• O que a ginástica reserva para 2013? - Parte 4


    RÚSSIA

    Evgeniya Shelgunova ajudou o time russo a levar o título do Campeonato Europeu de volta pra casa em 2012, competindo em todos os aparelhos na final por equipes. A ginasta chegou à segunda colocação no individual geral na mesma competição, perdendo apenas para a revelação italiana, Enus Mariani. Evgeniya também participou das finais de trave, solo e paralelas (onde conseguiu a terceira colocação), provando ser uma adiçāo forte ao time russo para o próximo quadrênio.

    Terceira colocada nas assimétricas no Campeonato Europeu.




    Ekaterina Baturina também vem se destacando no grupo de ginastas emergentes da Rússia. Apresenta linhas clássicas e elegantes, bem comum às ginastas do país. Baturina ficou apenas na reserva do time russo júnior que ganhou a final por equipes no Campeonato Europeu, mas prova que tem bastante potencial para os próximos anos.

    Baturina no solo.




    Yulia Tipaeva também foi parte da seleção campeā européia júnior em 2012. Apresenta bom potencial no salto e boa série nas assimétricas, onde executa uma saída alta, um bom trabalho nas paradas e transições bem amplas.

    Tipaeva nas assimétricas no Campeonato Europeu Júnior 2012.




    Viktoria Komova pode não ter levado o título em 2012, mas com certeza levou toda a atenção: por motivos certos em algumas ocasiões (como por exemplo, após sua apresentaçāo épica no solo na final do individual geral) e errados em outras (como nas finais por aparelhos, em que não alcançou os resultados desejáveis e transpareceu o que muitos chamaram de atitudes imaturas ou anti-desportivas). A atleta, que vem sendo assistida e especulada há vários anos por fãs de toda parte do mundo, foi apontada como a grande estrela do time russo antes dos Jogos, mas saiu de lá como coadjuvante após Alyia Mustafina destacar-se como a grande rainha do quadrênio. Komova, no seu pior dia, ainda apresenta uma ginástica de maior qualidade do que a maioria das atletas de elite do mundo na atualidade mas, como sabemos, é preciso mais para estar no topo. Após, coincidentemente, perder a final individual geral por uma margem mínima no último aparelho para uma americana por 2 anos seguidos, esperamos que Komova volte em 2013 pronta para arrematar o ouro que tem tanto buscado.

    Komova em uma das melhores apresentações de solo da sua carreira




    Anastasia Grishina, dona de uma das melhores expressões artísticas da atualidade, combina belíssimos movimentos de dança com boa dificuldade. Seu maior problema, porém, é a falta de consistência. A ginasta, que cometeu um erro irreparável no solo na final por equipes de Londres, e de quebra foi a única do time a não chegar a nenhuma final por aparelhos na mesma competição, mostra que ainda tem muito a provar. Só o tempo dirá se Grishina conseguirá se comprometer seriamente nos próximos 4 anos, rumo ao Rio 2016... Caso escolha continuar, ainda irá encher os olhos de muitos fās por vir.

    Grishina no solo, em uma apresentação mais razoável nas olimpíadas de Londres.




    Aliya Mustafina, que foi consagrada realeza da ginástica mundial ao dominar os tablados em seu primeiro ano adulto em 2010, viveu grandes altos e baixos em sua. Em Abril de 2011 se lesionou seriamente no Campeonato Europeu e teve que se contentar em ficar um ano fora das competições até que se recuperasse. Em 2012, para a surpresa de muitos (e aparentemente até mesmo da comissão técnica russa), saiu de Londres como a ginasta feminina mais condecorada do evento, quebrando o jejum de medalhas de ouro para a Rússia de mais de 12 anos! Mustafina pretende continuar a treinar em 2013, para a alegria dos seus fās. A ginasta passou por recentes contratempos e momentos de reajustes, após seu técnico pessoal ter sido afastado de seu cargo chefe pelo resto da comissāo técnica russa. Esperamos, porém, que este seja só mais um obstáculo vencido em sua carreira. Mustafina estará de volta, e virá com tudo em 2013. O esporte só tem a ganhar!

    Campeã olímpica nas assimétricas!




    Anna Dementyeva nos deixou na expectativa de um ano de sucesso em 2012, mas infelizmente deixou a desejar. A idade entre os 16 e 18 anos para uma ginasta é notória por causar mudanças significativas, tanto na parte física quanto psicológica, e Anna infelizmente sofreu em ambas. Após conquistar o título do individual geral no Campeonato Europeu no mesmo ano em que Mustafina se lesionou gravemente no salto, a ginasta russa decaiu em qualidade e consistência. Em competições seguintes, provou aos técnicos do time nacional que representava riscos de erros e uma inconsistência com a qual o time olímpico russo, já fragilizado, não podia arcar. Após o desapontamento de ficar fora da seleção nacional nas Olímpiadas de 2012, Dementyeva voltou aos tablados e mostra estar disposta a disputar novamente por seu lugar ao sol no time russo.

    Dementyeva em recente apresentação na trave




    Tatiana Nabieva é outra ginasta russa que passou 2012 em branco. A atleta, que ganhou atenção internacional com pouca idade sendo apontada como uma das juniors mais promissoras de sua safra, chegou a apresentar bons resultados como sênior. Em 2011, Nabieva chegou à segunda colocação nas assimétricas no Campeonato Mundial, e também ajudou o time russo a ganhar seu inédito ouro por equipes em Rotterdam (2010). A ginasta, de temperamento difícil e estilo distinto, já declarou ter como maior sonho se tornar uma técnica de alto nível, e promete estar de volta em 2013... Esperamos que ela possa contribuir ao time russo, pois a competição não será fácil!

    Nabieva nas assimétricas, onde alcançou a prata no mundial de 2011 ao lado da compatriota Komova.



     
    Ksenia Afanasyeva é outro nome que esperamos ouvir em 2013. Considerada a veterana do time russo e com duas olimpíadas no seu currículo, ela demonstra beleza em seus exercícios, mas já deixou a desejar em algumas ocasiões quando posta à prova. Anafasyeva foi peça importante do time nacional em momentos marcantes do último quadrênio, como a conquista do ouro por equipes em 2010 e as pratas de 2011 e 2012. O ponto alto de sua carreira foi quando se consagrou campeā mundial no solo no mundial pré-olímpico, com uma apresentação quase perfeita, mostrando nāo ser apenas "mais uma" no time russo. No ano seguinte, porém, a pressão não ajudou, e em Londres Ksenia terminou 'apenas' na sexta colocaçāo no solo, mostrando seu descontentamento com o resultado. Em 2013 tudo recomeçará do zero, e estamos ansiosos para vê-la de volta!

    No solo nas qualificatórias das olimpíadas de Londres; coreografia linda e original!



    Da série " O que a ginástica reserva". Todo fim de ano estaremos fazendo postagens sobre os maiores nomes que competirão no ano seguinte. O último texto será exclusivamente escrito sobre ginastas do Brasil. Ideia original de Marina Aleixo.
  • You might also like

    38 comentários:

    1. Mais um belíssimo post! È parece que a Marina veio pra ficar neste blog; como ela escreve bem!
      A Rússia como sempre tem uma técnica distinta que deve ser espelahda por todo país que deseja chegar onde esse time histórico está. Como já disse aqui antes, enquanto times de expressão como Romenia e USA vivem preocupados com as assimétricas, a Rússia simplesmente triunfa neste aparelho.
      Mas em contrapartida, acredito que a safra deste ciclo não será a mesma de agora. Portanto, as veteranas deverão continuar.
      Só senti falta de informações da Pavlova, pois acredito que ela vai brigar pra voltar ao time.

      ResponderExcluir
    2. Russas russas.......... tenho que ir no rio haha...... dar pelo menos um I love you pra komova,mustafina.... e a Ponor né, kkkk. Shelgunova se estiver 100% pode executar um amanar e ser umas das russas no AA desse ciclo, Mustafina acredito que esse ciclo vai se sair mto bem..... minha komova vamos ver... ñ sei se volta igual tava em Londres, ela compete desde 2007 com nivel mto alto. Quem duvidar de um amanar da shelg, apenas olhe os DTY dela do top gym de 2011.... ela tem tudo pra sair bem. Espero que esse ciclo nenhuma lesão atrapalhe as russas e as brasileiras, quero que tudo de certo pra elas. Romênia tbm.....

      ResponderExcluir
    3. as ginastas que são boas de solo e salto com certeza serão prioridade para o time russo, sabemos que a trave não e o problema, e as barras assimetricas ela dominam, mas precisam de boas saltadoras ,de boas ginastas explosivas que são boas no solo, por isso eu acredito Ksenia vai continuar na equipe de eleite,komova não será dispensada tão sedo, e mustafina tem o que a russia precisa, bom solo, salto, barras e trave!! Evgenya tem futuro na equipe russa!!1

      ResponderExcluir
    4. Texto lindo. Russas são minhas prediletas. *-*

      Só uma obs.: A Mustafina não competiu no mundial pré-olimpico como foi mencionado.

      ResponderExcluir
    5. e a Anna Pavlova?

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Está ficando velha, mas em forma!
        Adoro ela, mas o tempo dela na Rússia já passou. Ela não tem lugar na equipe com a atual dirigência. Ela está competindo e ganhando muitas competições secundárias e de menor importância.
        Na minha opinião, se ela ainda quiser voltar a competir em nível internacional(tipo mundiais, copas do mundo e tals) só competindo por outro país.

        Excluir
      2. Rezar pra nesse natal a Grishina ganhar uma cabeça nova com mais foco, mais confiança em si mesma e menos medo né?!

        Excluir
      3. Rezar pra Grishina e pra Komova tbm! É muito talento desperdiçado por cabeça fraca!!

        Excluir
      4. As russas já tão famosas pelo nervosismo haha
        Até Anna Pavlova que eh bem segura, quem não lembra do vacilo que ela deu na final de Beijing, que saltou antes do sinal e levou zero.....:S

        tipo...final olimpica ta ligado!

        Excluir
    6. Que lindo!! Que emoção!! Isso que as russas faze não é ginástica, é arte. Tenho que ir no RIO 2016 gritar muito por musta, komova e cia. Creio que Karenkova também não deixará barato, ela é a campeã de trave junior. E ela pode ser até tão boa quanto Komova. Meu grande sonho ainda é ver Komova ganhando o aa em algum mundial, mesmo que ela perca nas Olimpíadas depois, mas que ela ganhe esse ouro, pq ainda ficou aquela coisa sabe... ta faltando... E musta é demais, o que falar de Musta? Tem também Maria Paseka que estava treinando Gieger com Markelov na assimétrca, vai querer continuar no time, obviamente fazendo todos os aparelhos para ajudar o time no que puder e não só no salto.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Achei seu comentario terrivel!!! Vc devia torcer para o Brasil fazer bonito e não para estrangeiras... vc é uma típica brasileira...[ infelizmente]

        Excluir
      2. Maria Peseka não ajudou a equpe russa !! ela deveria ter ajudado em londres, mas falhou na final por equipes, poderia ter se redimido na final por aparelho onde ela se classifocou no salto, mas novamente cometeu o mesmo erro!!
        se em 2013 ela vai ajudar a equipe russa eu não sei, mas na competição mais importante que e as olimpiadas ela não conseguiu!!

        Excluir
      3. E quem disse que eu não vou torcer por julie kim, rebeca andrade e cia? Lógico que vou. Mas se vc não leu a materia fala das russas, aprenda a interpretar textps antes de julgar o comentário alheio.

        Excluir
    7. Adorei o post, só achei falta da Maria Kharenkova.

      ResponderExcluir
    8. que LINDOOOOO esse post! parabéns Marina! é notório que a quantidade de ginastas "revelação" dos EUA é bem maior do que qualquer outro país, mas só as futuras competições dirão quem realmente suportará toda a pressão. Acredito que o time Russo virá mais confiante, até porque o time estará formado principalmente por ginastas bem experientes. O que todos esperam é que a komova e a Grishina voltem com tudo, pois elas sempre foram apontadas como as grandes revelações russas, e infelizmente a Grishina deixou a desejar nas Olimpiadas, e a Komova não supriu todas as expectativas também. Mas em 2013 estarei na torcida pela Komova, claro!! =p Sou apaixonada pela ginástica Russa, pra mim é o tipo de ginástica mais completa e mais linda de se ver.

      ResponderExcluir
    9. Faltou Kharenkova e Bondareva.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. O que a ginástica reserva PARA 2013! Kharenkova não vira sênior em 2013.

        Excluir
    10. Viktoria Kuzmina também.

      ResponderExcluir
    11. komova...nao tem ginasta melhor..ela é a mais completa...te amo komova

      ResponderExcluir
    12. Excelente matéria,parabéns !

      ResponderExcluir
    13. Esqueceu de falar da mais importante junior Maria Kharenkova.

      ResponderExcluir
    14. Faltou falar da Maria Kharenkova...

      ResponderExcluir
    15. voces não viram o Titulo do post? "o que a ginástica reserva para 2013!!"

      Kharenkova só irá competir em nivel senior em 2014!!

      ResponderExcluir
    16. Cedrick, sugestão de foto do dia rs: http://www.guardian.co.uk/world/us-news-blog/2012/nov/17/barack-obama-mckayla-maroney-not-impression

      ResponderExcluir
    17. Grishina...eu ainda acredito que ela vai brilhar muito! ela sempre esteve ao lado de vika em todas as competições e sempre foi apontada como uma das melhores ginastas que viria revelar! tem mta coisa pela frente ainda!

      ResponderExcluir
    18. Marina, após as revelações das quatro potências serem mostradas...Qual a conclusão que se pode tirar ??

      Sugestão: Poderia fazer um post desse tipo

      As júniors norte americanas,já possuem mais dificuldade em suas séries..isso é fato

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. mto fácil falar...vamos aguardar como esse robôzinhos virão em competições nivel senior!

        Excluir
    19. Acho que esse quadrenio vai ser da Russia apesar de eu amar tanto tanto as romenas. Maaas ainda tenho esperanças com as romenas, de qualquer forma torço muito pra Komova e Mustafina também apesar de achar muito muito dificil elas chegarem ao Rio. Vamos aguardar

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. quem é dificil de chegar ao Rio? Komova? Mustafina? claro que não! vemos muitas ginastas mto mais velhas q elas que ja competiram em mais de um ciclo! eu realmente acho que elas vão com tudo!

        Excluir
    20. Pelo que eu vi a Kharenkova é mega aguardada em 2014.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. ela é somente uma "komova da vida"...mto aguardada!

        http://www.youtube.com/watch?v=nF2yLGq2pLU

        Excluir
    21. uhuuuuuu! Russia vem com tudo nessa nova temporada! torcendo muito pela komova no AA \o/

      ResponderExcluir
    22. gosto da Grishina! acho que ela tem muito a conquistar pela frente ainda!

      ResponderExcluir
    23. Podiam trocar a Nabieva pela Sidorova ou Yulia inshina!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Sidorova acabou de ter um ACL e a Inshina nunca foi grande coisa...

        Excluir
    24. Acho Komova extremamente tecnica,mas para ser um atleta completo tem que ter psicologico forte e Komova não tem.Mustafina ao contrario não tem as mesmas tecnicas mas compensa em muita concentração e foco.Por esses motivos acho que Mustafina vai continuar a reinar...se não ouver outra lesão(se Deus permitir não vai!! EU ENFARTARIA) até os jogos do Rio.

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.