• Fabian Hambuechen e Elizabeth Seitz vencem Campeonato Alemão


    Com 55.800 e 88.100, Elizabeth Seitz e Fabian Hambuechen venceram o Campeonato Alemão 2015. O campeonato aconteceu no último fim de semana e contou com a participação de grandes ginastas que provavelmente estarão em Glasgow.

    Hambuechen errou sua série de barra fixa e teve sua maior nota no solo (15.450). Apesar do erro, ainda ficou muito a frente de Andrea Tobas, segundo colocado com 84.950. Fechando o pódio, Christopher Jursch pontou 83.250.

    Enquanto a competição masculina foi fácil para Hambuechen, a competição feminina foi bastante acirrada: a decisão da competição realmente aconteceu só no último aparelho e apenas um décimo separou Seitz de Pauline Schafer, que terminou com 55.700. Sophie Scheder também ficou bem próxima do ouro, pontuando 55.500 para o bronze.

    Resultados individual geral: masculino e feminino.

    Nas finais por aparelho, várias performances foram dignas de finais mundiais.Com nota de partida 7.3, Hambuechen conseguiu 15.900 para o ouro na final de barra fixa e também foi o melhor no solo com 15.300. Retornando recentemente às competições, Marcel Nguyen conseguiu 15.175 para o ouro na final de paralela, tendo se classificado com 15.700. Também teve a melhor nota nas argolas: 15.050. Matthias Fahrig foi o melhor no salto com 14.887 e Ivan Rittschik foi o melhor no cavalo com alças com 15.050.

    No feminino, as melhores performances vieram na final de barras assimétricas: Seitz e Scheder brigaram acirradamente pelo ouro, onde Seitz levou a melhor: ficou com 15.466 enquanto Scheder pontuou 15.433. Na trave, Pauline Schafer conseguiu a excelente nota de 15.466 numa série extremamente cravada. Ainda foi ouro no salto, apresentando uma boa reversão com mortal esticado com meia volta. Leah Grieser foi a melhor no solo alcançando a marca de 13.700.

    Série de trave de Pauline Schafer



    Série de barras assimétricas de Seitz



    Série de barras assimétricas de Scheder (que inclui um elemento que pode levar o nome dela!)



    Abaixo os resultados completos.

    Masculino: solo, cavalo com alças (não disponível), argolas, salto, paralela e barra fixa.
    Feminino: salto (não disponível), barras assimétricas, trave e solo.

    Vídeos do masculino e feminino no canal Massis Tube. Vídeos do feminino no canal K Bruell.

    Post de Cedrick Willian

    Foto: DTB Online
  • You might also like

    2 comentários:

    1. Na verdade o elemento na série da Sophie Scheder é um Tkatchev Carpado vindo de um Inbar. No caso do Shang, o Tkatchev Carpado vem de uma Oitava a Parada.

      Esse elemento ainda não está presente no COP, ou seja, ele pode levar o nome da ginasta alemã. O interessante é que outra ginasta também executa esse mesmo elemento inédito, a britânica Kelly Simm. Quem levará o seu nome nesse elemento? Uma terceira ginasta, porém ainda da categoria juvenil, também o executa, a canadense Ana Padurariu.

      Simm: https://www.youtube.com/watch?v=si7rqQIXLS0

      Padurariu: https://www.youtube.com/watch?v=IlzUpn9-Xdw

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. É verdade! É por dentro da barra, me equivoquei. Texto corrigido, obrigado! :)

        Excluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.