• Austrália tem novo treinador


    Não, ainda não estamos falando do substituto de Peggy Liddick no comando da seleção australiana. Estamos falando do novo contratado do Caloundra Gymnastics Club, nada mais e nada menos que o treinador chinês Xinming Guo, que possui extensos 35 anos de experiência.

    Apesar de não ser o head coach da seleção, a contribuição para o país será enorme. Provavelmente as ginastas que ficarem sob a direção de seu treinamento no clube estarão entre as principais do país. Guo possui vasta experiência no ensino, tendo treinado e conduzido ao pódio grandes nomes da ginástica chinesa.

    Em seu currículo constam ginastas como:

    Liu Xuan



    Lu Li



    Kui Yuanyuan



    Guo tem uma paixão pelo treinamento de ginastas mais novos, ensinando elementos que vão construir um forte fundamento para o futuro delas no esporte. Segundo ele, "se ensinarmos elas bem desde o começo, teremos grandes atletas no futuro".

    Enquanto a Austrália recebe um novo treinador, dentro de um clube, o Brasil passa por uma crise pós-olímpica sem precedentes, sem um head coach e sem dinheiro para enviar os ginastas às competições. Onde foi que erramos novamente?

    Post de Cedrick Willian

    Fonte e foto: Sunshine Coast Daily
  • You might also like

    3 comentários:

    1. Algumas pessoas tem criticado a equipe holandesa e principalmente a Sanne Wevers por [ab]usar dos giros, sua especialidade, mas a Liu Xuan também abusava dos saltos com o pé na cabeça.

      ResponderExcluir
    2. Um excelente técnico faz um atleta talentoso ou é necessário nascer com disposição para o talento atlético*

      ResponderExcluir
    3. sem contar que três treinadores da seleção, o ricardo, o alexande e a keli foram trabalhar fora do país

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.