• Larisa Iordache e Oleg Verniaiev vão a Montreal em busca do ouro


    A medalha de ouro individual geral vem escapando das mãos do ucraniano Oleg Verniaiev e da romena Larisa Iordache já tem um tempo. No Mundial de 2014, Larisa esteve a poucos décimos do fenômeno Simone Biles, e Verniaiev, nos Jogos do Rio, também a poucos décimos do fenômeno Kohei Uhimura. Sempre bem preparados, mas sempre com impasses alheios ou não à vontade deles, o que pode ser diferente para esses ginastas esse ano?

    Para começar, Larisa não tem Biles como concorrente esse ano. A ginasta pode voltar no ano que vem (não é nada certo), mas esse ano as adversárias de Iordache são outras: Ragan Smith (EUA), Ellie Black (CAN) e Angelina Melnikova (Rússia) são algumas boas candidatas ao ouro em Montreal. Entretanto, todas estão com o nível técnico e dificuldade muito parecidos e, entre essas, Iordache tem a nossa torcida. A ginasta conseguiu pontuar 56,750 (queda na trave) no individual geral do Universiade com rotinas muito bem recuperadas mas que ainda podem evoluir. Esse é o individual geral de Montreal será o mais disputado desde os Jogos Olímpicos de Londres em 2012, quando Larisa faria uma estreia espetacular mas que, infelizmente, foi ofuscada por uma lesão.

    Já Verniaiev conta com um Uchimura um pouco mais relaxado. As pretensões de Uchimura diminuíram, apesar de que continua perfeito como sempre. Em entrevista esse ano, o ginasta demonstrou não estar mais tão preocupado com o título de "rei" da ginástica e até cogitou a ideia de continuar como especialista, sem se importar com sua sucessividade de vitórias. Enquanto isso, Verniaiev pontua 88,300 no último dia 22, no Universíade. É uma excelente nota para o código novo, algo como 91,300 no ciclo antigo. Seu calcanhar de aquiles continua sendo a barra fixa, aparelho onde precisa melhorar a execução para notas mais altas. Uma saída cravada, por exemplo, teria dado a ele o ouro no pódio dos Jogos do Rio.

    Iordache e Verniaiev são muito queridos internacionalmente além, é claro, de serem excelentes ginastas. Torcidas para a conquista do ouro esse ano não vão faltar! Esse Mundial, ao contrário dos últimos dois mundiais pós-olímpicos, promete ser bem interessante. As mudanças no código de pontuação foram significativas e, no momento, a disputa por medalhas está bem concorrida.

    Confira os vídeos dos ginastas no Universiade.

    Oleg Verniaiev













    Larisa Iordache









    Post de Cedrick Willian
    Foto: Divulgação
  • You might also like

    9 comentários:

    1. Realmente são dois excelentes ginastas. Torci até o ultimo segundo para o Verniaiev nos Jogos de 2016, tomara que ele vença esse ano. Quanta a Iordache, a considero uma atleta e tanto, mas suas séries não me agradam muito (entre as ginastas citadas, minha torcida vai para Ellie e Angelina). Queria muito ver a Thaís Fidelis levando esse ouro (pode ser difícil, mas não impossível). Pena que a Rebecca não esteja em seu melhor momento, com certeza ela seria uma das possíveis candidatas ao ouro.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. A Iordache sempre erra a trave, desse jeito o ouro vai para EUA mais uma vez.
        Também queria muito o ouro para a Fidelis, mas ela ainda é muito inconsistente, mas quem sabe?

        Excluir
    2. Ótimo texto, e que venha esse ouro tão sonhado e esperado por todos nós. Torci ate o ultimo segundo por Oleg no Rio, ainda acho que o ouro não foi pra ele por algum capricho porque só o passo no final da HB não significaria não tirar a nota que precisava para o ouro, ele foi perfeito a competição toda e evoluiu muito no ciclo todo atras desse ouro. Alem disso foi a diversas copas e pra mim merecia o ouro muito mais que o japones. Mas que venha dessa vez.
      E larisa, fez um brilhante 2013 e 2014 e depois vieram as lesoes, espero que dessa vez ela passe saudavel o ciclo todo e que venha esse ouro nesse mundial porque ela tem uma ginastica linda e merece.
      Na torcida aqui por ambos.

      ResponderExcluir
    3. Você sabe algo sobre as transmissões das etapas de copa do mundo? Soube que agora serão pelo canal Esporte Interativo. É verdade?

      grata

      Lay

      ResponderExcluir
    4. Nossa mas que coreografia maravilhosa foi essa que a Iordache apresentou!!! De queixo caído. E ótimas acrobacias!!

      ResponderExcluir
    5. Ellie Black não é do Canada? porque está como (EUA)??

      ResponderExcluir
    6. Ellie Black não é do Canadá, não? Eu tento, mas não consigo gostar da Iordache. Alguma coisa nela não me cativa. Talvez porque Ponor continua sendo demais e isso ajude a apagar, para mim, o brilho da Larisa. Mas entre ela e Ragan, mil vezes ela !

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.