas: FERRARI, FERLITO e PREZIOSA (que ajuda muito na bb). Ainda temos a FRA que ao meu ver tá num nível semelhante ao BRA, mas cá pra nós, o BRA consegue bater elas. E por último, mas não menos importante, inclusive a equipe que eu mais temo (por causa do PAN) é o CAN, que como foi exposto num outro post aqui no blog, tá MUITO FORTE (pelo menos nos treinos).
      ps.: eu acho que o BRA passa pelo MEX e SPA tranquilo, apesar deste último ter uma revelação interessante(Ana Maria Izurieta!

      Tá muito concorrido... Então, o que vcs acham? será que dá pro BRA?

      ResponderExcluir
    13. ESP descarta nem Izurieta tá dando caldo mais e ela foi revelação em 2009. Can pelo que tem mostrado em campeonatos mais recentes tbm descarta.
      ROM, RUS, EUA, CHN, JPN e AUS estão dentro. GBR com grandes chances de classificar. As últimas duas vagas estão entre GBR, ITA, BRA, HOLANDA e FRA, talvez Alemanha tbm, mas não boto muita fé nas alemãs.

      Se as meninas do CEGIN não derem uma volta por cima e melhorarem bastante, Jade e Daniele vão carregar o time. Adrian tbm vai ser importante.

      ResponderExcluir
    14. Sobre os vídeos do CEGIN:
      Nossa, Ethiene e Bruna estão bem gordinhas hein?! Não gostei da apresentação delas.
      Quanto à Aninha, como sempre linda; porém tava muito insegura. Vou ser sincero, não gostei da coreografia nova no solo... Aquela coreo que ela apresentou no meeting e no troféu brasil era muito mais "a cara dela". A música nova é até legalzinha (http://www.youtube.com/watch?v=j_bw5XA21_Y), mas a choreo não tá legal =/
      Acredito que no mundial ela vá fazer tripla no solo... pelo que eu vi todas estavam fazendo séries bem simples.

      GENTE, PÁRA A NASA: quem era aquela tal de Mariana Oliveira??? fez 3 duplos no solo (incluside twist grupado)!! ela tem quantos anos, parece tão novinha??!
      Outra que eu amei nesses videos do CEGIN foi a "Frida", o solo dela tava muito gracioso! Geração 2016 começando a mostrar potencial... \o/

      ResponderExcluir
    15. Austrália?

      Tá morta e enterrada. Esse ano se pegarem TF vai ser uma glória.

      Pra mim vai ficar assim: USA ganhando sem problemas, CHN ROM e RUS ali brigando pelas medalhas restantes. Depois JPN-GBR. A briga pela última classificação do TF para mim ficará entre Austrália, Itália, Brasil e Alemanha.

      Sem mais

      ResponderExcluir
    16. Essa Mariana Oliveira é boa mesmo, a trave dela tbm é muito boa, ela executa muito bem. O próximo ciclo pra o Rio 2016 promete ter ginastas jovens mais fortes do q pra esse ciclo agora(Londres 2012) pelo q eu to vendo.

      ResponderExcluir
    17. Pois é, Ethiene mto gorda, e a Bruna com sua bb fraca as usual.
      Já a geração 2016 boto fé nelas, aki vai um vídeo duma juvenil que tem tudo pra ser uma ótima floor worker :
      http://www.youtube.com/watch?v=ljBYgVzmV_0&feature=related

      Mariana com DTG, frida indo bem alto nas acrobracias, Lorrane indo mto bem tbm, pra 2016 acredito que o Brasil vai estar em conmdições melhores.

      ResponderExcluir
    18. Pode ter certeza que as Aussies vão chegar no mundial ainda melhores que as brasileiras.

      ResponderExcluir
    19. Gente Daniela santana (treinada pelo Cedrick e pelo Lucas) é uma ginasta Promissoraa.Acompanho sua historia desde o tempo de Gymworld Blog(hoje gymblog brasil)

      ResponderExcluir
    20. Gente Tenham certezaa de uma coisa: Nóos FÃS da ginática e torcedores do Brasil Vamos ter um infarto do coração nesse WC!
      GBR,ITA,ESP,UKR,JPA e FRA vão se apresentar depois do brasil no feminino !!
      Ai meu DEEUUS sei nãao vioo !

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.