• Ginastas do CEGIN conquistam 5 medalhas na Rússia


    As ginastas Mariana Valentim, Tamires Veiga e Raquel Silva conquistaram ótimos resultados na Dityatin Cup 2013, campeonato que acontece em São Petesburgo, na Rússia, em homenagem a Alexander Nikolaievich Dityatin, ginasta russo dono de 10 medalhas em Jogos Olímpicos e primeiro homem a tirar uma nota 10 em Olimpíadas. Como havia postado aqui no blog, as ginastas do CEGIN participaram dessa competição, que aconteceu esse fim de semana.

    Nas classificatórias, as ginastas já mostraram bom potencial: as brasileiras se classificaram para todas as finais! Tamires da Veiga, que competiu na categoria juvenil, conquistou vaga em todos aparelhos: quinta na paralela e no salto, quarta na trave e sexta no solo. Já Raquel Silva ficou em primeiro na paralela, quinta na trave e quarta no solo, ficando fora apenas da final do salto. Na categoria adulta, Mariana Valentin garantiu vaga nas finais de três aparelhos: quarto na trave, quinto no solo e sétimo na paralela.

    O grande destaque das finais foi a ginasta Tamires Veiga. 
    Veiga subiu no lugar mais alto do pódio na disputa de trave, foi prata no individual geral e conquistou duas medalhas de bronze, uma no solo e outra no salto. Na trave ela conquistou a nota de 13.325, deixando a bielorrussa Aliaksandr Koshaleva em segundo, com 13.275, e a russa Elena Eremina em terceiro, com 13.025. A brasileira Raquel Silva somou 12.050 e subiu uma posição da classificatória, terminando a final em quarto lugar.

    Mariana Valentim somou 10,625 no solo, e terminou a competição na terceira colocação. Com isso, o Brasil fechou a participação na competição com um total de 5 medalhas. Vale lembrar que haviam 17 países competindo! Os resultados refletem o investimento pesado que está sendo feito pela Federação Paranaense de Ginástica (e seus patrocinadores) na ginástica artística feminina do estado.
  • You might also like

    8 comentários:

    1. ginastas conseguiram ,HAHAHA tamires conseguiu sozinha 4 medalhas e a outra que nem devo considerar pois tirou 10.632 sei lá alguma coisa no solo e vi que foi uma competição fraca.Parabéns tamires continue melhorando e as restantes treinar bastante para melhorar , queria ver os videos ???????????

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Devo dizer que a nova Nádia COMMANECCI SE CHAMA RAQUEL SILVA.
        Está no Cegin a dois meses tem 12 anos, é a atual campeã brasileira nas assimetricas.Na Rússia, foi para final em 1° nas assimétricas e, se classificou entre as cinco melhores no solo e trave. Por ser seu primeiro campeonato internacional, mostrou personalidade e não tremeu. Esta será com certeza o novo fenômeno da ginástica mundial.

        Excluir
    2. Não devemos levar em conta apenas as colocações e medalhas que elas conquistaram, e sim o mais importante, as notas, que a proposito foram baixas!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. A nota da Mariana certamente foi muito baixa, mas as notas da Tamires foram bem boas, todas acima dos 13 pontos. Praticamente as mesmas notas que a equipe adulta (na média) no evento teste onde conseguiram a última vaga pra Londres.
        PARABÉNS TAMIRES!!!

        Excluir
    3. Sei não, mas ou os resultados foram divulgados errados pela organização russa ou o erro está com a imprensa brasileira...Nos resultados constam que Mariana Valentin ficou com o bronze nas paralelas, com essa nota de 10,625... No solo ela ficou em 4° com 12,400...

      Link com os resultados: http://www.gymnasticsresults.com/2013/eu/rus/dityatincup/wagefsen.pdf

      ResponderExcluir
    4. A Raquel Silva classificou-se na frente das mais experientes no solo... e muito de perto na trave... nas assimétricas até da para entender afinal ela é campeã brasileira ma idade 2012. Por ser sua primeira experiência internacional tá bom demais.... quem tem que treinar mesmo são as outras, afinal todo este investimento tem menos de 60 dias na pequena! Processo RELAMPAGO né!!!!! o Brasil tem muito que aprender com os Russos!... "OU NÃO"?

      ResponderExcluir
    5. Por ser na Rússia, achei as notas bem baixas, gostaria de ver o nível dessa competição.Será que vão postar algum vídeo?

      ResponderExcluir
    6. Marque bem esse nome: Raquel Silva.
      Raquel Silva segundo os grandes especialistas em ginástica: É uma mistura de Habilidade, inteligência, aprendizado rápido, muita força e explosão muscular e muito carismática.
      A Raquel Silva se destaca nas paralelas assimétricas muito afrente das outras, e é muito boa nos outros aparelhos. Penso que num futuro próximo será a ginasta mais completa desse país. Fique de olho.

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.