• Análise e resultados do Mundial de Ginástica Artística 2014 - Classificatórias femininas


    Terminou hoje as classificatórias femininas do Mundial de Ginástica Artística 2014. Com uma participação muito discreta, o Brasil ficou em 16º lugar e não se classificou para nenhuma final individual. A ginasta mais próxima disso foi Daniele Hypólito, que terminou na 34ª colocação no individual geral, onde se classificam para a final 24 atletas. Os Estados Unidos foi a equipe mais forte da competição, se classificando em 1º lugar para a final por equipes e classificando 2 ginastas para todas as finais, exceto paralela.

    Equipes

    Os Estados Unidos foi, de longe, a melhor equipe da competição. Terminaram a classificatória em 1º lugar, quase 5 pontos à frente da China, que ficou em 2º com 230.753. A equipe chinesa está com provas de paralelas e trave muito boas, mas está talvez com o pior solo de todos os tempos. A equipe russa, que também está bem fraca no solo, também não competiu bem na trave e se classificou em 3º. Grã-Bretanha terminou em 4º, e não foi só essa equipe que deixou a Romênia para trás: Itália e Japão também fizeram o mesmo. Somando menos que o Brasil na paralela, a equipe romena se classificou em 7º lugar. Austrália completa a final, sem a ajuda de Lauren Mitchel.

    Previsão da final por equipes

    1 - Estados Unidos
    2 - Rússia
    3 - China
    4 - Grã-Bretanha
    5 - Itália
    6 - Romênia
    7 - Japão
    8 - Austrália

    Resultados completos: http://gymnasticsresults.com/worlds/2014/wag/teamsqual.pdf

    Individual geral

    Simone Biles vai com todas as chances de ser bicampeã mundial pela segunda vez consecutiva. É praticamente impossível tirar o ouro da ginasta, a não ser que ela erre muito. Com um erro grande na paralela e uma nota bem abaixo do que costuma tirar nesse aparelho, Biles ainda se classificou em 1º lugar, 0.700 à frente de Aliya Mustafina que ficou em 2º. Larisa Iordache é a terceira colocada quase diretamente seguida de Yao Jinnan, que não foi feliz na sua série de solo. MyKayla Skinner, por pouquíssimos centésimos, quase tirou Kyla Ross dessa final. No ano passado, Ross ficou em 2º e esse ano tem a chance de defender seu pódio novamente. Vanessa Ferrari, que voltou a executar o yurchenko com dupla pirueta, completa o ranking das 6 melhores ginastas que rodarão juntas na final. Uma surpresa de um país de pouca expressão: Ana Filipa Martins, de Portugal, se classificou para essa final. Esse provavelmente é o melhor resultado do país em um Mundial.

    Previsão

    1 - Simone Biles
    2 - Yao Jinnan
    3 - Aliya Mustafina

    Resultados completos: http://gymnasticsresults.com/worlds/2014/wag/aaqual.pdf

    Salto

    Simone Biles novamente é a primeira classificada, bem próxima de Hong Un Jong. Jong conseguiu mais nota que Biles no amanar e mas não foi bem no 2º salto. Na lista de novos exercícios que serão apresentados no Mundial está o yurchenko com tripla pirueta sugerido por Jong, que terá nota 6.8. A final de salto é a última chance que a ginasta terá para apresentá-lo, já que a Coréia do Norte não sel classificou para a final por equipes e nem a ginasta se classificou para a final individual geral. Independente desse salto, Jong tem nota de partida maior que Biles e pode ser a campeã.

    MyKayla Skinner saltou o melhor cheng de sua vida, conseguindo um 15.633 dos juízes e se classificando em 3º. Alla Sosnitskaya tirou um cheng da manga bem próximo ao Mundial e se classificou em 4º para a final. Alexa Moreno também está na final, com um tsukahara com dupla pirueta e uma reversão com pirueta e meia.

    Previsão

    1 - Hong Un Jong
    2 - Simone Biles
    3 - MyKayla Skinner

    Resultados completos: http://gymnasticsresults.com/worlds/2014/wag/q1vt2.pdf

    Paralela

    A China mostrou toda sua tradição e, se pudesse, colocaria 3 ginastas nessa final. Entretanto, as 2 melhores foram Yao Jinnan e Huang Huidan. Ambas as ginastas estiveram na final de paralela no ano passado e Huidan tem a chance de defender seu título. Ashton Locklear foi a 3ª melhor, sendo a melhor ginasta de paralela dos Estados Unidos esse ano. A final promete ser ótima: a peúltima classificada, Lisa Hill, conquistou 15.100 pontos, enquanto Yao Jinnan conquistou 15.666. A decisão na final será conquistada pelos mínimos detalhes.

    Previsão

    1 - Yao Jinnan
    2 - Huang Huidan
    3 - Ashton Locklear

    Resultados completos: http://gymnasticsresults.com/worlds/2014/wag/q2ub.pdf

    Trave

    Simone Biles em primeiro mais uma vez. Quem passa mais próximo de ultrapassá-la é Larisa Iordache, que tem a nota D um décimo abaixo de Simone. Yao Jinnan e Yawen Bai seguem logo após. Elsabeth Black acerta a série que costuma errar com frequência e também está na final. Kyla Ross, prata no ano passado, e Aliya Mustafina, campeã no passado, têm a chance de defenderem seus títulos. Asuka Teramoto completa o time das 8 melhores.

    Previsão

    1 - Larisa Iordache
    2 - Simone Biles
    3 - Yao Jinnan

    Resultados completos: http://gymnasticsresults.com/worlds/2014/wag/q3bb.pdf

    Solo

    Simone Biles tem mais um ouro praticamente garantido. A facilidade com que Simone executa acrobacias tão difíceis é incrível. Larisa Iordache é, de novo, a concorrente mais forte, mas não para o ouro. Nessa final, todas as demais ginastas disputam a prata e o bronze. Além de Iordache, MyKayla Skinner e Vanessa Ferrari também tem séries muito difíceis e disputarão o pódio.

    Investindo em elementos de dança com grande valor de dificuldade, Aliya Mustafina conseguiu uma vaga na final, em que todas as ginastas partem de 6 (Claudia Fragapane, Mustafina e Erika Fasana) ou mais, exceto a australiana Larisa Miller, que se classificou em 8º lugar com nota D 5.8. Roxana Popa é a primeira reserva do aparelho e ficou empatada com Larisa Miller, mas sua nota de execução, como critério de desempate, a deixou fora da final.

    Previsão

    1 - Simone Biles
    2 - Larisa Iordache
    3 - Vanessa Ferrari

    Resultados completos: http://gymnasticsresults.com/worlds/2014/wag/q4fx.pdf

    As finais começam amanhã a partir das 08h, com o Brasil competindo a final por equipes masculina.
  • You might also like

    23 comentários:

    1. Coitada da Popa, sempre underscored no solo, tudo bem que os saltos artísticos dela não são muito bons mas ela não tem muitos erros nas acrobacias... e a Romênia no fundo do poço e ainda mais agora sem o Bellu não quero nem ver.

      ResponderExcluir
    2. A equipe feminina do Brasil fizeram penas uma participação nesse mundial.

      Series limpas são boas de se vê, porém as series do Brasil estavam fracas no quesito dificuldade! Elas competiram bem, fizeram o papel delas! E mais uma vez não pegaram final por equipes e muito menos individual!

      E que esse mundial sirva mais uma vez de lição para os técnicos! As séries precisam ter dificuldades , execução tem que acompanha a dificuldade.

      Não e certo esperarem jade, flavia e Rebecca .... ! Todas as ginastas de élite tem que tê séries fortes.

      ResponderExcluir
    3. Acredito eu que uma prova muito fácil acaba sendo desvalorizada! E não e pontuada como deveria.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. E verdade não podemos depender só da flavia e da rebeca

        Excluir
    4. O problema do Brasil não são as ginastas e sim as séries que não estão de acordo com o código. Por exemplo:

      A trave da Mariana Oliveira:

      Reversão (D) + Salto (A) + Salto (A) +0.1 / Flick (B) + Mortal Layout / Mortal Grupado pra Frente (D) + Salto Lobo (A) +0.1 / Giro Simples (A) / Salto Cortada (C) / Mortal Grupado pra Trás (C) / Salto Anel (D) / Rondada (B) + Duplo Grupado (D)

      Acrobático: D / D / C / C
      Dança: D / C / A
      Saída: D
      Ligações: 0.2
      +Requisitos: 2.5
      NOTA D: 5.3

      Agora vamos lá, algumas mudanças e elementos novos.

      Reversão (D) + Salto Anel (D) +0.2 / Flick (B) + Mortal Layout (C) + Mortal Layout (C) +0.2 / Mortal Grupado pra Frente + Salto Lobo (A) + Salto (A) +1 / Salto Cortada com Meia (D) / Salto Cortada (C) + Mortal Grupado pra Trás (C) +1 / Rondada (B) + Duplo Grupado (D)

      Acrobático: D D C C
      Dança: D D C
      Saída: D
      Ligação: 0.6
      + Requisitos: 2.5

      -> NOTA D: 6.0 <-

      Nota de dificuldade de nível alto, que somados a uma execução mediana somariam uns 14+ e ajudaria bastante o Brasil.




      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Vejo em Mari O,uma ginasta forte,limpa e tem facilidades nas subidas. Acho que as seguidas lesões colaborou para o atraso na sua evolução. Espero q agora comece a trabalhar dificuldades, tem muito potencial para ajudar,e muito o Brasil. Mesmo assim, foi a segunda colocada dentro da equipe. Concordo plenamente com o comentário acima...Pra já...

        Excluir
      2. Me corrigindo...colaboraram...

        Excluir
      3. Obrigado por concordar anônimo. :D
        Johnny

        Excluir
    5. No passado, o Brasil chegou a ter uma equipe feminina muito forte e demorou para consolidar uma equipe masculina. Hoje a situação se inverteu: os meninos competem muito bem como equipe e pegam finais individuais, ao passo que as meninas apresentam séries fracas para fazer frente às ginastas de ponta. Uma pena que não tenhamos conseguido ficar fortes em ambas as categorias simultaneamente (e no ciclo cuja Olimpíada será no Brasil).
      Em relação às paralelas, vale lembrar que Mustafina realizou uma série "caseira" (D = 6,3) e teve a melhor nota de execução (8,866). Ela pode e deve aumentar a dificuldade nas finais.
      Muita torcida para os nossos meninos amanhã -- sinto que eles podem fazer ainda mais história!

      ResponderExcluir
    6. Biles definitivamente imbatível,só perde o ouro se errar muito,coisa que acho difícil,estou torcendo com todas minha forças para Iordache pegar a prata e acabar com essa zica de uma vez, o garotinha azarada.A china esta´maravilhosa nas paralelas e trave,o mesmo não se pode dizer do salto e solo mas tomare que pegue a prata,amo de paixão A Jinan Yao.Mas a decepção do mundial pra mim foi a Rússia,gente o que foi aquilo,eu esperando uma equipe pra brigar pelo o ouro e o que vi, uma equipe apática com erros absurdos, gente fala pra mim o que foi a Kharenkova plantando bananeira na saída da trave,chocado!!!!!! Sempre crio uma expectativa enorme sobre Mustafina mas estou começando a me desapegar daquela imagem de 2010 e me conformando que tudo passa,menos a burrice dos Rodionenkos que expulsaram o Alexandrov e agora estão pagando o preço pelo egoísmo,melhor pra nós né. Romênia está mais que na hora de contratar um técnico descente de paralelas porque o babado tá forte,perder pra Itália e Japão já é demais, o Bellu desapega por favor.Agora é sentar e apreciar o show das americanas,podem falar o que quiser delas mas elas chegam e resolvem,botam no chinelo mesmo,resultado merecido de investimentos pesados no esporte.Lady Komova deve estar aliviada de não ter sido selecionada,evitou o estresse e as rugas de preocupação,fica pro ano que vem e a Bitang deve e estar com o telefone da CATALINDA Ponor na mão pensando "e agora ligo ou não ligo" KKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!!!!!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. bicha a senhora é destruidora mesmo. kkkkk, mitou com esse comentario.

        Excluir
      2. Não se engane com esse resultado aparentemente desastroso da Romênia na classificatória. Mesmo com uma equipe meia boca as romenas conseguiram a terceira maior nota de solo (atrás de EUA e Itália), a terceira nota de salto (depois de EUA e Rússia) e a quarta nota de trave (1. China, 2. EUA, 3. Japão). O problema todo foi a paralela onde só 4 ginastas competiram (não havendo possibilidade de descarte) e a Anamaria Ocolisan tirou um 10.033 (D: 3.6; E: 6.433) e essa nota entrou pra equipe derrubando a classificação.

        Excluir
      3. mas Mustafina foi ótima. 4 finais individuais e com chances de medalhas em todas. queria mais o que? kkkkk
        uma ginasta que já está no seu segundo ciclo e continua sendo a segunda melhor senior do mundo. só "perde" mesmo pra Biles... pfvr né

        Excluir
      4. Obs: Romênia perdeu p/ o Brasil nas paralelas.. UAHSUAHSUAHUSHAUSH #ACOISATAFEIA

        Excluir
      5. Morri de rir com seu comentario, e agora e esperar para se a Coreana consegue realizar a tripla no salto

        Excluir
      6. ASHUAHSUAHSUAHSUHAUSHA ... a Kharenkova fez uma ligação nova; juntando a saída de duplo carpado com um mov. de equilíbrio.

        Excluir
    7. Uma pena a Popa ter ficado de fora, o solo dela está muito legal. E apesar de amar a facilidade com que Biles executa as acrobacias, o solo dela está longe de me agradar! Acho pior que o de Raisman.

      ResponderExcluir
    8. O que aconteceu com as meninas no solo? No salto, foram bem, a paralela fraca já era esperada, na trave foram ok, . Mas o solo, esperava mais... Até porque foram bem melhor no panamericano. Só Vi as notas, não Vi video. O q aconteceu?

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. A Mariana Oliveira e a Julie Kim tiveram 0.3 de penalização por saírem do tablado. A Letícia tirou nota de execução de 7.1.

        Excluir
      2. Se eu fosse a Letícia focaria o treino apenas 2 aparelhos.

        SALTO: Ela tem bastante altura pra tá desperdiçando num mísero Yurchenko com Pirueta, já devia tá trabalhando em um AMANAR com a potência dela.

        BARRAS: Ela tem uma das melhores séries do Brasil (quando acerta) devia montar uma série de no mínimo 6.0 de dificuldade e trabalhar mais o afastamento de pernas por que né?!

        Excluir
    9. descartando a Mustafina na final de UB? sério? ela vai fazer upgrades, gente. kkkkk acordem. vai fazer a mesma série de 2012.

      ResponderExcluir
    10. Quem viu o PT realmente esperou que as brasileiras fossem melhores. Acredito que o solo está bom, barras está no caminho (a passos de nenem), porém trave e salto precisam ser modificados URGENTEMENTE

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.