• Vamos abrir uma discussãozinha por aqui???


    A regra de desempate da FIG para a ginástica artística foi um assunto bastante controverso nessa Olimpíada. O critério de desempate foi dado pela maior nota de execução entre os ginastas empatados. A política do código atual é que os ginastas busquem a limpeza e a perfeição, por isso o critério.

    Disputas pelo desempate:

    Aly Raisman e Aliya Mustafina no individual geral: Mustafina levou a melhor (bronze).

    Kristian Berki e Louis Smith no cavalo com alças: Berki levou a melhor (ouro).

    Aly Raisman e Catalina Ponor na trave: Aly Raisman levou a melhor (bronze).

    Kohei Uchimura e Denis Ablyazin no solo: Uchimura levou a melhor (prata).

    Vanessa Ferrari e Aliya Mustafina no solo: Mustafina levou a melhor (bronze).

    Você achou o critério justo??? Você acha que deveriam ter colocado dois ginastas no pódio, como foi no Mundial passado??? Deveria haver outro critério de desempate??? Deixe sua opinião.
  • You might also like

    34 comentários:

    1. Bem, eu acho esta regra meio injusta. Tudo bem, a Ponor errou pra caramba na Trave e a revisão da Aly foi mais que merecida. Mas as duas mereceram o bronze.

      Para mim, ou acaba-se com o empate nos Mundiais ou coloca-se o empate nas Olimpíadas. Não tem outra saída. É injusto.

      Dois ouros? Sem prata, só bronze. Duas pratas? Sem bronze. Dois bronzes? Beleza, quatro medalhistas e a vida é boa! Deveria ser assim. Ginastas que tiram a mesma nota deveriam ser recompensadas iguais.

      Agora, tem o lado da FIG. Certamente os árbitros pensem assim: "Pô, o(a) fulano(a) apresenta tal nota de partida, e não teve a capacidade de manter a cabeça para apresentar esta série? Melhor o(a) outro(a), que teve uma nota de partida menor, mas teve uma execução mais aproximada à ela".

      Só pôde ter sido isso.

      ResponderExcluir
    2. Eu acho que não deveria existir o critério de desempate, se os ginastas empataram é por merecem aquela colocação...

      Só um parenteses... O critério utilizado foi a nota de execução somente nas finais por aparelhos...
      No Individual geral eles cortaram a menor nota da atleta e somaram o resto, e a maior somatória venceu, que foi a da Mustafina... O que eu acho RIDÍCULO pq tudo bem que a Aly peca nas barras e teve a pior trave da vida dela, mas a Musty caiu... e se deu bem pq o ponto de queda dela foi descartado... Não parei para fazer a conta para saber se o que tivesse sido levado em consideração fosse a nota de execução se o pódio mudaria, mas deveria ter sido este o critério... Porque o individual geral tem o objetivo de nos apresentar a ginasta mais completa, a melhor nos QUATRO aparelhos, não nos TRÊS...


      Agora uma opinião bem pessoal sobre o pódio... Achei incrível a Musty ter ficado com alguma medalha por causa de tudo que ela passou e tals... Mas a Aly perdeu o bronze, na minha opinião, por mal trabalho do treinador e/ou talvez dela própria, ela falou em uma entrevista que se soubesse que o bronze ainda tava em jogo ela teria arriscado o mortal esticado na primeira passada... COMO QUE ELA NÃO SABIA QUE O BRONZE TAVA EM JOGO???? A Musty ja tinha se apresentado, o Mihai não olhou pra pontuação? não fez a matemática básica??? Eu em casa fiz, e dei o Bronze pra Aly, brincando, pq NUNCA ACHEI que ela não apresentaria o mortal esticado, ela é sempre tão consistente com ele... para mim foi mais um caso de BAD COACHING! IMO!!!

      ResponderExcluir
    3. Sinceramente achei uma besteira, se empataram deveria subir ao pódio os dois ginastas e receber as suas medalhas como sempre foi...

      ResponderExcluir
    4. Fabiano Araújo15 agosto, 2012 09:01

      Achei muito justo. Do quê adianta fazer uma série MEGA difícil se a execução não é das melhores?? A exemplo: Ablyazin e Raisman! Enfiaram dificuldade até não poder mais.
      Eu me lembro uma vez um post comparando o salto da Liukin e da Nistor em 2008, onde a primeira tinha um salto simples e limpo e a outra tinha um salto difícil e IMUNDO. Resultado: Nistor ficou alguns décimos à frente no salto. Naquele código, a gente via as meninas se jogando na dificuldade, o número de elementos acrobáticos era muito maior do que hoje e o solo parecia um "tumbling" (não que hoje nao pareça, com a Raisman, por exemplo). Mas o que interessa é que as coisas mudaram, o foco mudou... E todos sabem! Esse código é muito mais artístico, e a tendência é que o próximo seja mais ainda. Por isso eu achei justa essa regra, significa apenas que o "foco mudou".

      ResponderExcluir
    5. Odiei esse critério, empatou dê 2 medalhas e pronto, era perceptível a frustraçåo na cara do atleta.

      ResponderExcluir
    6. Super justo! Se agora o codigo prioriza a limpeza e a perfeição do movimento, o desempate realizado atraves da nota de execução é o mais claro e obvio!

      ResponderExcluir
    7. Essas olimpíadas foram bem controversas em uma série de pontos né... Acho que nunca houve uma olimpíada assim... O negócio todo com o time masculino japonês, os empates, a coisa toda com a Wieber....

      Eu não sei se tenho opinião formada sobre os critérios de desempate... Nunca aconteceu tantos empates assim, ou estou enganada?

      Não acho que o código seja o problema, acho que a arbitragem tá sendo o problema sinceramente... deveria haver um padrão de rigidez nos descontos, pois uma hora descontam demais, na outra descontam de menos... sem querer fugir do assunto, não acho que a regra seja o problema, mas a arbitragem que não tem um padrão e acaba dando os empates.

      ResponderExcluir
    8. Eu acho que deveria ser como antes: se empatou, as duas levam!

      ResponderExcluir
    9. Acho o critério da execução válido, se ficar 2 pessoas no mesmo pódio não é jogos olimpicos, só devem haver 3 medalhistas.

      ResponderExcluir
    10. acho que deveria colocar os dois ginastas no podo , seria totalmente injusto com o outro atleta , vanessa ferrari treinou muito para esse jogos olimpicos , e para depois ficar empatada e ter ficado fora do podio

      ResponderExcluir
    11. cedrick...não tem a ver com o post, mas se possivel, me responde uma coisa...queria que vc olhasse esses dois videos:
      http://www.youtube.com/watch?v=ONWrWD1EQbE
      (salto da aliya em londres, ela tirou cerca de 15.300)
      http://www.youtube.com/watch?v=mO7bWYwRzW4
      (komova com 14.966)

      a nota do DTY ta mais valorizada? to achando as notas das atletas nas olimpiadas mais alta do que foi no mundial em relação a esse salto. A ponor fez o DTY nas olimpiadas não tão bem executado e tirou nota igual a mustafina.
      Vc achou a nota de komova baixa nesse salto? obg!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. O da Ponor realmente a chegada não foi das melhores. Mas a Mustafina tem uma ótima execução! Até pq ela precisa cravar bem pra disputar o AA.

        Excluir
    12. Na minha humilde opinião eu acho que deveria deixar dois ginastas no pódio, até porque a nota de execução é subjetiva.. então fica difícil, cada um tem a sua opinião.. o certo seria a Vanessa Ferrari levar uma medalha tbm. assim como os demais que empataram..

      Roberto

      ResponderExcluir
    13. Justíssimo !!

      Olimpíadas só tem de 4 em 4 anos e não devem ter empates, diferente de um mundial.

      ResponderExcluir
    14. Acho que em olimpiadas, eles já dão as medalhas contadas para cada modalidade, talvez não daria pra dar mais do que um bronze, ou um ouro; Por isso esse critério de desempate.
      Mas acho que todo mundo gostaria de dois ginastas no pódio rsrsrs

      Também não acho esse critério injusto. Imagina um ginasta com um grau de dificuldade alto, mas com uma execução horrivel, ganhar de um ginasta com uma belíssima execução? Está certissimo até pra cada vez mais tornar esta ginastica mais bela de se assistir.

      A única coisa que achei que houve bastante nestas olimpiadas foram notas muito infladas para as americanas, mas acho que já não daria para discutir isso aqui.

      ResponderExcluir
    15. Felipe Lorenzo15 agosto, 2012 18:44

      Injusto, amo Vanessa Ferrari, uma guerreira e deu tudo nessa final!

      já vi umas 10 vezes a serie da musty mas nao me convence.

      chatiado :(

      ResponderExcluir
    16. Deveriam colocar dois ginastas no pódio. Se não quiserem, deveriam colocar o que fez mais dificuldade, pois esse fez maior esforço. Acho que esse tem mais mérito do que aquele que fez coisas mais fáceis.

      ResponderExcluir
    17. se na natação os atletas que fazem o mesmo tempo ganham medalhas porque na ginastioca os que fazem a mesma pontuação não ganham ?
      Independente da execução ou dificuldade se a nota foi a mesma os deois devem ganhar medalhas...
      by the way.. ponor roubada 2x... trave e solo...
      15.600 na mamute ?? nem a platéia engoliu...
      nely kim bitch

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Ponor não foi roubada na trave. Tbm torci por ela, mas vamos reconhecer que ela poderia ter feito uma série bem melhor e brigar pelo ouro. Raisman fez uma série mais limpa, e mereceu o bronze.
        Confirmo que no solo, a nota da Raisman foi muito inflada. 9.1 na execução?? pfff
        Massss foi lá, colocou dificuldade, e cravou a série. Ouro merecidissimo, apesar de não gostar do solo dela.

        Excluir
      2. pq ginastica é ginastica e natação é natação!

        Excluir
      3. Engraçado....
        Comentários acima dizem que só pode haver um vencedor na olimpiadas independente do esporte...
        Eu rebati esta opinião com o exemplo da natação...
        E ainda digo mais, a ginastica é feita de dificuldade + execução. São as duas notas juntas que contam.
        Então nao acho que deve-se privilegiar uma em detrimento da outra. Se houve empate na nota final, houve empate na nota final e ponto. Empate = 2 vencedores. Se temos 2 merecedores, que os dois sejam premiados...
        Ponor nao mereceu o bronze na trave ??
        Com licença luciana !!
        A prova dela foi extremamente mais complexa que a da raisman, com ligações mais interessantes e dinâmicas que a das chinesas. Todo mundo sabe que ela só perdeu o bronze pela reclamação do tecnico e poder de influencia que os EUA tem hoje em dia na ginastica.
        Essa final de solo foi complicada mesmo... em outros blogs e sites internacionais como o full twist pro exemplo a maioria dos internautas (inclusive vários deles americanos) concordam que a Ponor merecia ter ganhado.
        Outro ponto que nao gostei nessas olimpiadas foi o formato extendido de competição que na minha opinião deixou as ginastas mais cansadas. Uma final de trave olimpica com 4 quedas ... ?? hellow ??

        Excluir
    18. Cedrick , acho que seria bem interessante abrir uma discussão sobre a nota do Ybing Cheng e do Balandin na final de argolas.

      Também debater aquelas notas de assimétricas e trave da Gabrielle Douglas na final individual geral ...


      Iuri

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Com certeza! Gente, aquelas notas da Douglas foram MUITO infladas. Sempre que assisto aquela final, vejo que a Komova nunca ia levar aquele ouro, mesmo se tivesse acertado o salto, desde que já foram para dar o Ouro para a Douglas.

        Excluir
      2. Acho que essa é a impressão geral... " super Douglas" não perderia nem se Komova cravasse tudo. To ansiosa para ver Douglas nas próximas competições. Já fiquei assustada com aquela final da trave.

        Excluir
      3. Alice se a Komova cravasse tudo nem inflando a Douglas venceria !
        O grau de dificuldade nas provas da Vika é muito superior e claro.
        Você pode ser fã da Douglas nada contra,e a Komova fez uma .... no salto , mas que as notas foram infladas isso foram.
        Mesmo com aquele erro no salto ela venceria sem aqueles 15700 e 15500 da Douglas, que foram absurdamente inflados !
        Eu posso afirmar isso pela minha experiencia em arbitragem.


        IURI

        Excluir
      4. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk vc entendeu errado.... Não torço para Douglas...muito pelo contrario sou admiradora da Ginastica Russa! O "SUPER DOUGLAS" FOI IRÔNICO.. E quero ver sim a Douglas nas proximas competições, para ver se o efeito gás hélio em Londres continua...

        Excluir
      5. A nota da EQUIPE AMERICANA em si já foi estranha.. sem falar da final do Salto...

        Excluir
    19. Nada mais justo. Acho que nenhum atleta é igual ao outro e deve haver algum critério que os diferencie em caso de empate.

      ResponderExcluir
    20. Vendo esse vídeo da Vanessa Ferrari fico com mais raiva ainda desse critério de desempate !!!

      http://www.youtube.com/watch?v=3N9KMVYqN9s&feature=related

      ResponderExcluir
    21. Agora, tem o lado da FIG. Certamente os árbitros pensem assim: "Pô, o(a) fulano(a) apresenta tal nota de partida, e não teve a capacidade de manter a cabeça para apresentar esta série? Melhor o(a) outro(a), que teve uma nota de partida menor, mas teve uma execução mais aproximada à ela". ²
      mas nada... é assim que tem que ser; se o ginasta não é bom o suficiente pra manter a nota azar o dele!!!
      não teve cabeça o suficiente pra fazer boa série. e é pra isso que existem competições assim. esse esporte não é esporte pra fracos e oprimidos!!!
      ganha o melhor !

      ResponderExcluir
    22. eu acho que, se duas empataram, duas sobem no podio

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.