• Valeria Maksyuta irá para Londres?



    Foi anunciado que o comitê olímpico de Israel exige que, os ginastas que queiram representar o país nos Jogos Olímpicos, terminem o individual geral do Campeonato Europeu entre os top 12, ou estejam entre os 6 melhores finalistas nas finais por aparelho. Isso foi confirmado por Valeria Maksyuta em um post recente:

    "Meu nome é Valeria Maksyuta, tenho 24 anos e sou atleta de ginástica artística. Comecei a treinar quando eu tinha 5 anos, e desde então não parei mais. São 20 anos dedicando minha vida ao esporte e hoje me encontro a um pequeno passo de distância do meu maior sonho: a possibilidade de integrar a equipe olímpica de Israel e representar o país em Londres, em Agosto desse ano."

    Tenho certeza que Valeria Maksyuta é a melhor preparada para isso. Adoro a ginástica dela e torço muito!

    Assista ao vídeo de Valeria, postado dia 14 desse mês e que apresenta algumas possibilidades de upgrades.

  • You might also like

    13 comentários:

    1. nossaa q absurdo ela ter que ficar entre as 12 primeiras,E se justamente neste campeonato ela não conseguir ir bem??? a melhor ginasta do pais simplismente não vai???e eles ficam sem representatantes no feminino, abrem mão da vaga?

      ResponderExcluir
    2. apesar q ela deve ficar entre as 6 melhores no salto!

      ResponderExcluir
    3. Acho bem ptovavel entao q ninguem dp Israel va. Pq ela e bem fraquinha!!! A Ucrania nem quiz ela!!!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Fraquinha? Com saltos de 5.9 e 5.8?

        Excluir
    4. Será muito difícil alguém de Israel tirar a vaga dela. A Rony Rabinovitz, apesar deter um solo mto bom não a dificuldade nos outros aparelhos como ela.
      Gosto mto da Valeria pois ela vivia sem atenção na Ucrânia, mas quando foi pra Israel sua ginástica evoluiu da água pra vinho...

      ResponderExcluir
    5. Não tem tantas ginastas para passar ela no salto, a não ser que ela simplifique eles E caia em um pelo menos... Além disso, ela tem possibilidade de ir para final de trave, ficando em pé, já fica entre os seis primeiros...

      ResponderExcluir
    6. Fabiano Araujo18 abril, 2012 15:44

      Hããã??? Ela tem 25 anos?? )_)

      ResponderExcluir
    7. Ela tem muitos erros de execução, mas pelo menos dificulta as séries... Os dois saltos dela mais difíceis têm erros de postura; na UB, ela tem erros de execução na transição e na saída dificílima que criou; na trave, mesmo não caindo, tem um DC meio baixo e precisa abrir as pernas pra não cair; no solo, também costuma afastar as pernas no DC, e no Tsuk, como "toda" ginasta, tem as pernas desalinhadas... Mas dificuldade ela tem de sobra!
      Curiosidade: quando fazia Yurchenko com 1 e meia no VT vivia caindo, talvez pela falta de altura pra uma chegada frontal... Por que será que as romenas também vivem fazendo isso: 8 ou 80? As brasileiras podem não fazer DTY (com exceção da Jade), talvez pela diferença de técnica ou mentalidade, mas pelo menos têm postura e altura pra colocar esses robôs no chinelo!.. kkkkk' Desculpa, não me contive!

      ResponderExcluir
    8. acho bem dificil ela nao ficar entre as 6 melhores no salto e na trave e so acertar.e se isso nao acontecer quem vai pra londres?as ginastas do israel?se for e muita covardia do comite pq ela que conseguiu a vaga.

      ResponderExcluir
    9. Ridícula a postura da Federação Israelense. O mesmo tipo de comportamento patético da Federação de Ginástica do Reino Unido, tirando a vaga certa das meninas da Rítmica e mandando a seleção artística para o Mundial, mesmo com a vaga garantida por ser país-sede.

      ResponderExcluir
    10. oi eu tambem sou ginasta ma eu tenho 9 ano vou fazer 10 em dezembro ..comessei a fazer ginastica com 5 ano e nunca parei .. acho muito legau a ginastica .adorei ..bjs

      ResponderExcluir
    11. Não é verdade que a vaga por equipe é garantida ao país-sede... A participação garantida é de pelo menos 1 ginasta, como acontecia com países desclassificados nos Pré-Olímpicos (a partir da 19a colocação por equipe). Vejam a Grécia em 2004... Se fosse garantida a vaga por equipe ao anfitrião, teriam de abrir mais uma vaga caso esse país se posicione entre os 12 primeiros...

      ResponderExcluir
    12. ....Em entrevista antes do Evento-Teste, a própria Georgette Vidor disse que pro próximo Ciclo, o Brasil teria que ter boas equipes pra disputar os Pré-Olímpicos, talvez contratando estrangeiras pra nos representar e lutar pela vaga, pois as meninas de 95 talvez não continuariam treinando (não aguento isso... Daiane tem quase 30 e só vai parar depois de 4 Olimpíadas) ,pois as mais jovens com bastante potencial não teriam idade pra um Mundial (mas não é verdade! Meninas de 97 se tornam adultas ano que vem - Isabelle, Stephany; de 98, em 2014 - Lorrane, Mariana; de 99, em 2015 - Rebeca, Milena, Ana Flávia...);

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.