• Termina o FIT Challenge 2015 e o Brasil fica em terceiro por equipes


    Terminou hoje o FIT Challenge 2015 com a competição por equipes. A final por equipes tinha um formato diferente do das classificatórias: cada país competiu com sua equipe juvenil e adulta, sendo que deveriam competir em cada aparelho duas juvenis e duas adultas. O Brasil não levou uma equipe juvenil e a Itália não levou uma equipe adulta: as duas equipes se juntaram na final e terminaram com o bronze com 214.800.

    O Brasil e a Itália foram os únicos países que competiram com equipe mista. Todos os outros países que competiram na final estavam com suas equipes juvenil e adulta completas. Quem levou a melhor foi a equipe alemã, que contou com boas notas das juvenis e somou 219.850. Em segundo lugar ficou a equipe do país anfitrião, a equipe belga, com 216.000, também contando com juvenis que pontuaram muito bem.

    As ginastas do Brasil fizeram um trabalho melhor nas classificatórias, onde conseguiram boas notas e mostraram uma grande evolução. A equipe foi mencionada em diversos comentários e alguns sites internacionais de ginástica, com opiniões favoráveis a boa fase que o Brasil vem passando.

    Falando em notas e fazendo um comparativo com as classificatórias, Rebeca Andrade saltou o amanar e conseguiu 15.500. Na paralela manteve a regularidade e conseguiu 14.500 (na classificatória ela conseguiu 14.600). As outras atletas que competiram foram:

    Letícia Costa no salto e solo, conseguindo 14.750 e 13.500 respectivamente;
    Julie Kim nas barras assimétricas, conseguindo 12.150;
    Flávia Saraiva na trave e solo, conseguindo 13.750 e 13.800 respectivamente.

    A meta agora é chegar bem no Pan-Americano. Se conseguirem repetir o resultado das classificatórias do FIT Challenge, podemos ter certeza que será uma grande conquista. Provavelmente será essa a equipe que competirá no Pan e, com Jade Barbosa adicionada ao grupo, pode ser essa equipe que irá disputar o Mundial.

    Confira os resultados completos: Final por equipes FIT Challenge 2015

    Texto de Cedrick Willian
  • You might also like

    9 comentários:

    1. O que me preocupada e a irregularidade das Brasileiras,no primeiro dia não foi bem no salto, refugou e ficou com a media abaixo de 14.000, por outro lado foi muito bem nas Barras e no solo, já no segundo dia a nota do solo despencou, e no salto mostrou boa evolução.

      Flavia Lopez com uma serie de trave que da dor de cabeça a quem assisti, ligações muito difíceis que em uma competição fica praticamente impossível de realizar.

      Letícia esta de parabéns, não tenho o que falar, mas no geral elas mostram que PSICOLOGICAMENTE NÃO ESTÃO PRONTAS, CADE A CONSISTÊNCIA ? UM DIA ACERTA OUTRO ERRA, AI FICA DIFÍCIL NÉ.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Elas estão realizando/testando séries novas por isso a inconsistência. A meu ver elas estão relativamente bem.

        Excluir
    2. Nossa! ta na cara que é a equipe de seus sonhos. Aliás,sonho de que a equipe seja toda do rio. Vamos aguardar?

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Não sou carioca e não vejo problema da equipe toda ser do Rio. Infelizmente a ginástica está muito concentrada em alguns pontos do Brasil, e as que estão treinando no Rio tiveram uma evolução considerável com relação às demais.

        Excluir
    3. Essas meninas mostrarão que brincando, isto é, sem muito esforço (sem abusar das dificultades, pois todo trabalho exige esforço) conseguem tirar 221 pontos. Isso significa sexto lugar no mundial passado. Na hora do sério, mundial, elas vão mandar ver. Erros e quedas acontecem, e vai acontecer com todos até a temida USA erra, tanto é q nas últimas olimpiadas as favoritas ao ouro no salto ganharão bronze. O recado para mim da dado, por mais desastroso que possa ser a apresentação do Brasil menos de 220 pontos a gente não tira. Acredito q Jade e Lorrane vão ajudar o Brasil a mandar ver no mundial. Considerando que estamos no meio da temporada, ainda, e que nossas meninas estarão livres de lesões, arrisco a dizer que no mínimo vamos brigar pelo bronze por equipes no mundial. Os pessimistas que se cuidem e parem de falar abobrinhas pois a nossa equipe está renascendo. Alguém sabe a onde encontrar o vídeo da UB da Rebeca?

      ResponderExcluir
    4. A Rebeca faz esse lindo Amanar e o Brasil termina com bronze por causa das italianas!
      https://www.youtube.com/watch?v=IrFoyFgqYQ0

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. alguém me explica por favor a conexão de saltos em sequência que ela faz no solo...
        por que existe essa ligação, se para bonificar precisaria de saltos mais difíceis? ela estaria treinando alguma conexão mais complexa?

        Excluir
    5. Ela realizou um Strug + Popa. Não há bonificação em ligação de saltos de dança, somente entre giros. Ela realizou em sequência apenas para cumprir a exigência de ligação entre 2 saltos, que também pode ser feita de maneira indireta.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. pensei que pudesse haver da mesma forma que com giros...
        bom, talvez seja uma forma de evitar descontos de execução em alguma aterrissagem inadequada! não consigo ver de outra forma...

        Excluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.