• Flávia e Daniele fazem a primeira competição do ano


    As ginastas Flávia Saraiva e Daniele Hypólito estão em Baku, no Azerbaijão, para abrir a participação do Brasil em etapas de Copa do Mundo em 2016. Flávia vai competir nas assimétricas, trave e solo enquanto Daniele compete na trave, solo e, talvez, no salto.

    Daniele entrou na competição para substituir Rebeca Andrade, que estava cotada apenas para fazer barras assimétricas. A substituição causou indagações quanto a saúde de Rebeca, que tranquilizou a todos com um post nas redes sociais dizendo que estava tudo bem e que não viajou apenas para otimizar o seu treino.

    Independente da presença da ginasta, o Brasil tem muito a mostrar. Numa competição relativamente fraca e sem um número relevante de ginastas de peso, o mais interessante de assistir realmente serão as performances das brasileiras. Faltando apenas dois meses para o Evento Teste, última chance de classificação olímpica para a nossa equipe feminina, é muito provável que a Copa do Mundo sirva para testar novas séries e elementos.

    Daniele está com nova série de barras assimétricas, que conta com duas largadas, e as chances de que ela teste a série na competição é grande. Além disso, recentemente foi vista em um vídeo postado nas redes sociais treinando uma nova entrada na trave, uma sequência de dois layouts muito segura, e que bonifica em 0.2. Se realmente for competir no salto, pode ser que seja a hora de mostrar seu yurchenko com dupla pirueta. É muito interessante para a equipe que Daniele continue treinando paralela e salto, seus aparelhos mais fracos, e dessa forma seja competitiva e auxilie a equipe caso algo inesperado aconteça.

    Flávia Saraiva também andou treinando algumas novidades, como o jaeger esticado e o van leween na paralela, além de ter várias sequências e acrobacias no solo nunca antes utilizadas em competição. Além disso, vai estrear sua nova série de solo, que conta com uma coreografia um pouco diferente da última utilizada. Há o interesse em que Flávia conquiste uma final de solo nas Olimpíadas, fato possível de acontecer, principalmente se os elementos acrobáticos saírem dos treinos e entrarem nas séries.

    Expectativas e especulações à parte, ficaremos todos de olho na competição esse fim de semana, com as classificatórias no sábado e finais no domingo. Boa sorte ao Brasil e às ginasta!

    Post de Cedrick Willian

    Foto: Divulgação
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.