• Quer ser ouro no salto? Então você precisa de um "amanar"!

     

    O texto abaixo é uma tradução das falas do vídeo, que foi postado depois do Mundial Pré-olímpico e antes dos Jogos de Londres.

    Rondada, flic, duas piruetas e meia e uma aterrizagem “cega”. Parece simples? Bem, este é o salto mais difícil para as ginastas. Apenas meia dúzia conseguiram completá-lo com sucesso.



    Jordyn Wieber, dos Estados Unidos, o técnico dela, John Geddert, e a atleta olímpica de 1996, Shannon Miller, explicam a preparação mental que faz deste salto tão dificil.

    Shannon Miller

    “A preparação mental para o salto é muito mais do que apenas o movimento em si. Tipicamente, a atleta irá caminhar até o pódio, irá se preparar para o salto e olhar para a esteira de corrida. Aí então ela irá olhar para seu técnico, e verá se ele (ou ela) está dando alguma dica de última hora. Então irá bloquear tudo a sua volta, não ouvirá a platéia. Vai se apresentar ao juiz e uma luz verde será acesa, ou o juiz levantará o braço... e isso significa que é hora de se apresentar! Você tem que deixar a memória dos seus músculos comandar, e tudo termina em uma questão de segundos."

    Jordyn Wieber afirma que executar um “amanar” é 99% memória muscular. Mas... o que faz desse salto tão dificil de se executar bem?

    Jordyn Wieber

    “Bem, eu começo mais ou menos a 23 metros de distância da mesa de salto, corro o mais rápido que posso e faço uma rondada, um flic, duas piruetas e meia e aterriso.”

    John Geddert

    “Atletas que conseguem tempo suficiente no ar tem uma habilidade melhor de completar mais piruetas. A maioria das atletas não conseguem ficar no ar por muito tempo.”

    Jordyn Wieber

    “Muitas pessoas pensam que meia pirueta não é muito, mas é bem mais dificil (que uma dupla) e demora um tempo para que isso seja alcançado.”

    John Geddert

    “Quando são duas piruetas, a atleta consegue enxergar a aterrizagem um pouco antes, mas quando ela vai para duas piruetas e meia, isso se torna uma aterrizagem cega e, por isso, nao é apenas mais difícil para se chegar em pé porque você não consegue ver o colchão, mas também é mais perigoso para se treinar.”

    Então, como Jordyn está se preparando para as Olimpíadas?

    Jordyn Wieber

    “Desde o campeonato mundial, eu treinei focando bastante na aterrizagem. Antes, quando eu estava começando com o salto, eu focava apenas em chegar com segurança; mas, agora que eu o executo melhor, eu posso prestar mais atenção em cravá-lo.”

    John Geddert

    “Estamos tentando executá-lo um pouquinho mais alto, um pouquinho mais dinâmico e um pouquinho mais controlado. Estes são os detalhes em que estaremos trabalhando daqui até Londres."

    Jordyn conseguiu 15,933 com o seu amanar na final por equipes dos Jogos de Londres.
  • You might also like

    32 comentários:

    1. Pobre Komova se esforçou absurdamente pra conseguir esse salto, na hora q mais precisa ela erra, mas só dela ficar em pé num amanar dps de tantos problemas q teve já é uma vitória.

      ResponderExcluir
    2. Amanares bons mesmo por enquanto, só os das americanas, Maroney, Douglas, Wieber e Raisman,esta última de inconsistente no U.S Trials acertou todos um mês depois em Londres.

      Este foi o grande diferencial delas no Team Final Olímpico...

      Russas capengaram na hora H !!!

      Espero que no próximo ciclo melhores saltadoras despontem, porque neste foi sofrível !!

      ResponderExcluir
    3. Meia dúzia? de americanas, você quis dizer, né?

      além da meia dúzia de americanas:
      Jade Barbosa - BRA
      Anna Pavlova - RUS
      Elena Zamolodchikova - RUS
      Maria Paseka - RUS
      Tatiana Nabieva - RUS
      Aliya Mustafina - RUS
      Victoria Komova - RUS
      Simona Amanar - ROU
      Monica Rosu - ROU
      Kang Yun Mi - PRK
      Hong Un Jong - PRK
      Hong Su Jong - PRK
      Cheng Fei - CHN

      Algumas das pouquíssimas que eu lembrei...

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. ????????????????????????

        A maioria destas já se aposentaram e as que não, ou deixaram de saltar Amanar (Ex: Jade Barbosa) ou não executam-o no nível que as americanas conseguem realizar, isso é fato !

        Lembrando que até algumas júniors dos EUA já saltam Amanar, como Biles e Lexie Priessman.

        Excluir
    4. Gabby executa a dupa e meia melhor que a jordyn wieber!!! gaby na maiori das vezes crava, e tem ua otima postura pernas unidas, e bem veloz e explosiva!! na olimpaidas gabby conseguiu 15.966 jordyn 15.933!!

      ResponderExcluir
    5. Izbasa levou ouro sem amanar.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Sim. devido à queda da Maroney

        Mas o fato dela levar o ouro com saltos mais fracos, diferentemente de Pequim no qual as três medalhistas tinham saltos mais difíceis, expressa o quão sofrível foi o nível da prova de salto em Londres e por que não em todo o ciclo 2009-2012 !!

        Excluir
    6. lamentável...pq isso exige cada vez mais uma ginástica mais dificil e pouco bonita!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. mas salto e UB são aparelhos extremamente técnicos, muito dificl ter uma postura artistica no salto e na UB.. dificil nao impossivel..

        Excluir
    7. Nosa serio mesmo? axo que ninguem sabia dessa

      ResponderExcluir
    8. É bom A Jade pensar sobre isso, ela esta executando o mustafina, que com o novo codigo de pontuação em vigor ele valera apenas 6, já o amanar 6.3!!! se ela continuar executando a dupla e passar a executar o mustafina em grandes competições ela só fazera bonito, mas não brigara por medalhas!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Se o amanar é tão dificil e só vale 6,3 é melhor fazer o chuso, ou mustafina ou zamo que são mais "fáceis" e sendo assim a execução melhora também, pois a coisa agora vai ser a execução, bobeou dançou.

        Excluir
    9. Gente, sempre tive uma duvida. Pode uma ginasta numa final competir com um amanar e um DTY??

      E esta teoria acabou errada né, basta ver ela Izbasa rsrs

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Não, pois são da mesma família de saltos. O CoP pede que sejam dois saltos de abordagens diferentes à mesa (um de costas e um de frente, um de lado e um de costas, não importa a ordem).

        Um exemplo: Monica Rosu em 2004. Ela venceu a final olímpica do salto com um "Zamo", que é o tsukahara (abordagem de lado, sem auxílio de flic) com dupla pirueta e um Amanar.

        Excluir
      2. Não podia no código antigo e continua não podendo no código novo. No código 2009-2012, a ginasta deveria realizar dois saltos com diferentes fases de repulsão (a posição de decolagem sobre a mesa: de frente, de costas, lateral...). No código 2013-2016 a ginasta pode executar saltos c/ a mesma abordagem na mesa, mas eles devem 1) ser de grupos diferentes e 2) ter a segunda fase de voo diferentes (não vale dois saltos c/ a mesma posição corporal (carpado, grupado, esticado) ou c/ o mesmo número de piruetas).

        Excluir
    10. Sandra Izbasa's EF VT said "Hello!".

      Só o que tenho a dizer.

      ResponderExcluir
    11. mustafina tambem executa o amanar, ela e explosiva sobe bastante, mas peca na execução ela afasta as perna flexiona,não acho o salto dela bonito, já komova não sobe muito mas tem as pernas bem juntas na fase aerea o problema da komova e a aterrisagem, gabby arrebenta no amanar, jordyn mais ou menos mas consegue executar bem melhor que as russas, maroney e especialista em piruetas li que ela vai fazer tripla em 2016, se isso ralmente acontecer elas podem ganhar só por causa do salto, claro que devem passar bem pelos outros aparelhos né? aly raisman não salta bem!! peca na execução

      ResponderExcluir
    12. para quem não viu:
      http://english.ruvr.ru/radio_broadcast/36560725/89967429.html

      A verdade um dia aparece:

      Bruno Grandi has been constantly criticized for the introduction of a new open ended scoring system and changes to the Code of Points that came into force in the 2004 – 2005 season. Those listeners who follow gymnastics events may know that practically every major gymnastics start is usually spoilt by controversial decisions made by the judges meaning that this scoring system allows the judges to interfere into the battle of gymnasts.

      I will give just a few examples. At the 2010 world championship Aliya Mustafina was deprived of a gold medal on vault because the judges lowered the difficulty of her second vault. Later they admitted they had made an error nevertheless gold medal stayed with Alicia Sacramone from the USA.

      The 2011 world meeting was marked with scandalous all-around final where invisible 0.33 separated Jordyn Wieber and Victoria Komova in the final protocol. A great number of pundits had common opinion that Komova should have become the all-around gold medalist, but it didn’t happen. After this championship several judges were fired and denied the chance to work at the Olympics.

      However controversial results were registered at the biggest sport competition of 4 years. For example the main frontrunner to win the Olympic vault title Mckayla Marooney landed her second vault on her back but nevertheless were given Olympic silver. Some experts called this an outrageous situation that indicates total chaos in judging system.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Pena que aparece depois que a merda tá feita e não tem como voltar atrás. Mas, pelo menos, aparece.
        Komova duas vezes injustiçada...

        Excluir
      2. Massa foram eles mesmos dizerem que Mckayla não merecia nem sequer a prata por ter caído. Ela é a melhor saltadora do ciclo sem duvida, apesar de que eu ainda prefiro FEI CHENG (MINHA OPINIÃO), mas realmente todas que caíram nem com medalha podiam sonhar e maroney caiu, mas o primeiro salto teve a nota tão alta que ela ainda saiu com a prata. Antigamente você podia ser o cão no salto, se caísse não levava nada, absolutamente nada, por isso que esse código corrupto faz com que a ginastica seja criticada. Lembram-se da palhaçada que fizeram com o salto mustafina em 2010, sem mais nem menos a nota passou de 6,1 para 5,7 injustamente mesmo, e os juízes sabem ser muito cruéis com quem não é norte-americano, pois aquele salto de nabieva que ela chegou ligeiramente de lado foi contado como 5,8 e não 6,5, pois é, aly raisman saltava caindo de lado e nunca acontecia nada. SACANAGEM!! FORA BRUNO GRANDI!

        Excluir
    13. Wieber passará a ser uma boa candidata a ouro no VT também,pois ela executa o Zamolodchikova,que vale 6.0...tendo Amanar de 6.3 e Zamo de 6.0,ela fica na frente da Jade em D.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Treinador da Wieber disse em uma entrevista antes de Londres, que ela não iria se especializar no salto.

        Excluir
      2. Eu quero é que Wieber se aposente.

        Excluir
      3. Eu quero é que Wieber se aposente.[2]

        Idem !! Hauhuahauah

        Wieber foi uma promessa dos EUA que não se cumpriu( neste caso no AA), assim como a Bruna no Brasil.

        Agora com Douglas, Kyla Roos, Raisman, Ohashi, Priesman fica difícil !!

        Excluir
      4. Wieber perto da concorrência de Ohashi, tenho até pena gente! Sério. Ohashi tirava 16,100 com 13 anos de idade filhos, Jordyn aos 13, tirava 15,300 que era incrível pra idade dela, mas isso continuou. Ohashi vai ser a grande estrela desse ciclo e pode ser a próxima Olimpic aa, já que só ganham americanas nesse negócio.

        Excluir
      5. Mas me doi ainda o fato de Komova ter sido roubada 2 vezes. To com sede de ver Komova ganhando ouro ano que vem.

        Excluir
    14. claro que as americanas conseguem saltar o amanar bem feito: elas são praticamente uns homens! esse tipo de salto é fichinha p elas! kkkkkkkkk

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. É verdade. Raisman podia ter competido na final do solo masculino e não no feminino. kkkkk!!

        Excluir
    15. Amanar + Produnova a ginasta fica imbatível né..

      ResponderExcluir
    16. É verdade. Raisman podia ter competido na final do solo masculino e não no feminino [2]

      Isso é FATO

      Está para nascer um solo tão feio igual da Raisman !!

      Saudades dos solos das campeãs olímpicas neste aparelho Elena Zamolodchikova (Sydney 2000) Lilia Podkopayeva (Atlanta 1996) ambas aliavam perfeitamente dificuldade e artisticidade !!

      ResponderExcluir
    17. leticia umezaki05 outubro, 2012 15:21

      Tem esses boatos sobre a Maroney estar trabalhando em um triplo, mas eu tenho certeza de que ela nem vai competir em 2016. É muito dificil ver a mesma atleta estadunidense em duas olimpíadas diferentes, hoje em dia todas as atletas do time deles é pirralhinha. Talvez nos mundiais de 2013 ela venha a mostrar essa tal tripla pirueta, mas pra mim é bem improvavel, pelo jeito que ela se machucou na tour da kellogg's, e também porque ela agora pelo jeito vai tentar investir em uma carreira em atuação.

      ResponderExcluir
    18. Que povo mas nojentinho , nem eu que já tenho 20 anos na ginástica !
      Eles acham que já viram tudo !!
      Só falam "blá blá blá" e "Estados Unidos são os melhores" !
      Ecaaaaa
      Vão crescer crianças!!!!

      Paola Lima

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.