• O que a ginástica reserva para 2014? - Parte 3


    Terceira parte da série "O que a ginástica reserva para 2014".

    ROMÊNIA

    Andreea Munteanu 

    Sem sombra de dúvidas a mais aguardada entre as estreantes romenas para 2014, e deve ser essencial para a equipe que disputará o Mundial na China. Munteanu já mostra excelente potencial na trave e no solo, e tem apresentado séries de alto grau de dificuldade com muita precisão. É uma das poucas juvenis da Romênia a saltar Yurchenko com dupla pirueta, conseguindo assim destaque no individual geral. A atleta, que treina em Izvorani ao lado de outras 17 meninas, todas elegíveis para a Olimpíada do Rio, foi o principal desfalque da seleção que representou o país no EYOF por conta de uma lesão.



    Silvia Zarzu

    Essa pequena ginasta nascida em Onesti é uma das mais talentosas juvenis romenas em preparação para 2016, e tem o solo como seu melhor aparelho. Representou a seleção pela primeira vez em uma grande competição no ano passado, durante o Europeu Júnior disputado em Bruxelas, sendo segunda colocada em sua especialidade e terceira por equipe. Em 2013 conquistou dois bronzes no EYOF, nas mesmas finais do ano anterior.



    Diana Teodoru

    É a menos conhecida entre as 3 debutantes escolhidas, mas vem alcançando bons resultados nacionais e mostrando evolução considerável em todos os aparelhos. Destaca-se nas provas de solo e barras, com ótima execução. Para o ano que vem, suas metas devem ser aumentar as notas de dificuldade e fixar alguns elementos na trave.



    Sandra Izbasa

    Sandra ameaçou terminar sua carreira depois dos Jogos Olímpicos mas, depois de uma longa pausa, decidiu voltar e competir o Mundial esse ano. Infelizmente errou na final mais uma vez e ficou fora do pódio. Izbasa com certeza era a favorita ao ouro (pelo menos dos fãs de ginástica), e poderia ter sido campeã sem executar a sequência acrobática de dupla pirueta e meia + pirueta na última passada, onde teve a queda. Independente do resultado, Izbasa traz beleza e simpatia aliadas às grandes dificuldades sempre que compete. Por isso fica a nossa torcida para que Izbasa esteja de volta aos treinos no ano que vem. Se isso acontecer, com certeza fará parte da equipe romena que disputará o Mundial.



    Diana Bulimar

    É uma das meninas dos olhos de Octavian Belu para o Mundial do ano que vem. Sendo extremamente regular em execução, dificuldade e consistência em todos os aparelhos, Bulimar é a segunda melhor "all arounder" da equipe, perdendo apenas para Larisa Iordache. Seu salto evoluiu de maneira fantástica nos últimos meses. Sua série de barras não tem uma execução muito correta nos voos, mas a ginasta apresenta execução bastante eficiente para uma romena. Na trave, Diana é um exemplo de consistência, sendo presença garantida nesse aparelho durante a final por equipes do Mundial (caso consiga se livrar das lesões dessa vez, fato que acabou não ocorrendo em 2013). Sua série é composta por um flic + mortal esticado e uma belíssima saída de duplo carpado em combinação com dois elementos em cima do aparelho, o que faz sua nota de dificuldade chegar a até 6.0 caso ela faça sua série mais difícil. Bulimar consegue ser ainda melhor no solo, onde suas aterrissagens perfeitas praticamente sempre são um show a parte. A ginasta começa a apresentação como um altíssimo duplo mortal esticado, sendo que em treinos ela apresenta ele com uma pirueta a mais (valor H), além de realizar um salto ginástico de valor D que leva seu nome: uma cortada lateral com pirueta! Com tudo que sabe, Bulimar alcança facilmente a marca dos 6 pontos de dificuldade nesse aparelho. Resumindo a questão toda: Diana Bulimar é uma ginasta fundamental em todos os aparelhos para a disputa da medalha por equipes para a Romênia no Mundial de 2014.



    Larisa Iordache

    Da mesma forma que aconteceu nas Olimpíadas, Iordache não conseguiu conquistar os resultados esperados no Mundial desse ano. Apesar disso, a ginasta terminou o ano muito bem: foi prata no individual geral da Copa do Mundo de Stuttgart e ouro no individual geral da Copa do Mundo de Glasgow. Iordache tem um "all around" muito bom, onde sua nota de partida mais baixa é no salto, onde consegue 5.8 num yurchencko com dupla pirueta. Tem uma paralela ótima para uma romena, e seu solo e trave excepcionais. Ouso dizer que Iordache tem a melhor série de trave do ciclo, o que é bom e ruim para a ginasta. Bom porque, se ela acerta a série, provavelmente é a campeã, como aconteceu em Massilia quando tirou 15.633. Ruim porque a série é muito arriscada, e isso pode comprometer uma medalha, como já aconteceu algumas vezes, tanto nas finais por aparelhos como nas classificatórias e finais de individual geral. Apesar de estar sem treinar com Octavian Bellu e sua mulher, Iordache não perdeu o ritmo e, mantendo o nível que já tem, será a principal ginasta da equipe romena nas competições do ano que vem.



    Stefania Stanila

    Stanila foi uma ginasta bastante promissora enquanto juvenil mas que caiu bastante de rendimento após ter virado adulta, provavelmente por conta de lesões. A atleta que já chegou a competir com dupla e meia + pirueta e tripla pirueta na mesma série de solo, hoje tem dificuldades pra controlar as aterrissagens com uma série acrobaticamente mais simples. Stanila já chegou a apresentar um yurchenko com dupla pirueta no salto com execução ruim, mas seu salto oficial é um bom yurchenko com pirueta. Na trave foi onde ela já conseguiu surpreender mais até hoje, mostrando elementos bastante interessantes em séries distintas: flic + mortal grupado com pirueta, rondante + mortal esticado, salto cortada + mortal lateral. Caso fixe sua consistência nesse aparelho e realize todas as sequências que sabe, Stefania pode ajudar sua equipe em uma provável final. As barras costumam ser seu aparelho mais fraco. Isso se deve a graves problemas de flexão de joelhos em giros gigantes e lançamentos com parada de mãos insuficiente.



    Anamaria Ocolisan

    É uma das romenas adultas menos conhecidas da atual geração, mas que tem boas chances integrar a equipe do ano que vem devido o seu salto: um yurchenko com dupla pirueta muito bom. Sua série de barras é bem básica, tendo como maior nota D apresentada até hoje um humilde 5.1 (com saída de duplo carpado), mas devido a sua polidez nos giros e limpeza na posição dos braços nas retomadas, Ocolisan tem potencial pra apresentar algo bastante sólido e talvez mais difícil nesse aparelho, o que auxiliaria bastante a equipe romena por se tratar do aparelho mais fraco entre as ginastas dessa nação. No solo, Anamaria tem uma série de dificuldade mediana, com tripla pirueta de entrada e dupla e meia bate mortal de segunda passada. Trave é o seu aparelho mais fraco devido a falta de firmeza e pouca dificuldade, apesar de realizar um rondante + mortal esticado muito bom.



    Texto de Bernardo Abdo, Stephan Nogueira e Cedrick Willian.
    Foto: Thomas Schreyer

    Esse é o terceiro texto de 2013 da série " O que a ginástica reserva". Todo fim de ano faremos postagens sobre os maiores nomes que competirão no ano seguinte. O último texto será exclusivamente escrito sobre ginastas do Brasil.
  • You might also like

    24 comentários:

    1. Cedrik arrasa !!!! Na espera pelo post das chinesas e brasileiras (mais aguardado)

      ResponderExcluir
    2. a Jurca é pra 2015?

      ResponderExcluir
    3. Andreea Munteanu ! Essa menina vai arrebentar ano que vem! e bom Larissa ficar esperar, porque essa garota vem com tudo, e tem uma trave difícil e consistente.

      Fico feliz por estarem surgindo mais talentos Romenos, e pelo que percebi essas meninas tem potencial para brilhar internacionalmente.

      Ansioso por uma postagem sobre o Brasil!! será que temos novos talentos pra ano que vem?

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Depois de tudo que eu ví até agora das nossas ginastas, a equipe brasileira seria formada assim:

        Salto: Leticia Costa, Isabelle Retamiro e Mariana Oliveira.
        Assimétricas: Lorrane dos Santos, Leticia Costa e Juliana Santos.
        Trave: Isabelle Retamiro, Juliana Santos e Mariana Oliveira.
        Solo: Leticia Costa, Mariana Oliveira e Lorrane dos Santos.

        Leticia Costa: VT / UB / BB / FX
        Mariana Oliveira: VT / UB / BB / FX
        Lorrane dos Santos: VT / UB / FX
        Isabelle Retamiro: VT / BB / FX
        Juliana Santos: UB / BB

        Excluir
      2. Em mundiais ainda é permitido levar seis ginastas.
        A equipe que você escolheu é boa, mas duvido muito que Jade, Adrian e Daniele fiquem fora da equipe se estiverem saudáveis tanto por possuírem séries mais competitivas internacionalmente quanto pela experiência.
        Todo o início de ano é a mesma coisa, o pessoal aposta demais nas novatas, elas perdem para a Daniele nos campeonatos brasileiros e ela acaba ficando com a vaga (não sou fã dela, apenas estou constatando o que se repete desde 2003).
        Lorrane e Mariana já possuem séries fortes e ainda podem melhorar muito. Na minha opinião serão as duas melhores AA do Brasil no mundial. Já as demais acho difícil serem selecionadas.

        Excluir
      3. Acho muito difícil a Juliana Santos ser convocada pro mundial, a não ser que outras veteranas estejam lesionadas.
        Certeza que Jade, Daniele e Adrian estarão na equipe. Mariana, Lorrane e Léticia devem ser as outras escolhidas.

        Excluir
    4. ansioso para ver as promessas chinesas e as veteranas q vao ao mundial do ano que vem.

      Mathews

      ResponderExcluir
    5. *ERRATA: Esse é o terceiro texto: O primeiro foi sobre as estadunidenses e o segundo sobre as russas.

      Maravilhoso o post !!

      Torço para que as romenas continuem no TOP 03, elas possuem um histórico de "ressurgir das cinzas".

      ResponderExcluir
    6. ESQUECEU ANDREA IRODIN ELA E OTIMA NAS BARRAS TRAVE

      ResponderExcluir
    7. Essas aí são as rainhas da ginástica

      Romênia reúne o que a Rússia e EUA tem de mais fortes, graça e potência!!

      ResponderExcluir
    8. Fico contente pela volta de Sandra Isbasa, ela juntamente com Aliya Mustafina são as ginastas mais elegantes do momento.

      ResponderExcluir
    9. Sonho com um dia a romenia volte a ser a melhor seleção do mundo,ai meu Deus como eu amo essa seleção

      ResponderExcluir
    10. Parabéns pelo post. Faz um com as brasileiras :)

      ResponderExcluir
    11. e teve boatos que a romenia tava na pior kkkk! rai ai

      ResponderExcluir
    12. Excelente texto, Bernardo, Stephen e Cedrick!
      Muito boa essa série de matérias sobre as expectativas da ginástica para 2014, considerando cada naçåo de destaque no esporte.
      Espero que em 2014 continuem esse excelente trabalho.
      Um ótimo 2014 para todos e vida longa para esse site maravilhoso!
      Grande abraço para todos.

      ResponderExcluir
    13. CEDRIK, BELU E BITANG NÃO DEIXARAM A SELEÇÃO.
      AQUILO FOI SÓ UM BOATO IVENTADO PELA IMPRENSA ROMENA.
      ELES FORAM ATRÁS DE PATROCÍNIO E JÁ CONSEGUIRAM,

      ResponderExcluir
    14. Amo a Iordache e espero que ela possa continuar competindo sem lesao,porque na trave do mundial ela teve um leve mancamento,existe essa palavra se nao existia agora existe kkkk assim como todas treinam puxado,digo de todas as ginastas em geral, ela se lesionar e nao se recuperar a tempo, enfim. Espero que a Izbaja nao se aposente,quero um bis dela no solo de novo com outra musica. Parabens a todos do Blog acompanho a um ano e meio e sou viciado e fâ das postagens , espero que esse ano vcs possam estar postando mais, de tao empolgante que é a espera nos surpreendemos a cada materia, Feliz ano e que a GA possa ser mais difundida no Brasil e no Mundo. Abraços...Ass: Joao Batista Alves do Facebook

      ResponderExcluir
    15. Sinto falta da Ana Porgras, ela se aposentou mt cedo!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eu tbm!! Muita falta! Ginasta excelente!

        Excluir
      2. Outra ginasta excelente da Romênia que sumiu foi Steliana Nistor, essa ginasta prometia!

        Excluir
      3. a Nistor aposentou em 2008/2009 ¬¬

        Excluir
    16. Mari Oliveira operada,cotovelo e tornozelo. Vamos torcer para que se recupere logo,ela é uma das renovações mais aguardada para os próximos mundiais. Força aí Mari!!!

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.