• Angélica Kvieczynski, Adrian Gomes e Arthur Zanetti vencem a Etapa Final do Circuito Caixa PDF



    O último dia de programação da Ginástica na Arena Amadeu Teixeira, em Manaus (AM), foi de disputas pela Etapa Final do Circuito Caixa. Os campeões de hoje (31) foram Angélica Kvieczynski, da Sadia (26.450), na Ginástica Rítmica, além de Adrian Gomes, do Grêmio Náutico União (13.534) e Arthur Zanetti, do Serc/Santa Maria (15.600), na Artística.

    "Falhei na bola, mas fui muito bem no arco e nas maças. Eu não esperava ganhar e, quando isso acontece, a sensação é melhor ainda. Fiquei 20 dias parada depois do Pan de Guadalajara e só voltei a treinar há duas semanas. Então, estou muito feliz por ter fechado o ano com chave de ouro", comemorou Angélica, que conquistou três bronzes e uma prata no Pan de Guadalajara, em outubro.

    Arthur Zanetti também vibrou após subir no lugar mais alto do pódio. "Na hora de fazer o solo, quando eu precisava de mais resistência, bateu o cansaço do ano todo e eu não fui 100%. Mas minha série de argola foi muito boa. Estou bastante satisfeito com o meu desempenho. Competição é competição. Quero sempre ganhar e hoje deu tudo certo."

    O ginasta falou ainda sobre a importância do torneio, que, além dos atletas adultos, reuniu crianças para a disputa da segunda edição do Circuitinho Caixa, com alunos dos Centros de Excelência Caixa Jovem Promessa. "Estávamos sendo observados por eles, que nos veem como espelho. E isso é mais um estímulo para darmos o nosso melhor na hora de nos apresentarmos", completou Zanetti.

    "Foi muito bom conquistar essa medalha. Significou bastante para mim. Por causa de uma lesão na panturrilha, não consegui competir tão bem no Mundial do Japão e no Pan de Guadalajara. Então, esse resultado vai dar um gás para que eu volte a fazer o meu melhor", avaliou Adrian Gomes.

    Na segunda posição ficaram Natalia Gaudio, da Escola de Campeãs (25.400), Ethiene Franco, do Cegin (12.150), e Danilo Nogueira, do Fupes/Santos (14.050). Os terceiros colocados foram Eliane Sampaio, do Grêmio Náutico União (24.950), Stefany Silva, do Grêmio Náutico União (11.950), e Caio Costa, do Fupes/Santos (13.800).

    Os três campeões receberam, cada um, um cheque de R$ 4 mil. Para os medalhistas de prata, o valor foi de R$ 3 mil e, para os de bronze, R$ 2 mil. A premiação foi oferecida pela Caixa Econômica Federal, patrocinadora oficial da Ginástica Brasileira.

    Circuitinho - entre as crianças, a medalha de ouro foi para o trio David Mora (MS), Lara Pinheiro (GO) e a ginasta da casa Cáritas Souza (AM), com nota 52.000. Em segundo, Wender dos Santos (MG), Lilia Lodi (ES) e Elaine dos Santos (AL), com 56.000. O bronze foi para Mariel Garcia (GO), Larissa Afonso (MS) e Daniele Ferreira (MG), com 54.000.

    Os Centros de Excelência Caixa Jovem Promessa são mantidos por meio de parceria entre a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) e a Caixa Econômica Federal, patrocinadora oficial da Ginástica. Já são 26 centros espalhados por 13 estados e o Distrito Federal. Durante a premiação do Circuitinho e da Etapa Final do Circuito, a presidente da CBG, Luciene Resende, e o gerente regional da Caixa, Fernando Sanches, aproveitaram para anunciar dois novos núcleos, em Roraima e Rondônia.

    "É com prazer que anuncio que Roraima e Rondônia receberão Centros de Excelência de Ginástica Rítmica. Os núcleos serão inaugurados no próximo ano. Será mais uma oportunidade dada pelo projeto aos que querem iniciar no esporte e conhecer um pouco mais sobre a ginástica".

    Fonte: cbginastica.com.br
  • You might also like

    Um comentário:

    1. É isso que precisamos mais centros de ginastica espalhados pelo Brasil ñ só na ginastica artistica mais na ritmica e na de trampolim tbm

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.