• Casella,treinador de Vanessa Ferrari,se diz satisfeito com desempenho da atleta no Europeu


    Mesmo com o nono lugar da campeã mundial Vanessa Ferrari no Europeu,seu treinador Enrico Casella treinador disse que a medalha de prata conquistada no solo já foi um resultado satisfatório.
    "Estou muito feliz por Vanessa.A medalha de prata no solo foi fantática levando em consideração o seu estado.Até o início de março eu pensava que ela nem iria competir."declarou Casella.
    Dificultada pelas lesões em 2007 e 2008,Ferrari não estava inicialmente prevista para competir em Milão,mas acabaou substituindo Serena Licchetta poucos dias antes da competição começar.Ela terminou na nona colocação do individual geral,após cometer uma queda em seu Yurchenko com dupla pirueta no salto.
    Casella disse que,em vez de Ferrari ter realizado um simples Yurchenko com pirueta,a ginasta acabou executando um mais difícil Yurchenko com dupla pirueta,para tentar se colocar entre as três melhores da prova.
    "No individual geral,depois de duas rotações,ficou claro que precisávamos de pelo menos um 14,500(de nota) para ter chances de medalhar,e a escolha de arriscar foi decidida por Vanessa.Com apenas uma pirueta nós estariamos certamente fora do pódio." Afirmou Casella.
    Casella disse que o risco valia a pena para se alcançar o pódio,já que essa era a meta de Ferrari,a campeã européia em 2007.
    "Vanessa queria muito uma medalha e decidiu lutar por isso.Quarta ou nona posição era a mesma coisa para nós." Disse Casella
    Ferrari foi a última ginasta a se apresentar na competição,com a sua performance na final do solo.Ela levou a medalha de prata ficando atrás apenas da britânica Beth Tweddle e à frente da atual campeã européia,a russa Ksenia Semenova.
  • You might also like

    2 comentários:

    1. Gosto da Vanessa em todos os aparelhos, principalmente no solo (gosto de solo com "Silivas").

      É uma pena que tantas ginastas estão tendo problemas.

      Por que será que essa geração tem sofrido tanto com lesões?

      ResponderExcluir
    2. pois é Danilo...na minha opinião,esse problema com tantas lesão é ocasionado pelo objetivo principal do último código!As ginastas tinham um limite na geração "perfect ten"...hoje elas precisam da dificuldade para se manterem entre as melhores...

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.