• Aliya Mustafina é cortada do Mundial


    Afastada da Russian Cup por dores nas costas, a ginasta Aliya Mustafina também ficará fora do Mundial. De acordo com uma entrevista recente, Valentina Rodionenko havia dito que era possível que a ginasta se recuperasse a tempo de competir em Glasgow, fato que não se confirmou com a nova decisão.

    "Não posso dizer que é uma lesão séria, mas a dor tem me incomodado por um tempo. Quando estou sem treinar a dor some, mas quando treino, a dor volta", disse Mustafina, que está com as costas muito doloridas.

    A ginasta não quis comentar sobre o futuro na ginástica, alegando que este é muito instável: "Não posso adivinhar as coisas com antecedência. Hoje me sinto de um jeito e amanhã posso me sentir completamente diferente".

    Mesmo sem Mustafina a equipe russa não terá problemas para se classificar para os Jogos Olímpicos. Segundo os resultados atuais da Russian Cup, o país se classificará para a final por equipes no Mundial, garantindo a classificação olímpica e ainda com grandes chances de conquistar uma medalha.

    Post de Cedrick Willian

    Fonte: Sport Gym Russia
    Foto: Ivan Carvalho
  • You might also like

    9 comentários:

    1. Mustafina fora, Komova quase fora e Spiridonova vencendo o nacional. Como piorar? Façam reza braba!

      ResponderExcluir
    2. É melhor ela não ir para o mundial e se preparar de maneira tranquila para as Olimpíadas.

      ResponderExcluir
    3. Eu to de cara com a Paseka. Ela melhorou demais. Vcs viram o UB dela? Gente!!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Com uma trave ela seria a campeã do AA! Ela e a Ksenia são nomes certos pra mim...

        Excluir
    4. Mundial sem Mustafina pra mim perde um pouco do brilho,sou apaixonado por esta ginasta ,tomara que se recupere pra olimpíada e nos brinde com sua graça e talento.A equipe russa está boa principalmente nas barras,como de costume,se conseguirem se manter sob pressão com certeza levarão a prata,pois as americanas estão ainda mais intocáveis este ano,claro falando somente da competição por equipes.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Também acho. Esperei o ano todo para ver esse talento brilhar no .undial. Duro, agora, vai ter que ver a dobradinha das robôs sem brilho no podium. Porque por mais fortes que as gi astas russas sejam, não sei porque os juízes preferem aqueles movimentos friamente calculados das estadunidenses.

        Excluir
      2. Sou fã da Rússia, mas quanto à superioridade dos EUA não há o que discutir - as americanas têm dificuldade de sobra, limpeza técnica e uma consistência com a qual as outras equipes atualmente só podem sonhar. Fazer o quê? Não há dúvida de os EUA merecem o que vem conquistando. É quase certo que as americanas vão ganhar quase tudo no feminino ano que vem na olimpíada; com exceção da trave e das barras, vão deixar Romênia, Rússia e China brigarem pelas "sobras" nas demais finais. É claro que a gente sabe como é a ginástica, né? Mas pelo andar da carruagem acho que pouca coisa pode se desviar desse roteiro.

        Larissa- SP

        Excluir
      3. Na verdade, as americanas destruíram o conceito de ginástica "artística". Não se vê mais originalidade e personalidade nas séries, mas apenas uma preocupação em socar dificuldade atrás de dificuldade para alavancar a nota final.

        Excluir
    5. Li em um site Russo que ela poderá tinha "redecidido" e poderá participar sim hahah uhu!

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.