• Estados Unidos domina o Pacific Rim Championships


    A delegação americana dominou o Pacific Rim Championships 2016, levando praticamente todos os ouros da competição. Dentre todos os 14 títulos possíveis, 12 ficaram com os americanos, que perderam apenas o individual geral masculino e a final de salto feminina. Nessa última, não houve nenhuma participação americana na final.

    Simone Biles apresentou seu salto cheng, mostrando potencial para ser campeã olímpica em mais um aparelho. Ela havia se classificado para todas as finais no Pacific Rim, exceto barras assimétricas e, analisando sua performance, é bem provável que Simone saia dos Jogos Olímpicos com 4 medalhas de ouro: equipes, individual geral, solo e salto, além de grandes chances de conquistar pelo menos uma medalha na trave.

    O restante da equipe feminina também competiu muito bem, com boas performances de Brenna Dowell, que recuperou seu prestígio depois de um Mundial desastroso. Aly Raisman cravou suas séries no individual geral e quase ultrapassou a marca dos 60 pontos nessa final. As novatas Ragan Smith e Lauren Hernandez mostraram que podem sim estar entre as escolhidas para os Jogos Olímpicos, apesar de terem que enfrentar grandes ginastas para que isso aconteça.

    A equipe masculina contou com os erros de Sam Mikulak mais uma vez, que poderia ter sido ouro no individual geral. Parece ser impossível para o ginasta acertar uma competição completa! Mikulak errou no solo e na barra fixa, aparelhos onde pode passar dos 15 pontos e consegui notas pouco acima de 13.

    Enquanto as "estrelas" erraram, os coadjuvantes ganharam espaço. Foi o caso de Eddie Pennev e Alex Naddour, que não perderam a oportunidade de mostrar boas séries nos aparelhos em que se destacam mais: Pennev no solo e salto e Naddour no cavalo com alças.

    A competição marcou um bom retorno de John Orozco, que ficou fora de quase toda a temporada passada por conta de lesão e cirurgia. O ginasta apresentou boas séries na paralela, argolas e barra fixa, conseguindo passar dos 86 pontos no individual geral. O ginasta ainda tem um tempo até os "Trials" para os Jogos Olímpicos, competição americana que acontece em julho, campeonato definitivo e última chance para conseguir uma vaga na equipe olímpica americana.

    Donnell Whittenburg e Jacob Dalton também e conseguiram notas bem expressivas: Donnell pontuou 15,925 nas argolas e 15,800 na paralela enquanto Dalton conseguiu um 15,625 no solo.

    Resultados completos.

    Vídeos: Usa Gymnastics

    Post de Cedrick Willian

    Foto: John Cheng / Usa Gymnastics
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.