• Sob o olhar de um fã...



    Esse post se refere a um treino de Daiane dos Santos e Lais Souza, sob o olhar de Wendel Silva. Esse cara é MEGA fã da Daiane dos Santos e escreveu um texto tão sincero que resolvi publicá-lo na íntegra! Sem correções, sem opiniões, sem tirar as gírias e abreviações, leia esse divertido texto de mais um fã da ginástica artística.

    "Treino da Daiane dos Santos e Laís Souza em 10/03/2012

    Bom, felizmente tive a honra de ter sido convidado para ver um treino da Daiane e da Laís e, automaticamente, a encontrá-las. No Pan de 2007 tive a honra de gritar: - “Dai, força!”, “Vai, Laís, acerta!”. Hoje, graças a Deus, pude dar um abraço bem apertado nas duas.

    Elas foram muito simpáticas. Passaram o treino todo sorrindo e brincando uma com a outra. Gostei de tudo o que vi e fiquei muito empolgado. Logo quando cheguei ao Pinheiros bem cedinho, a Laís estava sozinha no ginásio antes mesmo do treino começar se aquecendo e alongando de uma forma admirável. Uma garra impressionante que pude ver no olhar dela. Conversamos um pouco antes de o treino começar pra valer, e ela me disse que está totalmente determinada em ir aos Jogos de Londres. Ela está fazendo a parte dela, treinando muito, muito mesmo, e só vai depender da interpretação da CBG ao vê-la na seletiva. Óbvio, ela tem que ir bem.

    Daqui a pouco quem chega? A ginasta que mais admiro e amo. Ela mesma, DAIANE DOS SANTOS! Tremi da cabeça aos pés. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Ela me deu um abraço, falamos rapidinho e ela correu para o treino.

    Bom, e o treino começou. Laís foi para as Assimétricas enquanto a Dai alongava, aquecia e fazia uns exercícios básicos no canto do solo. Laís começou treinando Tkachev Afastado por muitas e muitas vezes e depois giros com câmbios e saída de Duplo Grupado para frente. Depois, ela ficou treinando a sequência de Giro de Sola à parada + pirueta + Tkachev. Depois, a Dai foi para as Assimétricas também. Adivinhem o que eu vi? Simplesmente a Dai treinando diversas vezes Tkachev Carpado. Gente, praticamente a ela só ficou fazendo isso nas Assimétricas. Ela girava e fazia Tkachev Carpado e o Blanco ficava dando as coordenadas.

    Depois, elas foram para o TRACK e colocaram uns colchões duros na ponta do mesmo. A Dai fez um monte de Rondada Flick + Dupla Pirueta e Meia e o Blanco ficava avaliando o tempo todo e dizia quando estava bom ou ruim.

    Creio que a Dai fará essa acrobacia em alguma competição. Logo depois disso, ela fez um pouco de Duplo Carpado. Uns 4 mais ou menos. Ela realmente voa... =D

    Para minha surpresa, a Dai treinou muito (Rondada Pirueta e Meia ao passo + Rondada Flic Mortal Esticado), tudo ligado diretamente. Depois, ela fez muito também (Mortal Esticado com pirueta ao passo + Rondada Flic Mortal). Lembrava aquela sequência de Aarhus - 2006, mas ela estava fazendo MORTAL ESTICADO COM PIRUETA ao passo. Perguntei à Laís e ela me disse que a Dai vai ligar algum desses elementos, ou ao DTG ou ao DTC. Uhulllllll...

    Chegou a hora da Laís. A vi executando Dupla Pirueta e Meia, DTG, DG... e isso tudo com muitas repetições. Depois, ela foi para a cama elástica e ficou fazendo várias acrobacias.

    Nesse intervalo, conversei mais com a Dai. Resumindo, ela não vai mais à Etapa de Cottbus, porque durante Londres, ela teve uns problemas de dores na coluna (nada grave), e o médico não a liberou para essa etapa por conta de uma pequena inflamação. Ele pediu para ela esperar mais um pouco aqui. Mas, para nossa alegria, ela vai ao Meeting que terá aqui no Brasil, e está muito empolgada. A música nova terá uma mistura de Ritmo Inglês e Ritmo Brasileiro e está tudo em andamento ainda. Nada certo da escolha da nova música. Ganhei uma camisa das mãos dela. Então, ela teve que sair do treino um pouquinho mais cedo. *.*

    Continuei assistindo e a Laís foi para a Trave. Ela fez quase todos os elementos que fazia antes e cravou a maioria. Repetiu muitas vezes o Giro com perna alta. Só não fez saída. Gente, na boa, a Laís me encantou de todas as formas. Ela é um doce e muito esforçada. Eu estava sentado em um banquinho e ela me chamou para sentar perto dela enquanto ela alongava para terminar o treino. Conversamos mais um pouco, e ela me disse que até o fim de abril está pronta para a luta. E novidade... A primeira acrobacia no solo dela será o Tsukahara Carpado. Isso mesmo, galera... Tsukahara Carpado. A segunda será o DTG. Ela tem música nova já e vai começar a treinar esse novo solo na semana que vem.

    Depois disso, eu e a Laís falamos um pouquinho sobre o solo da Raisman, tiramos uma foto e eu fui embora.

    Estou aqui compartilhando com vocês a minha alegria de ter visitado a Dai e a Laís. Estou muito feliz. Amo a Daiane (como todos sabem, rs) e, sinceramente, agora amo a Laís também, pela pessoa que ela é e pela determinação que ela tem.

    Ah, os meninos do Pinheiros estão ótimos e de parabéns. A maioria novinho e fazendo no salto Reversão + DG e na Barra Fixa largadas e saídas excelentes.

    Abraços e espero que tenham gostado,

    Wendel Silva."

    Tkatchev carpado? Gostei muito Wendel!
  • You might also like

    25 comentários:

    1. As meninas do flamengo (leia-se Daniele Hypolito) deveria ter a mesma garra dessas duas; Daiane poderia mto bem estar focando só o solo, único aparelho que ela tem chances de medalha, mas não,ela faz além do que ela deve, reforçando a UB com o Tkatchev carpado para subir a nota da equipe.
      Laís está de parabéns, desejo o melhor para a volta dela e que ela jogue magnésio na cara de quem sempre duvidou dela.
      Laís e Daiane sambando na cara da sociedade gymnica! rs

      ResponderExcluir
    2. Bom saber que a Laís ta se esforçando...espero que vá a Londres...a Dai lindissima com Tkatchev carpado,quero ver isso...e que solo é esse hein que ela ta planejando?vai vir com tudo *--*.

      ResponderExcluir
    3. adorei o texto... muito legal essas informações. A Laís será um GRANDE reforço se tudo der certo. E pelo treino da Daiane ela vai mesmo tentar uma série enlouquecida para tentar uma final e quem sabe uma medalha. Que bom!!!

      ResponderExcluir
    4. Adorei!!! ^^ Espero vê-las competindo novamente em breve! Laís de volta à seleção ia ajudar mto... Ela é mto talentosa e assim como Dai, Dani e Jade merece um lugar guardado na equipe nacional! Lembro do AA dela há alguns anos e ela era simplesmente incrível, versátil... Me parecia sempre tão forte, determinada! Tava fazendo tanta falta... Podia ter voltado antes, pra brilhar novamente e levar o Brasil direto pra Londres no Japão, mas sei que o motivo pra isso não ter acontecido foi o crescimento e o novo ânimo pro que está por vir neste ano olímpico! Força, saúde e mtas felicidades e conquistas pra vcs, meninas!

      ResponderExcluir
    5. Oque será que falaram do solo da Raisman? kkkkk

      ResponderExcluir
    6. Dani Hypolito sem garra, Anônimo? Ela pode ter muitos defeitos, mas garra é algo de que nunca duvidei da parte dela. Achei injusto o comentário, ainda mais depois da contribuição dela no pré-olímpico. #prontofalei

      ResponderExcluir
    7. Olha, Dani voltando a fazer um exercício dificílimo como o DE aos quase 30 com mais altura e controle que no auge da carreira é prova de perseverança e garra de sobra pras mais novas! Sair de um duplo como o carpado pro esticado quase 10 anos depois de parar de treiná-lo não é pra qualquer uma não.
      P.S.: Sei que, mesmo com menos pique que antes (questionável, convenhamos), ela poderia ter ainda mais highlights, mas após uma carreira inteira e a 4a Olimpíada, é melhor prevenir as lesões fazendo séries mais seguras e habituais.
      Putz, não consigo comparar elas; pra mim, são tdas incríveis e com mta história pra contar e mostrar ao mundo.

      ResponderExcluir
    8. A Raisman me lembra a força da Laís, além de skills e a postura também: ginastas menos artísticas, mas não menos poderosas e talentosas *.*

      ResponderExcluir
    9. É isso aí, Wendel. Essas meninas são muito boas e merecem todo o nosso apoio, elogios e torcida.

      ResponderExcluir
    10. "Sair de um duplo como o carpado pro esticado quase 10 anos depois de parar de treiná-lo"
      Errado. A Daniele nunca parou de treinar DLO, dupla e meia+full e tsukahara esticado na UB, ela só estava fora de forma para colocar eles nas series... Foi só entrar em forma, para começar a botar as antigas skills...

      ResponderExcluir
    11. "Errado. A Daniele nunca parou de treinar DLO, dupla e meia+full e tsukahara esticado na UB, ela só estava fora de forma para colocar eles nas series... Foi só entrar em forma, para começar a botar as antigas skills..."
      Ok! Mais alguma correção ou erro gritante pra vc apontar? Só comentou mesmo pra fazer sua objeção? Nossa, perdendo seu tempo com tanta besteira e deixando de entrar em uma discussão interessantíssima sobre as guerreiras da nossa Ginástica. Nunca vi Daniele treinar... Mas quando uma ginasta fica anos e anos com uma carta na manga, ninguém pode imaginar ou adivinhar o que faz ou deixa de fazer em treino; o que vale é competição. Treinar e não fazer nem faz tanta diferença; no fim, o resultado é o mesmo.
      Voltando ao meu comentário e me desculpando pelo erro; Daniele emagrecer e voltar A APRESENTAR O DE AOS QUASE 30 é prova de garra, sem dúvida alguma!

      ResponderExcluir
    12. O que eu comentei no primeiro post, acabei deixando mal explicado; a falta de garra dela é vista nos treinos, ela quase não treina, fica passeando pelo ginásio! Sem contar o tanto que ela quer aparecer na mídia né. Com ctz eu sei do que ela fez no Evento Teste, mas ela não fez sozinha. Sem contar que todos os problemas de rixas entre as meninas durante o mundial e o pam foram causados por ela. Mas enfim, torço mto pra ela fazer a parte dela nas olímpiadas, e que se esforce ao máximo, pq vai ter q brigar com a Laís e com a Jade pra entrar na final do AA. Espero q ela consiga colocar "o olhar" no código, vale G, GG! ahuauhauhauhaauhahauhauah Como eu to bandida na ginástica!

      ResponderExcluir
    13. se por cada vez que alguem descutisse aqui nesse blog a nota de alguma ginasta brasileira almentasse em 0,25 pontos, nossa equipe era campeã olimpica absoluta !

      ResponderExcluir
    14. "se por cada vez que alguem descutisse aqui nesse blog a nota de alguma ginasta brasileira almentasse em 0,25 pontos, nossa equipe era campeã olimpica absoluta !"
      kkkkkkkk vdd! concordo plenamente... gente, paz por favor! entrar no blog pra brigar é mto chato. a gente tá aqui pra apreciar a ginástica, não arrumar briga por opinião dos outros. suco de maracujá ou calmante ajudam mto.

      ResponderExcluir
    15. Ia ser tão bom se essa regra existisse!!!kkkkkkkkkkkkkk

      ResponderExcluir
    16. Muito bom texto Wendel! Parabéns mesmo isso sim é ser fã, gostei muito do texto pelo simples fato de você te-lo escrito ressaltando as qualidades de seu ídolo e em momento algum você quis atingir outra ginasta. Vejo que as vezes o pessoal quer defender sua ginasta preferida e ao invés de fazer como você fez, eles ficam procurando defeitos nas outras e isso acaba se tornando um poco chato. Mais uma vez Parabéns...

      ResponderExcluir
    17. Ain gente verdade! Adoro o blog, mas Cedrik vcs deviam moderar esses comentários pq ninguém aguenta mais essa briguinha de anonimos em tudo que é post... todo mundo pode gostar ou não de certas ginastas, mas esse blog não tem por objetivo esse tipo de discussão e sim "diálogos" acerca da ginástica, conversas que construtivas e que tenham conteúdo.

      ResponderExcluir
    18. Gente, posso dizer que foi um dos dias mais felizes da minha vida. Que bom que gostaram... Já me zoaram muito na comunidade do orkut pq eu sou LOUCO pela Daiane. E sabe, eu sou mesmo. Pra mim ela é um exemplo de vida. Agora tbm sou LOUCO pela Laís, pq ela tem uma garra IMPRESSIONANTE e é muito simpática. Abraços em todos! Fiquem com Deus! =D

      ResponderExcluir
    19. Luiz Eduardoo na minha opinião vocee falou tudoo !

      ResponderExcluir
    20. Admiro justamente essa qualidade do autor, saber vender seu peixe predileto sem desdenhar dos demais. Para os críticos sem causa, pensem apenas no papel de vocês para o crescimento da ginástica brasileira e vejam se estão contribuindo de alguma forma para esse objetivo. Posso não gostar da ginástica atual de grande parte das meninas da seleção, mas se elas (ainda) estão lá, é o melhor que temos para hoje e penso que devemos apoiá-las em vez de ficarmos só criticando. Agora é hora de darmos um voto de confiança para cada uma e torcermos muito para que consigam executar bem suas séries, e, principalmente, para que os juízes sejam justos nas notas, independentemente da nacionalidade e favoritismos.

      ResponderExcluir
    21. Adorei o comentário, Johnye! Nós somos brasileiros, gente... Torcida e apoio ajudam mto; e quando as Olimpíadas chegarem, quero ver o quão felizes vamos ficar se virmos que estivemos ocupados demais com brigas e o que tá lá fora e a nossa seleção desmotivada e desacreditada falhar como em Tóquio e Guadalajara. Vcs ficarão felizes com um 12o lugar do Brasil atrás de equipes que há 4 anos nem pra Olimpíada foram só pq querem acreditar que são melhores e mais bonitas? Revejam seus conceitos, pois no final, nós ainda somos brasileiros e representados por essa equipe talentosa e guerreira, mesmo com tdas as dificuldades de ginastas jovens aposentando ou não correspondendo a algumas expectativas exageradas.

      ResponderExcluir
    22. Gostei do olhar de fã que tem conhecimento. Sua sinceridade ao descrever a emoção de encontrar um ídolo nos fez apreciar esse momento junto com você. Não só parabéns pelo texto, mas obrigado por ele.

      p.s-> compartilho com você a grande admiração pela Daiane. Fiquei assim também quando a conheci em Tóquio. ;)

      ResponderExcluir
    23. Que bom que vc gostou, IS ALMEIDA. Grande abraço!

      ResponderExcluir
    24. nossa que bom saber que a lais ta de volta aos treinos...espero ve-la em londres com todas suas dificuldades(seria uma grande ajuda pro brasil)

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.