• Denúncias de abuso sexual contra Jesus Carballo são consideradas verídicas



    No último mês de fevereiro, o Conselho Superior de Esportes decidiu desqualificar Jesus Carballo de sua função, treinador da equipe espanhola de ginástica artística feminina, até ao esclarecimento de uma queixa de uma ex-ginasta, acusando-o de abusar dela quando ela era menor de idade. Agora, como registrado hoje no jornal espanhol El País, a polícia confirmou que os fatos, que remetem aos anos setenta e oitenta, são considerados "completamente verdadeiros".

    "Carballo arruinou minha vida. Sofro as consequências do abuso ainda hoje. Na sala verde - uma dependência do ginásio - está todos os meus pesadelos", disse uma das mulheres que denunciou o ex-treinador, acrescentando que até o ano passado não foi capaz de falar sobre isso, e que "todos esses anos eu pensei que em algum momento da minha vida, ele iria me pedir desculpas. Hoje eu já não penso assim."

    Em seu depoimento à polícia, ela detalhou os abuso e agressões sexuais que supostamente foi submetida dos 12 aos 15 anos, e que aconteceram "em treinamentos, hotéis, concentrações e ainda no veículo do técnico. "

    "Ele me disse que era o meu pai, e eu passei mais tempo com ele do que com minha família. Havia uma mistura de sentimentos: admirava ele, o amava, mas estava apavorada e eu fui forçada a suportar as coisas", mesmo sentimento compartilhado por outras ex-ginastas. "Algumas eram emocionalmente ligadas a Carballo, brigavam para se sentar com ele no carro, para estar sempre perto dele. Ele tem o dom da manipulação. Foi uma atmosfera de amor avassalador e um medo real, ao mesmo tempo."

    Outra denúncia relata como "antes dos Jogos de Moscou, na concentração, ele veio á noite para o nosso quarto, fez uma massagem nas costas para me liberar das tensões da competição, como nas outras noites. Depois, ele não saiu do quarto e o vi na cama ao lado. Eu fiquei paralisada!  Fechei os olhos e fingi estar dormindo. Era tão difícil que nunca nos atrevemos a falar sobre isso uma com as outras. "

    Até o ano passado, depois de anos e anos sem se atrever a falar sobre o assunto, as ginastas, agora adultas, começaram a abordar a questão de forma clara. "Nós percebemos que não éramos as únicas vítimas, e que ginastas de várias gerações sofreram abusos. Entramos em pânico porque pensamos que talvez isso estava acontecendo, e decidimos procurar a ajuda da polícia."

    Há 14 testemunhos que apontam "episódios de tratamento vexatório, humilhação, insultos de Jesus Carballo ás ginastas e abuso sexual de menores" que podem resultar na prisão do ex-treinador.


    O abuso sexual infantil é prescrito na Espanha depois de 20 anos, desde que a vítima atinge a maioridade, e agora a polícia pode não ter encontrado "evidências suficientes" que o treinador abusou outras ginastas nos últimos tempos, embora a hipótese não esteja descartada. O problema, claro, é que dois dos ginastas dizem que já denunciaram estas situações nos anos oitenta mas nenhuma reclamação teve consequências, isso porque ele era uma pessoa que monopolizou o mundo da ginástica espanhola.

    Agora, com o relatório policial que expôs o processo, tanto os atletas quanto o Conselho de Esportes decidiram recorrer ao Tribunal de Madrid.

    Fonte: http://www.libertaddigital.com/deportes/mas-deporte/2013-05-20/una-de-las-gimnastas-que-denuncio-a-carballo-por-abuso-sexual-me-destrozo-la-vida-1276490587/

  • You might also like

    3 comentários:

    1. Que porco nojento, para um ser desumano desses deveria haver pena de morte! Coitadas dessas pobres meninas, além de terem de enfrentar os difíceis treinamentos da ginástica ainda são obrigadas a passarem por isso? E pior, caladas!Que constrangedor!

      ResponderExcluir
    2. Concordo com o comentário acima. ele tem que ser condenado, preso e pagar pelo que fez.

      Este é um tema muito polêmico no mundo da ginástica, pois estes problemas ocorrem ainda hoje em dia (na ginástica moderna)e são um Tabu. Espero que um dia Marta e Bela Karoly paguem pelo que fizeram e sabe-se lá o que ainda fazem com suas atletas.

      Os temas: abuso moral, humilhaçoes, manipulação de pessoas e diversos outros abusos são tão polêmicos, pois ocorrem ainda hoje na ginástica mundial, inclusive na ginastica brasileira. As pessoas, no entanto, preferem tapar os olhos.

      As ginastas não mentem. Na maioria absoluta das vezes elas não mentem. Mas como são crianças (menores de idade) as pessoas dizem que é imaturidade. Então elas ficam assim, à mercé da sorte e carregando problemas psicológicos por toda a vida....

      ResponderExcluir
    3. Meus Deus, que triste, em pensar que foi o treinador da grande Patrícia Moreno, medalhista de bronze em atenas... Trsite, muito triste! E sim, ELE TEM QUE PAGAR PELO O QUE FEZ! ESPERO QUE A JUSTIÇA ESPANHOLA SEJA EFICAZ!!!

      Rafael.L.O.

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.