• Futuro de Alexandrov no Brasil ainda é incerto


    Ao que parece, as negociações de Alexander Alexandrov com o COB, com o intuito de contratá-lo como treinador chefe da seleção de ginástica artística feminina do Brasil, não foram concretizadas. Não conseguiram fechar o financeiro por questões burocráticas. A espera mais otimista é que consigam trazê-lo dentro de 6 meses.

    Triste, né? O Brasil deveria estar investindo em um treinador chefe para a seleção, no mínimo, desde quando vencemos a votação para sermos sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

    Impressionante como a Federação do Paraná conseguiu, junto de seus parceiros, contratar o renomado Oleg Ostapenko num piscar de olhos! Enquanto isso, o COB, com toda a organização que um órgão máximo do esporte de um país deve ter, não consegue agilizar questões que beneficiariam uma Olimpíada que, literalmente, bate na nossa porta.

    Só acredito que Alexadrov será o novo técnico do Brasil quando seu nome aparecer listado oficialmente na Confederação Brasileira de Ginástica. Até isso acontecer, torço para que as nossas promissoras juvenis não sofram com o sufoco da classificação olímpica, assim como foi no ciclo olímpico passado.
  • You might also like

    11 comentários:

    1. Que inferno, to mto puto, sem esperança

      ResponderExcluir
    2. Se tiver CBG no meio, vai brecar. Oh gente mão de vaca.

      ResponderExcluir
    3. Seria legal contratar um treinador de renome que ajudou na formação de tantas campeãs nos últimos anos como o Alexandrov, porém tenho minhas dúvidas se é o melhor investimento a ser feito tendo em vista o cenário da ginástica brasileira (dotado de poucos centros de treinamento, bem como de treinadores e ginastas com os mais diferentes níveis variando entre a excelência e a dificuldade de lidar com exercícios de base). Não vou taxar diretamente clubes como bons ou ruins, mas quem acompanha a ginástica daqui sabe muito bem quais são, não é preciso ser treinador ou atleta para constatar que há estruturas razoáveis em estados como RJ e PR e que também há um esforço grande de estados como RS, SP e MG para contribuir na produção de talentos. Por outro lado, esquece-se que há carência de estrutura em mais de vinte estados e que o dinheiro o qual poderia ser gasto na contratação de apenas um treinador (que reconheço que é ótimo), poderia ser empregado na capacitação de treinadores daqui ou na contratação de treindores internacionais de menor renome (romenos, ucranianos, chineses e até mesmo outros treinadores russos poderiam aceitar propostas mais modestas).

      ResponderExcluir
    4. eu sabia que ele iria cobrar caro, tenho certeza que e por causa disso que ele não foi contratado!
      se o Brasil quer fazer bonito nas olimpíadas de 2016, ele tem de ser contratado, mas se quer continuar com esses resultados vergonhosos deixem a Irina a frente da Seleção.

      ResponderExcluir
    5. Enquanto a múmia parasita do Nuzman continuar no COB é isso que teremos.... Triste.
      O COB Tinha que ter abocanhado o Belu e a Bitang quando eles estavam de "Folga" em 2006 a 2008.

      ResponderExcluir
    6. Notícias da Rússia !!

      Uma das primeiras entrevistas com o novo técnico da seleção russa

      " Esta temporada vai ser muito difícil para a equipe nacional russa. A maioria dos medalhistas olímpicos vão descansar. Por exemplo, várias ginastas norte americanas não vão competir este ano. Algumas delas estão com lesões. Na nossa situação, não podemos substituir a equipe. As nossas ginastas terão que competir."

      http://rewritingrussiangymnastics.blogspot.co.uk/2013/02/evgeny-grebenkin-we-cannot-replace.html

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. "As nossas ginastas (as russas) terão que competir."

        Isso prova que os EUA estão por cima da carne seca.

        Mas vale lembrar que ROSS e MARONEY já voltaram aos treinos e objetivam competir ainda este ano.

        DOUGLAS ano que vem assim como, RAISMAN.

        Já WIEBER[.....] (dessa não se tem informação sobre seus planos e não me admiraria se ela largar a ginástica competitiva e ir pro NCAA)

        Excluir
    7. A diferença entre o projeto da Federação do Paraná que contratou o Oleg, é que lá a grana veio da iniciativa privada. Com a CBG é diferente, se o dinheiro provém de verba pública, tem que haver todo um trâmite legal, por exemplo, numa licitação pra contratação de profissional terá que ser feita toda uma escolha entre vários treinadores pra ver quem oferece a melhor qualidade com o menor preço, sem falar q a legislação privilegia profissionais que sejam do país e não de fora.. e tudo isso dificulta... E a lei não pode ser deixada de lado, sob pena de responsabilização, a CBG é obrigada a cumprir como qualquer instituição que utilize verba pública. Olha aí a copa do mundo, nem os estádios para o evento tão entregando a tempo (isso porque são obrigatórios para que a Copa exista neh), quanto mais investimento nos atletas.. Cabe as pessoas da iniciativa privada, que tenham um pouquinho de dinheiro a mais, investir no esporte. Porque o governo mesmo sempre tem outras prioridades (saúde, educação, dinheiro na cueca rsrs).

      ResponderExcluir
    8. PARA OS Q NÃO SABEM : Oleg foi contratado pq sua esposa queria ficar no Brasil e não ter voltado para sua terra natal quando acabou o período que eles estavam aqui. Fez grande amizade com a Sra. Eliane Martins e sempre prezou muito a Iryna. Mantiveram contato e começaram a pensar em trazê-la somente para ajudar nas coreografias das atletas. Mas como Oleg começou a dizer que voltaria tb; então simplesmente começaram a fazer seus contatos e conseguiram trazê-lo de volta. Esses foram os fatos! Esperteza? Talvez; afinal são duas as águias lá dentro que podem estragar muitas atletas; mas tb sabem negociar e conseguir patrocínios quando realmente querem! TUDO para não se aposentarem da ginástica e ficarem fazendo tricôt em casa.rsrs!! (Eliane e Vicélia)

      ResponderExcluir
    9. Aparentemente Jesus Carballo tbm está disponível. É um bom treinador (vide Gomez, Moreno, Gener,Izurieta,etc.). Seria uma boa opção já que a barreira da linguagem seria bem menor e ele ainda serviria para ajudar na seleção masculina já que ajudou na formação dos seus filhos que foram ótimos ginastas.

      ResponderExcluir
    10. I truly like to reading your post. Thank you so much for taking the time to share such a nice information.


      Gym in Panchkula

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.