• Quais as chances da seleção feminina do Brasil em Glasgow?


    O futuro da seleção feminina era brilhante! Enfim uma renovação de peso chegando. Rebeca Andrade, Milena Theodoro, Julie Kim, Flávia Saraiva e várias outras se tornaram seniores nesse ciclo. Mas, na hora "H", o plano quase vai por água abaixo... As lesões tomaram conta da nossa renovação e as esperanças no Mundial mais importante do ciclo continuam de pé. Afinal, o que pode acontecer no fim do mês?

    Claro que a situação com Rebeca Andrade seria extremamente mais fácil. Ouso dizer que a classificação por equipes era garantida. 15.750 no salto, 14.600 nas assimétricas, 14.000 na trave e 14.850 no solo são notas que nenhuma seleção do mundo dispensaria. Rebeca era o brilho do Brasil esse ano, a base da equipe, nossa melhor "all-arounder" e chances reais de medalhas individuais em dois aparelhos. Só que a equipe vai sem ela. Sem ela, sem Julie e sem Milena.

    Quais as chances da seleção feminina em Glasgow? Estamos falando de ginástica, de erros e acertos, de pequenos detalhes, de possibilidades. Com confiança e um bom desempenho, nem tudo está perdido. Assim como as nossas esperanças, a seleção feminina também continua de pé.

    Chances reais

    A equipe que viaja para Glasgow tem chances reais de terminar entre as 16 primeiras. Dessa forma conseguiria uma vaga para a repescagem no Evento Teste em abril do ano que vem, no Rio de Janeiro. Na repescagem, terminar entre as 4 melhores equipes e conseguir uma vaga nos Jogos Olímpicos é simplesmente possível, ainda mais quando a recuperação de Rebeca está previamente agendada para essa data. Para esse Mundial, a atual seleção é boa o suficiente para a conquista de uma vaga no Evento Teste.

    Individualmente, é certa a participação de Flávia Saraiva na final do individual geral. Além disso, Flávia também tem séries para uma final de trave e para terminar entre as 15 primeiras no solo. Mais uma vaga para o Brasil é garantida no individual geral, mas a dúvida é de quem seria essa vaga.

    Como ainda não saiu a "start list" do Mundial, não se sabe quais aparelhos cada ginasta irá competir. Tanto Daniele Hypólito como Lorrane dos Santos e Jade Barbosa podem ser a segunda ginasta a conseguir uma vaga na final individual geral. Dada a configuração da atual equipe é bem provável que essas sejam as que competirão em todos os aparelhos. A dúvida fica no salto, onde Daniele Hypólito pode não ser tão útil com seu yurchenko com pirueta e meia, último salto que apresentou em competições. Letícia Costa já apresentou um yurchenko com dupla pirueta em competições, enquanto Daniele e Thauany só apresentaram em treinos.

    Independente do individual geral, Daniele pode terminar entre as 15 primeiras na trave e até no solo. Suas séries estão com notas D bem competitivas, valendo boas pontuações caso acerte. Lorrane também tem um solo muito bom e pouco consistente, o que gera dúvidas quanto às suas notas finais.

    Aparentemente a equipe não terá nenhuma saltadora esse ano. Jade está voltando de lesão e não deve apresentar um segundo salto. Sem Rebeca e sem Jade, as chances de ver o Brasil sendo representado numa final de salto esse ano são praticamente nulas.

    O que pode acontecer?

    A classificação olímpica, que pode sim acontecer ainda esse ano. No último fim de semana, em um amistoso contra Alemanha e Suíça, o Brasil conseguiu pontuar 224.250 pontos. Ficou à frente da equipe alemã, concorrente direta na conquista da vaga, com uma pontuação que daria um 5º lugar no Mundial do ano passado. O terror das assimétricas parece ter ficado para trás. A nota conseguida pela equipe contou apenas com um yurchenko com dupla pirueta (Lorrane dos Santos) e com quedas e erros no solo e trave. Sem fazer uma competição perfeita, o Brasil conseguiu um ótimo somatório.

    Analisando as notas conseguidas pelas equipes concorrentes esse ano, o Brasil não pode ser ignorado como um bom candidato a uma vaga na final por equipes. Tem França, Austrália, Itália, Alemanha e Canadá como seus principais concorrentes às ultimas vagas da final. Fica a nossa torcida por uma competição inspirada e sem grandes erros. Essas últimas vagas serão decididas de acordo com a consistência de cada equipe, quem errar menos leva. Por isso não podemos contar com erros dos adversários: nossas séries estão com boas dificuldades e o que temos que fazer é acertar!

    Flávia Saraiva é a ginasta com maior possibilidade de sair com uma medalha desse Mundial, e essa medalha viria na trave. Com uma série bem forte, Flávia tem execução excelente e pode terminar entre as 3 primeiras nesse aparelho; seria a primeira medalha do Brasil na trave. Outra chance como essa aconteceu só em 2007, quando Jade se classificou para essa final no Mundial mas acabou tendo uma queda. Flávia também pode conseguir uma vaga na final de solo graças à sua performance artística que beira a perfeição.

    Outra ginasta que tem possibilidades de uma final individual é Daniele Hypólito na trave. Justamente no amistoso contra a Alemanha, Daniele acertou uma série de trave muito boa e que contou com a nova sequência de flic + layout + layout. O mortal esticado melhorou, a série teve menos pausas e parece mais dinâmica e segura. Talvez a chance de uma final de trave para a Daniele em um Mundial nunca esteve tão próxima.

    Apesar dos desfalques, temos a esperança no bom trabalho de toda a equipe e na recuperação das ginastas lesionadas no ano que vem. A classificação virá de qualquer forma e, nas Olimpíadas, as coisas podem fluir de uma forma bem melhor.

    Post de Cedrick Willian

    Foto: Ricardo Bufolin
  • You might also like

    15 comentários:

    1. Alexandre Vieira Charles14 outubro, 2015 14:19

      Daniele tirou nota 14,250 no salto (maior que a Jade na mesma competição)!

      Daniele tirou nota 14,500 na trave (apenas 0,200 abaixo da Flávia Saraiva acertando tudo)!

      Daniele tirou nota 13,700 na UB.

      Daniele errou o solo com queda, caso contrário teria ficado em segundo no AA no último amistoso.

      Dani arrasando ;)

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. E ainda pode melhorar se ela saltar DTY pode pontuar 14.7+ e no solo também pode pontuar 14.0+ e quem sabe pontuar ai uns 57.0+ se Deus quiser!

        Excluir
      2. As brasileiras executaram saltos medianos com dificuldade entre 5,0 e 5,4 por conta do mundial está próximo e tentar evitar mais una lesão que seria a perdição da é equipe femenina ,só quem executou um salto bem forte foi Lorrane dificuldade 5,8 seu DYT com resultado final 14,850 .E Até que em fim a equipe femenina consegui execução acima de 8 nas barras. Tem chance Pintando.

        Excluir
      3. Onde posso encontrar todas as notas?

        Excluir
      4. Todas as notas do amistoso estão neste link:
        http://www.dtb-online.de/portal/fileadmin/user_upload/dtb.redaktion/TK-Geraetturnen/WK-Ergebnisse/2015/LK_Dessau_WAG_Mannschaft.pdf

        Excluir
    2. Daniele pontuou bem nos jogos pan americanos. Vendo vídeos antigos, a entrada na trave da Daniele era fenomenal. Porque ela não treina àquela entrada antiga para as olimpíadas? Se Daniele voltasse a fazer a entrada antiga com sequencia acrobatica, a nota D seria bem alta.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Não farai muita diferença ela voltar fazer aquela entrada, porque o código atual não beneficia muito isso. Repare que nenhuma ginasta que foi campeã mundial ou olímpica nos últimos anos fez uma entrada difícil, quanto mais uma sequencia acrobática.
        Pra falar a verdade, a série dela atual é a que mais a beneficia. Torço muito que ela consiga ligar a estrela sem mãos e o mortal lateral, além de fazer uma saída igual a da final do Pan de 2011. Assim, ela pode sonhar com 14,800 ou até mais.

        Excluir
    3. Jade Barbosa de fato deve apresentar apenas uma dupla pirueta no salto, não faz sentido ela apresentar um segundo salto, até porque se ela fosse apresentar um segundo salto seria o Lopez, e com esses saltos ela não briga por medalhas.

      Apos a lesão com o Mustafina ela não ira arriscar de executar em competição tão sedo. O papel dela nesse mundial e ajudar a equipe, e se tudo fluir a seu favor se classificar para a final do AA.

      Flavia, tem chances em se Classificar para a final do AA, se aumentar a dificuldades do solo pegara final também, a trave e o seu melhor aparelho se acerta poderá pegar final mas não acredito que ela brigue pelo ouro mas pela prata ou bronze.

      Felipe Almeida.

      ResponderExcluir
    4. Grandes desfalques Catalina ponor fora do mundial , Alya Mustafina fora do mundial, kyla Ross fora do mundial grandes nomes fora do mundial de 2015 pôr conta de lesões. Individual geral com certeza vai estourar novos nomes vão aparecer como a brasileira flavia saraiva e a russa seda tutkhalyan .Provavelmente um dos melhores mundias pré olímpicos de rodos os tempos.

      M.lima

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Em alguns aspectos esse mundial lembra o pré-olimpico de 2011(ausência de Mustafina; presenças de Douglas e Raisman)... a diferença é que Komova não está mais em seu auge.

        Excluir
      2. melhores da historia? kkkkkkk
        você acabou de citar grandes desfalques de ginastas que são praticamente o motivo de muita gente assistir a competição

        vai ser o pré olímpico mais chato da história isso sim!!! americanas dominando tudo (ouro e prata) , sim até nas barras pq Kocian e Locklear estão vindo pra pontuar acima dos 15.500

        Excluir
      3. Locklear não está no short list americano. -_-

        Excluir
      4. Meu amor, Locklear nem foi convocada pro mundial "hello baby",e Kocian não vai passar dos 15.200, Dowell se acertar pode até sonhar com uma medalha mas não sabemos se ela entrará pra equipe né,Martha adora sacanear a menina rsrsr.Agora todo o resto as americanas vão sobrar,fato.

        Excluir
    5. Onde posso ver os videos do amistoso? Alguém pode pôr link aqui?

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Neste canal do Youtube estão postados todos os vídeos:
        https://www.youtube.com/channel/UCzO5n5bnu46kueXYan-9F4g/videos

        Excluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.