• Campeonato Pan-Americano Juvenil de Ginástica Artística 2014 - Análise e resultados


    No último fim de semana aconteceu o Campeonato Pan-Americano de Ginástica Artística, que terminou ontem com as finais por aparelhos. O Brasil terminou a competição com um saldo positivo, principalmente no feminino.

    As meninas do Brasil não conseguiram o lugar mais alto do pódio na final por equipes feminina, mas ficaram pouquíssimos décimos atrás das canadenses, que foram as campeãs. Entretanto, nas finais por aparelhos, o Brasil levou todas as medalhas de ouro, apenas dividindo o primeiro lugar do pódio da paralela com a canadense Rose Woo. Rebeca conquistou todos os ouros dessas finais, menos no solo, que ficou com  Flávia Saraiva. Aliás, Flávia foi a surpresa da final individual geral: enquanto todos estão acostumados com a ginasta Rebeca Andrade sempre no lugar mais alto do pódio nessa final, dessa foi Flávia quem conquistou primeira colocação. Quem já viu a ginasta competir ao vivo sabe que ela não tem as séries mais difíceis nos aparelhos que precisam de explosão de perna, mas a forma como ela executa toda sua ginástica beira à perfeição. Além do ouro em todas as finais individuais e a prata por equipes, o Brasil ainda foi prata no individual geral e no solo com Rebeca Andrade, e bronze na paralela e na trave com Flávia Saraiva.

    No masculino, o Brasil também ficou com a prata na final por equipes, mas bem distante dos americanos, que ficaram folgadamente à 10 pontos de distância da equipe brasileira. O ginasta brasileiro mais completo foi Lucas Cardoso, que ficou com o bronze na final individual geral mas que não passou da casa dos 80 pontos. Ele também foi prata no solo. Gabriel Farias também conquistou duas medalhas: um bronze nas argolas e outro na barra fixa. A única medalha de ouro do Brasil foi na final de salto, onde o ginasta Luis Porto conseguiu a melhor pontuação. O desempenho da equipe masculina foi muito bom, mas um pouco distante da antiga equipe juvenil na última edição desse mesmo campeonato. Atualmente o Brasil conta com várias promessas masculinas muito talentos, mas acredito que os veteranos serão partes importantes da seleção ainda por um bom tempo.

    Os destaques da competição masculina foi, sem dúvidas, a equipe dos Estados Unidos, sobretudo o ginasta Alec Yoder, que ficou com o ouro no cavalo com alças, nas argolas e na paralela. O ginasta Martins Strech, medalha de ouro no individual geral, havia se classificado em primeiro lugar para as finais de solo, salto, argolas e paralela, e em segundo lugar para as demais finais. Por algum motivo, provavelmente uma lesão de última hora, o ginasta não competiu nas finais por aparelhos.

    Confira os resultados completos.
  • You might also like

    14 comentários:

    1. flavinha parabens vamos dificultar esse salto agora para pirueta e meia e colocar o duplo estendido que vc treina na série

      ResponderExcluir
    2. Bem nem precisa falar quem souber mande videos só achei um com a imagem ruim d mais

      ResponderExcluir
    3. Nossa, a renovação masculina está de mal a pior heim

      10 pontos de diferença para os EUA e um único ouro !! Afff

      ResponderExcluir
    4. Se alguém tiver vídeos, posta . Fiquei bem curioso pra ver a execução das meninas, principalmente a paralela da Rebeca. Teria filmado se não fosse o caminho errado que peguei pra ir ao ginásio :/ !

      ResponderExcluir
    5. Rebeca Andrade FX EF (D: 5.900 E: 8.000 T: 13.900)

      Acrobático:

      - Dublo Esticado
      - Dupla Pirueta e Meia + Pirueta (ou, talvez, Mortal Esticado, a imagem não é nítida)
      - Tripla Pirueta
      - Tsukahara Grupado

      Dança:

      - Cadete com Pirueta (ou, talvez, com Meia)
      - Triplo Giro
      - Cortada com Meia

      ResponderExcluir
    6. Rebeca Andrade FX EF (D: 5.900 E: 8.000 T: 13.900)

      Acrobático

      - Duplo Esticado
      - Dupla Pirueta e Meia + Pirueta (ou, talvez, Mortal Esticado, a imagem não é nítida)
      - Tripla Pirueta
      - Tsukahara Grupado

      Dança

      - Cadete com Pirueta (ou, talvez, com Meia)
      - Triplo Giro
      - Corta com Meia

      https://www.youtube.com/watch?v=LDDxIMGxilw

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Cadete com Pirueta e Meia, e na segunda passada foi Dupla e Meia bate Mortal Esticado.

        Excluir
      2. achava melhor a rebeca já ir treinando tripla e meia , por exemplo maroney salta tao alto que se fizer uma tripla passa do solo, se ela fizer isso acho melhora a execução, bem sei q nao é facil, mas ela consegue é forte nosolo

        Excluir
      3. Como não existe um registro melhor dessa apresentação histórica da Rebecca Andrade?

        Acho que é a primeira brasileira que termina a série com um Tsukahara Grupado!

        Excluir
      4. Concordo em gênero, número e grau. Como assim? Pequenas passadas para uma ginasta, grandes passos para a humanidade (gym brasileira). Alguém disponibilize este vídeo e os outros tmb.

        Excluir
    7. Quais os saltos que a Rebeca Andrade fez na final do salto?

      ResponderExcluir
    8. C'est ça que l'on dit au monde de la gym? Rebeca de Andrade et Flávia Saraiva les nouvelles espoires du Brésil? Elles sont parfaites. Mon Dieu....

      ResponderExcluir
    9. Simplesmente o futuro, Rebeca andrade:

      https://www.youtube.com/watch?v=QUzm5eEfN-Q

      E por dizer, não concordo com a nota de execução merecia no mínimo um 8.500!

      ResponderExcluir
    10. rebeca nao completou a tripla por isso 8 de execusao

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.