• Luiza Galiulina 'ofusca' Alina Kozich no Nacional do Uzbequistão


    Alina Kozich,que já foi campeã européia no individual geral,tem sido muito citada nas manchetes relacionadas à ginástica,desde que se apresentou no 'Stella Zakaharova Cup',representando o Uzbequistão.Kozich,que teve um desempenho decepcionante em Pequim,decidiu mudar de nacionalidade no início do ano,quando uma grande amiga,Oksana Chusovitina,que já passou por esse processo diversas vezes em sua vida,lhe ofereceu um lugar na equipe nacional uzbeque,após assumir a posição de treinadora chefe.Mesmo sendo liberada pelo Comitê Executivo para competir pelo Uzbequistão,Alina não pôde ainda participar de grandes competições internacionais,mesmo sendo inscrita em algumas etapas da Copa do Mundo.
    A mudança de nacionalidade não é novidade no esporte.Desde a separação da União Soviética,vários ginastas foram obrigadas a mudar a sua nacionalidade,o que fez com que a prática se tornasse mais frequente.Nomes como o de Valeri Belenki,Dimitri Karbanenko,Runar Alexandersson,além dos mais recentes Alexander Artemev,Annia Portuondo-Hatch,Nicole Pechanec,Ana María Izurieta e Viktoria Karpenko,são exemplos.
    A primeira competição nacional de Alina Kozich era muito esperada,mas infelizmente para ela,o resultado não foi o desejado.Nas qualificações,Kozich só conseguiu terminar em quarto lugar com um baixo total de 50,050 pontos no individual geral.Ela melhorou 1 ponto de sua soma na final da prova,garantindo assim a medalha de bronze e uma vaga no Campeonato Mundial,em Londres.A vencedora da competição foi a especialista de trave Luiza Galiulina,que marcou 53,750 pontos nas preliminares e 52,250 na final.A medalhista de prata foi Diana Karimdzhanova,com 51,350 pontos.O concurso juvenil foi vencido por Alina Zadyulina(48,825),seguida por Sitora Mukhamedova(46,450) e Anastasia Belkova(46,300).
    Medalhista de bronze em Pequim,Anton Fokin,liderou facilmente a competição masculina em ambos os dias.Fokin,que mostra excelente forma e precisão em seus movimentos,e que lembra a velha escola soviética em termos de execução,obteve um promissor total de 87,600 pontos no primeiro dia.Ele perdeu mais de 6 pontos na final do geral,mas mesmo com esse mau desempenho,ele ainda levou o título nacional do Uzbequistão,demonstrando que o nível em que o país se encontra no masculino precisa ser melhorado.Edvard Shaulov levou a prata(78,500),enquanto que Atabek Masharipov completou o pódio somando 73,650.Fokin será o único representante masculino do país no Mundial de Londres.
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.