• Futuro de Bouhail ainda é duvidoso



    O ginasta esperança olímpica da França, Thomas Bouhail, sofreu 15 operações em apenas seis semanas e agora está lutando para voltar a andar, dois meses depois de uma queda em treinamento no ginásio.

    Bouhail, que ganhou a medalha de prata no salto na Olimpíada de 2008 e a medalha de ouro no Campeonato Mundial de 2010, fraturou a perna esquerda depois de cair da barra fixa na véspera de Natal.

    A natureza complexa da sua lesão, que afetou os ligamentos do joelho e do nervo ciático, levou a várias complicações nos dias após o acidente.

    "A questão que foi colocada na época da cirurgia era se Thomas iria participar dos Jogos Olímpicos esse ano ou não. Poucos dias depois, os médicos de repente nos disseram que agora a questão era salvar a perna dele", disse Mickael Bouhail, irmão de Thomas, em entrevista. A perna de Thomas foi salva, mas só depois que alguns músculos foram retirados.

    "Inicialmente, Thomas chegou para uma operação no joelho e internação. No fim, ele esteve por seis semanas hospitalizado e submetido a 15 operações sob anestesia geral", disse seu irmão, acrescentando que um "diagnóstico tardio trouxe conseqüências desastrosas para Thomas."

    Depois de deixar o hospital em 4 de fevereiro, o bicampeão europeu de salto permanece "em estado de choque". Sem outra escolha senão retirar-se dos Jogos de Londres, o futuro do primeiro e único campeão mundial francês permanece em dúvida.

    "Algumas semanas atrás estávamos longe de fazer a pergunta, se ele iria retomar os treinos de ginástica ou não. A partir de agora, depois que a perna dele foi salva, toda a esperança é permitida", Mickael Bouhail disse.

    Fonte: http://www.watoday.com.au/sport/olympics-2012/gymnastics-world-champion-has-15-operations-in-six-weeks-20120225-1tuot.html#ixzz1o7NOa31v
  • You might also like

    2 comentários:

    1. Que as divindades da Ginástica salvem este incrível talento. Ele é um dos poucos que executa um Dragulescu lindamente.

      Fiquei apaixonada por ele em 2010. Esta Olimpíada está descartada, mas toda esperança é válida para Rio-2016.

      Allez, Thomas!!

      ResponderExcluir
    2. Fiquei chocada quando li a notícia do acidente no R7. Sou uma grande fã do Bouhail, e é uma pena ele ficar fora de Londres 2012, mas a saúde vem sempre em 1º. Londres não, mas Rio definitivamente!

      Abraços Laryssa.

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.