• Resultados Copa do Mundo de Ginástica Artística - Etapa de Doha - 2º dia de finais


    O Brasil fechou sua participação na Copa do Mundo de Ginástica Artística, etapa de Doha, com a conquista de mais uma medalha no 2º dia de finais. Diego Hypólito, no salto, acabou terminando na segunda posição e levou a prata. Lembrando que o ginasta havia se classificado em oitavo lugar para a final, subindo 6 posições.

    Com Diego terminando com a prata, o campeão da prova acabou sendo o armênio Artur Davtyan com dois saltos muito limpos, e o ginasta letão Vitalijs Kardasovs ficou com o bronze. O ginasta romeno Andrei Muntean teve um bom primeiro salto e era um candidato à medalha, mas acabou tendo uma queda no segundo salto e ficou em 4º.

    Na paralela, uma disputa acirrada: o ucraniano nacionalizado azerbaijano Oleg Stepko conquistou o ouro com 15.750, seguido de muito perto pelo colombiano Jossimar Calvo, com 15.725, que foi seguido por Andrei Muntean, com 15.550. Fazia algum tempo que a Romênia não conquistava um bom resultado internacional como esse.

    Depois de um show de erros de vários atletas, um bom resultado para o argentino Nicolas Cordoba na barra fixa: o ginasta foi ouro com a nota 15.250. O japonês Kasuyuki Takeda foi prata com 14.900 e o restante dos competidores foram tão mal que o americano Danell Leyva acabou sendo bronze com a nota 13.975.

    Nas finais da ginástica artística feminina, destaque para a suíça Giulia Steingruber. A ginasta já havia conquistado o ouro no salto e hoje conseguiu mais duas medalhas: ouro no solo e prata na trave. A vietnamita Thi Ha Thanh Phan conquistou um excelente resultado para seu país, terminando com o ouro na trave e a nota de 14.250. Diana Bulimar, da Romênia, ficou com o bronze. Daniele Hypólito esteve presente nessa final mas acabou tendo uma queda no aparelho, terminando na 5ª colocação com a nota 13.175.

    No solo, Laura Jurca (representante da Romênia nos Jogos Olímpicos da Juventude) ficou com a prata e a ginasta Ilaria Kaeslin fez dobradinha no pódio com sua compatriota Steingruber, terminando com o bronze.

    Confira os resultados completos: masculino e feminino.

    A próxima etapa da Copa do Mundo de Ginástica Artística acontece entre os dias 3-5 de Abril em Ljubljana, na Eslovênia, e contará com a participação brasileira de Julie Kim, Rebeca Andrade e Lorrane dos Santos no feminino; Hudson Miguel, Ângelo Assumpção, Fellipe Arakawa e Renato Oliveira no masculino.
  • You might also like

    8 comentários:

    1. Daniele caiu ?! Na final ?!

      Mentira !!!!

      ResponderExcluir
    2. Estava ansioso para vê a apresentação da Daniele, li em uma entrevista que ela iria apresentar umas melhorias na prova de trave, mas apresentou as mesmas coisas, uma ginasta experiente com essas falhas e complicado.

      Mas e início de temporada, tomara que ela se apresente bem da próxima vez.

      ResponderExcluir
    3. Duas traves bem feias das romenas, afobadas demais, e execução muito ruim. E que artística foi aquela da Jurca? Não consigo acreditar que foi a Adela Popa que coreografou isso, a música salva a série pelo menos.
      Steingruber deu um banho em todas! Nunca reparei o ótimo ritmo de trave dela. O solo também tá ótimo, parou de kikar, assim vai poder dar uma cutucada na Afanasyeva no Europeu.

      ResponderExcluir
    4. Agora sim, ansioso para ver a Rebeca em ação. Se conseguir mostrar seu potencial com certeza vai arrasar! Boa sorte para os brasileiros na Eslovênia.

      ResponderExcluir
    5. mas Lorrane dos santos não participou da etapa de doha e cottbus?tinha que colocar flávia.

      ResponderExcluir
    6. As pessoas têm uma implicância com a Daniele! Ela não chegou a cair, apoiou a mão na trave, o desconto é menor que a queda efetiva. A série é quase igual, de fato, mas ela está tentando ligar dois saltos arqueados E + C. A sequência Estrela sem mãos + cortada + mortal lateral é relativamente nova, antes ela só combinava as duas acrobacias.

      ResponderExcluir
    7. Nossa eu reconheço o esforço da Daniele, mais competir só por competir...eu acho que já deu heim.

      ResponderExcluir
    8. Já que é pra ganhar experiencia? porque não levaram as mais jovens?Flávia, Mari O, ou Milena? Por mim já sacava Lorrane que já participou da primeira etapa,sem muita visibilidade e colocaria uma das opções,Flávia,Mari ou Milena. Meu Deus! q sofrimento ver Dani competindo. Com tantos talentos na fila de espera. Será que no começo do ano já estão lesionadas ,ou fora de forma?

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.