• Ginástica Artística: seis atletas defendem o Brasil na Copa do Mundo de Ghent



    Competição será disputada na Bélgica no próximo final de semana, sábado (03) e domingo (04)

    Às vésperas do Mundial do Japão e dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, que serão disputados de 07 a 16 de outubro e de 19 a 31 do mesmo mês, respectivamente, as Seleções Brasileiras de Ginástica Artística têm um teste de peso pela frente: a equipe feminina já está na Bélgica, e a masculina viaja para lá no próximo domingo (28), onde disputarão a Etapa da Copa do Mundo de Ghent, no outro final de semana, sábado (03) e domingo (04).

    O campeonato terá a participação de 41 países, entre eles Rússia, Espanha, China, Estados Unidos, além dos donos da casa. Serão cerca de 140 atletas na Ginástica Artística Masculina e aproximadamente 80 na Feminina apresentando suas séries no ginásio Topsporthal Vlaanderen.

    Na GAF, quem defenderá a equipe brasileira será Adrian Gomes (Grêmio Náutico União-RS), Jade Barbosa (Clube de Regatas do Flamengo-RJ) e Daiane dos Santos (Esporte Clube Pinheiros-SP), que voltará a disputar uma etapa de Copa do Mundo. "É sempre bom retornar às grandes competições. Quanto ao meu objetivo na Bélgica, será analisar as adversárias e me autoavaliar, mas sempre pensando em conquistar resultados expressivos", adiantou a campeã mundial.

    O técnico Ricardo Pereira, que acompanhará a Seleção Feminina ao lado de Eliseu Burtet Neto, também destacou que o desafio será fundamental para verificar quais detalhes precisam ser ajustados. "Tenho certeza de que o nível da competição estará bem alto, já que é a última antes do Mundial, pré-classificatório para a Olimpíada de Londres (2012). E, por isso, será importante para saber em que condições estamos e no que precisamos melhorar nesta fase final de preparação", declarou o treinador.

    Na GAM, o Brasil será representado por Diego Hypolito (Clube de Regatas do Flamengo-RJ), Mosiah Rodrigues (Grêmio Náutico União-RS) e Arthur Zanetti (SERC/Santa Maria-SP), que viajou embalado pela recente conquista da medalha de ouro na argolas na Universiade, disputada na China, no início deste mês. "Sem dúvida estou mais confiante e com mais moral por ter conquistado essa medalha inédita para o País. Acredito sim que me deixa um passo à frente dos adversários, e que os árbitros já me olharão com outros olhos. Vou aproveitar para acertar os detalhes em todas as minhas séries, mas o foco será mesmo conquistar mais um ouro nas argolas", adiantou o ginasta de São Caetano.

    A Seleção Brasileira Masculina será comandada pelo técnico Renato Araújo, que, assim como Ricardo, ressaltou a importância Copa do Mundo de Ghent. "Só entre os meninos, serão mais de 100 ginastas brigando por medalha e, ainda mais importante, dando o máximo para ter um desempenho satisfatório, que dê tranquilidade nessa etapa final de preparação antes do Mundial. Os melhores atletas estarão reunidos; então, vai ser bastante competitivo".

    Os árbitros brasileiros na Bélgica serão Gabriela Ribeiro, para a GAF, e Marcos Malzone Assumpção, para a GAM. Igor de Carvalho é o fisioterapeuta que acompanhará as Seleções.

    Fonte: cbginastica.com.br
  • You might also like

    4 comentários:

    1. eu axo importantissima essa ultima etapa da copa antes do mundial para os brasileiros o nivel vai ser altissimo e por isso axo que dani devia ter ido pra acertar os ultimos detalhes nas provas antes do mundial e pra ver como se sairia nessa ultima competiçao internacional.
      dai vai competir UB?

      ResponderExcluir
    2. sportv transmite, ou algum canal?
      e link ao vivo, têm?

      ResponderExcluir
    3. Cedrick vc sabe quais são os atletas do Estados Unidos e China que irão competir???

      ResponderExcluir
    4. USA raramente manda ginastas pra world cup e não vai mandar ninguém pra Ghent.
      China vai mandar Jiang Yuyuan, Wu Liufang e Huang Qiushuang.

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.