• Lavinia Milosovici no Hall da Fama da Ginástica



    A legendária ginasta romena Lavinia Milosovici foi incluída hoje, nos Estados Unidos, no Hall da Fama da Ginástica da revista International Gymnast. Todo ano, ginastas, técnicos, dirigentes e outros profissionais envolvidos com a ginástica internacional são incluídos neste hall da fama.

    Lavínia teve uma incrível carreira internacional na década de 90. Individualmente, conquistou várias medalhas em campeonatos mundiais. Em 1991 ela foi ouro no salto em Indianapolis; em 1992, em Paris, ela foi ouro nas paralelas assimétricas; em 1993 ela foi ouro na trave em Birmingham; em 1994 e 1995, ela foi ouro por equipes em Dortmund e Sabae, respectivamente. Sendo assim, Lavínia foi ouro quase que em cada uma das provas em diferentes mundiais: salto, paralelas e trave. Apesar de não ter sido campeã mundial de solo, foi campeã olímpica nesta prova, sendo a última ginasta a alcançar a nota 10 na história da ginástica.

    No individual geral, Lavínia foi bronze nas olimpíadas de Barcelona e Atlanta, e ainda foi medalhista de prata nesta prova no Mundial de Dortmund (1994) e bronze em Sabae (1995). Ao todo, somando as medalhas olímpicas e de campeonatos mundiais, Lavínia tem a incrível marca de seis medalhas olímpicas (duas de ouro) e doze medalhas em mundiais (cinco de ouro).

    Apesar da fama adquirida com a ginástica, Lavínia era uma pessoa comum, que passou por sérios problemas pessoais. Em 2008, por exemplo, ela perdeu sua filha de apenas 4 anos de idade. Fico feliz por Lavínia estar recebendo este reconhecimento, pois ela foi uma das ginastas mais importantes da história deste esporte que amamos.

    Esta série foi a primeira que eu assisti dela. Na época eu tinha 10 anos e estava começando na ginástica.



    Em Atlanta, onde foi terceira do geral empatada com sua compatriota Simona Amanar.



    O último 10 da ginástica!



    No funeral da filha...

  • You might also like

    Um comentário:

    1. Realmente a Lavinia merece esse reconhecimento. Uma das melhores ginastas da história da Romênia, apesar de eu ser fã indiscutível da Andrea Raducan. A série da final de solo em 1992 foi espetacular!!!

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.