• Veteranos Laís Souza e Mosiah Rodrigues comentam escolha do Rio como sede das Olimpíadas



    Único representante da Seleção Masculina de Ginástica Artística do Brasil nos Jogos Olímpicos de Atenas(2004),Mosiah Rodrigues comentou nesta semana a escolha do Rio de Janeiro como cidade sede da Olimpíada de 2016.
    Em Madri,na Espanha,para uma temporada de treinamentos,o ginasta acompanhou a vitória da 'cidade maravilhosa' em solo adversário,já que a própria cidade espanhola-juntamente com Tóquio,no Japão,e Chicago,nos Estados Unidos-estava na disputa.
    "Pude acompanhar a expectativa do povo espanhol e todas as manifestações feitas para que Madrid fosse a cidade sede das Olimpíadas de 2016.No centro de treinamento,todas as modalidades esportivas fizeram uma pausa no treino para acompanhar o anúncio da vencedora.Nós da ginástica fomos para uma salinha para acompanhar através do computador.Claro que logo após o resultado,já começaram as brincadeiras sobre Brasil x Espanha",comentou Mosiah.
    Tricampeão do Troféu Brasil,o atleta gaúcho destacou a cobertura feita pelos jornais locais,que mostraram o Rio como forte candidato.Entretanto,Mosiah enfatizou também suas observações sobre a situação da cidade em comparação com Madri(onde permanecerá por mais poucos dias quando seguirá para Londres,na Inglaterra,para participar do Campeonato Mundial da categoria).
    "O Comitê Olímpico Brasileiro e o Ministério do Esporte possuem competência suficiente para realizar um evento deste porte,porém,andando pelas ruas de Madri e me beneficiando da estrutura do centro de treinamento deles–já que no Brasil não temos nada parecido-,visando minha preparação para o Mundial,confirmei que muita coisa precisa mudar e ser feita em nosso país.Espero com esta conquista,que uma cultura de investimento esportivo seja finalmente estabelecida em nosso país.Será um meio de transformar o Brasil,o Rio de Janeiro,através do esporte como educação e como uma ferramenta muito forte de inclusão social.Vou torcer e trabalhar para que o nosso Brasil seja merecedor da maior festa do esporte mundial",concluiu o atleta,que treina no clube Grêmio Náutico União,na capital gaúcha.
    Com apenas 20 anos,Laís Souza já disputou duas edições dos Jogos Olímpicos.Apesar de medir as palavras ao comentar sua possível participação no Rio de Janeiro-2016,a ginasta admite que o triunfo da candidatura carioca já interfere no cotidiano de todos os atletas.
    "É muito especial saber que o seu país vai sediar uma Olimpíada.Você já começa a pensar diferente,já começa a treinar de uma forma diferente.Acho que é um grande passo para ter uma continuidade em treinamento e competição",declarou a atleta do Pinheiros.
    Descoberta pelo ucraniano Oleg Ostapenko com apenas 14 anos,Laís Souza chegou a ser apontada como sucessora de Daiane dos Santos e disputou os Jogos de Atenas-2004 com apenas 16 anos.Em Pequim-2008,prejudicada por uma série de lesões,ficou distante das finais dos aparelhos que disputou.
    Nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro,a brasileira terá 27 anos,uma idade avançada para uma ginasta.Ao lado de alguns companheiros de clube,ela acompanhou o triunfo do Rio de Janeiro na manhã da última sexta-feira e falou com cautela sobre sua possível presença nos Jogos de 2016.
    "Tenho que ver como vou estar fisicamente e psicologicamente.Preciso ver como vai estar minha vida e decidir",declarou Laís.Neste momento,a prioridade são os Jogos de Londres-2012."Esses pouco mais de dois anos até a próxima Olimpíada serão muito puxados e importantes no resultado final",completou.
    Por outro lado,ela já pensa nas vantagens de competir dentro do próprio país."Como já estamos acostumados com o clima,com o espaço e com a temperatura,isso facilita para alguns atletas.Normalmente,quando você está no exterior precisa de algumas aclimatações",explicou.
    Independente de sua possível participação,Laís pede que as instalações sejam aproveitadas após a realização das Olimpíadas."Muitos ginásios precisam ser construídos e isso tem que ser utilizado depois.Vai ser um marco muito importante e o Brasil tem que caminhar junto para chegar lá",encerrou.

    Fonte:Gymblog Brasil
  • You might also like

    4 comentários:

    1. Fugindo do assunto, tenho uma pergunta, alias duas. Vai passar o mundial de ginastica artistica pela Band?
      Pra VC quais sao as favoritas ao ouro em cada prova?

      ResponderExcluir
    2. tomara que as meninas antigas voltem logo!

      não aguento mais série limpinha e sem dificuldade! que meeeerrda!

      e vcnõa guenta mais eu reclamar disso né Stephan? to chato mesmo...é a revolta...

      =/

      ResponderExcluir
    3. Na minha opinião o pódio vai ser assim:

      AA
      Ksenia Semenova
      Deng Linlin
      Sloan / Bross

      VT
      Hong Un Jong
      Jessica Gil
      Ariella Kaeslin

      UB
      Beth Twiddle
      He Kexin
      Ksenia Semenova

      BB
      Lauren Mitchell
      Deng Linlin
      Alguma romena

      FX
      Beth Twiddle
      Ksenia Afanasyeva
      Bridget Sloan / Ekaterina Kurbatova

      ResponderExcluir
    4. Nossa,três comentários na mesma postagem?Estou gostando de ver hein \o/
      Alvaro,sobre a sua primeira pergunta,não(felizmente para alguns),a Band não transmitirá o Mundial desse ano.Eita,a sua segunda pergunta é bem difícil,mas vou chutar:

      Feminino
      Individual Geral-Ksenia Semenova
      Salto sobre a Mesa-Hong Un Jong
      Barras Assimétricas-He Kexin
      Trave de Equilíbrio-Lu Sui
      Exercícios de Solo-Elizabeth Tweddle

      Masculino
      Individual Geral-Kohei Uchimura
      Exercícios de Solo-Kai Zou(infelizmente!!!)
      Cavalo com Alças-Zhang Hongtao
      Argolas-Chen Yibing
      Salto sobre a Mesa-Ri Se Gwang
      Barras Paralelas-Yann Cucherat
      Barra Fixa-Jonathan Horton

      ---------------------------------
      Cedrick,não liga não,pode reclamar a vontade(eu também não aguento mais isso rsrsrs),já falei isso para você...também já pedi mais de mil vezes para você voltar a ser treinador e continua insitindo em ser ginasta...depois não fala que eu não avisei tá? :P kkkk
      ---------------------------------
      Ótimas apostas Danilo...mas infelizmente,a Afanasyeva não vai poder levar uma medalha de prata no solo.Ela está fora do Mundial :(

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.