• Vamos abrir uma discussãozinha por aqui???


    Foi postado uma entrevista com a ginasta Jessica Lopes no site International Gymnast. Abaixo, uma das partes mais interessantes da entrevista.

    "IG: Algumas pessoas acharam que sua série de paralela do Mundial de Tóquio merecia estar na final, mas você foi severamente despontuada. Você acha que sua nota foi justa?

    JL: Não, principalmente em Tóquio. Quando eu vejo minha série de paralela e minha série de solo, eu penso que foram despontuadas demais. Nessa competição, em especial, quando você compara as minhas notas com outras notas, você percebe que foram muito baixas, principalmente as notas de execução. Eu queria saber todas as deduções. Eu estive conversando com alguns árbitros e alguns deles não conseguiram encontrar mais de 1,5 de dedução na minha série, mas o painel de dedução me despontuou em 2,3, e eu não sei de onde eles tiraram tanto."



    Essa série que vocês acabaram de assistir recebeu a nota 13,966. Eu, particularmente, achei um absurdo a nota de Jessica. Até a Alexandra Raisman tirou mais nota que ela!

    E você? Acha que Jessica foi injustiçada? Acha que ela deveria ter estado na final de paralela do Mundial de Tóquio? Deixe sua opinião.
  • You might also like

    31 comentários:

    1. Eu sei aonde ela foi despontuada, na nacionalidade. Óbvio.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Melhor resposta ever, ginástica é uma roubalheira absurda !!!

        Excluir
      2. Para final de paralela acho difícil até por causa da concorrência da época, mas que a nota foi absurda isso foi, esses juízes imbecis estão de sacanagem. Ela foi espetacularmente bem nessa prova.

        Excluir
    2. Lógico que foi, Raisman a ginasta mais overscored desse ciclo ou talvez de todos.......... compare a execução que deram pra ela nas séries com a da Jessica

      ResponderExcluir
    3. Mas é claro que ela foi injustiçada. Meus amigos, vocês precisam entender, de uma vez por todas, que as notas não são dadas somente pela Ginástica que a atleta apresenta. Fatores alheios estão ali. Sim, economia, política e a tradição (ou a falta dela) do país no esporte também contam.

      Ah, mas a culpa é do Hugo Chavez, então? Claro que não. A culpa é do pre-julgamento dos árbitros e da FIG. Ponto.

      Claro que ela pecou nas paradas de mãos. Mas as largadas delas foram estupidamente altas, o balanço dela é bastante suave e a saída dela foi linda. Olhando tudo, eu dei 14.985 para ela.

      ResponderExcluir
    4. Muito baixa, assim como a prova de solo dela nas qualificatorias. A Jéssica foi uma das ginastas para quem mais torci em Londres, mas infelizmente sempre colocam as notas dela la embaixo. Sempre eh assim, pra tirar uma nota alta a ginasta ou tem que ter ganho um grande título no passado ou pertencer a um país de tradição.

      ResponderExcluir
    5. Latinas, sempre são injustiçadas !! Ganham até das russas ! Isso é um absurdo.

      A FIG tem que mudar urgentemente.

      ResponderExcluir
    6. A Jéssica Lopez, assim como a Anna Pavlova, não precisa de medalhas para ser reconhecida como uma grande ginasta, pois ela já é uma grande ginasta, e merecia receber notas mais justas. A Pavlova nunca medalhou ouro em mundiais ou olimpiadas, mas quem no mundo da ginástica não sabe da fama que ela tem?

      ResponderExcluir
    7. Como o a Daniele Hypólito falou após competir em Tóquio: ginástica é subjetiva. O Mundial de Tóquio foi como o Mundial de Melbourne: uma robalheira total.
      Quando estava acompanhando o Mundial do Japão, percebi que os jurados fizeram de tudo pra classificarem os "países de tradição" inflando a notas a todo custo pra jogar o resto na repescagem.
      Mas fazer o que né... Eles roubam roubam roubam e quando a coisa aperta, trocam o código de pontuação ás pressas como eles fizeram entre os anos de 2005 e 2006.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Nossa eu não tinha me tocado que nesse ciclo tá acontecendo a mesma coisa que em 2005 mesmo,mudaram o código para dificultar que ginastas ascendentes pudessem ter notas autas.A FIG é muito injusta mesmo

        Excluir
    8. Foi excessivamente despontuada sim! Como foi dito, até a Raisman tirou mais, e a Raisman, na minha opinião, tem uma das piores provas de paralela já feitas, peca em todos os quesitos, porém os juízes dão o máximo que podem por ela ser da grande potência que os EUA são.

      Carlos Ferreira.

      ResponderExcluir
    9. ela nao pode entrar com recurso??? q maldade!! ela merece muito mais q aquela koko tsurumi... a prova dela foi linda!!! muito triste essas injustiças na ginastica! esses arbitros nao sao tao competentes assim...

      ResponderExcluir
    10. Não só em Tokyo, mas em Londres as notas nas quals. foram under.

      ResponderExcluir
    11. E a Ana Sofia tirou uma execução de 6.4 SEM QUEDA só com os erros na handstand e etc, nem as brazilians com a série toda vazada não tiraram isso.

      ResponderExcluir
    12. Injustiçada ok, mas entrar pra final jé é outros 500... Admiro a ousadia, mas van Gerner e Tweddle tem UBs melhores que ela e tavam fora da final...

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Mas essas aí caíram e ela não que executou muito bem se a pontuação for mesmo considerar 1,3 ou 1,5 de desconto ela pegaria sim pois apesar dela não ter a dificuldades da Gerner e Tweddle as barras tem um valor D acima de 6.

        Excluir
      2. Sim acabei de ver a UB da Van Gerner e num é lá essas coisas não a nota D da Lopez é maior confira.

        Excluir
    13. Gente a Mariana Oliveira pontuou 53.232 no AA do Alexander Dityatin Cup 2012.

      VT(Pirueta e Meia): 14.233
      UB: 12.133
      BB: 13.466
      FX: 13.400

      Nossas Juvenis estão evoluindo :)

      ResponderExcluir
    14. Absurdo isso sim!! Será que ninguém vê isso gente? Palhaçada.

      ResponderExcluir
    15. Parece que ela estuda na universidade de Denver né? Que bom, foi inteligente, pq todo mundo sabe que vida de atleta é curta e sobretudo na ginástica, pena que a galera esquece isso no Brasil e se aposenta ginasta cara. É só dar uma olhadinha nos atletas de outros países para perceber que eles não são somente ginastas. Exemplos: Epke Zonderland que faz medicina, Elsa Garcia que faz Moda, até as americanas que param de estudar para treinar (aly raisman) se aposentam aos 20 anos e vão fazer faculdade, e os times da China e do Japão quase todos os integrantes fazem Ed. Física.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. As americanas raramente estudam, elas vendem a alma pra mídia e vão fazer carreiras "artísticas". Gabby Douglas e a Maroney ja inclusive fizeram participações em seriados nesse período pós London, sem falar naquele ridiculo Kellog's tour..

        Excluir
      2. Mas as brasileiras maiores de idade todas fazem faculdade...Jade faz desenho industrial, Daiane Educação Física...Dae acho que Cobello, Bruna e mais algumas tbm fazem Ed. Física...não entendi o que c quis dizer.

        E o que tem as americanas fazerem pontas em seriados e aparecerem em programas? elas ganham uma grana, isso sim...

        Excluir
    16. Sou super leigo no assunto mas que eu vi de erro grave ali foi só alguns balanços a ultima parada que ela arqueou o corpo e no começo um pequeno afastamento das pernas.. o que mais de tão grave assim ela fez pra ter essa nota? Gentee quanta injustiça ela deveria processar esse povo da FIG se fosse usar os mesmos critérios das russas e americanas ela levaria um 15,000 folgado.. oh mundo cruel hein..

      ResponderExcluir
    17. Despontuada exagerdamente. Acho que a Daiane dos Santos também foi nas últimas séries dela.

      ResponderExcluir
    18. Jessica foi injustiçada sim!! poderiam ter dado uma melhor nota pra ela, mas fazer o que né? ela não Americana, nem Russa.
      acho que o brasil e prejudicado em grandes competições sei que podem dar mais nota, mas........... ex: Daiane dos santos fez um solo muito bom em londres, mas a nota dela não foi tão boa!!! a Daniele fez uma boa trave mas a nota tambem não foi tão boa, isso acontece infelizmente!!!

      ResponderExcluir
    19. É uma palhaçada sem fim, as vezes da até vontade de deixar de acompanhar a ginástica.. Aly Raisman não vou nem comentar, a ginástica dela é uma das mais feias que eu já vi, a guria não é nada artistica. Aquela final de solo não me sai da cabeça, aquele ouro devia ter sido da Catalina ou da Sandra/Afanasyeva se não tivessem caído, essas sim tem uma rotina de solo linda de se ver. Rotinas da Raisman são extremamente masculinas, sem nenhuma elegancia, se ela mudar de categoria de WAG pra MAG, acho que ninguém percebe.

      ResponderExcluir
    20. A nota dela no minimo tinha que ser 15.350
      e igual a paralela da Bruna leal e despontuada demais ela ja nem tem tanta dificuldade
      Alemã Seitz e outra muito despontuada
      Jordyn Wibber vem sofrendo muito no quesito execução no pacific ela teve um solo muito lindo digno de 15 e teve 14.645 foi lastimavel
      Uma que vem ganhando uns extras e a mustafina .... so lamento !!!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. ?????????? se for a rotina de solo que eu vi ela perdeu uns 0,5 ou mais só tentando aquele Gogean dela. Wieber................
        Além de ser desconsiderado.

        Excluir
      2. Sinceramente eu não lamento por mustafina ganhar pontos extras, lamento por Ferrari não ter ganho o bronze no solo, mas fico absolutamente feliz quando uma russa, chinesa, romena, brasileira(faz tempo que não ganha nada) ganham alguma coisa. A única americana que fiquei muito feliz por ter ganho algo foi Shawn Johnson, não torci por Nastia no aa, torci por Shawn, mas também não fiquei feliz por ver maroney cair, mas confesso que pulei e gritei por ver Izbasa acertar os dois saltos e ganhar o Ouro. Ainda quero ver Komova campeã do aa no mundial.

        Excluir
    21. Poxa 13,966 numa serie dessa .. Com certeza a Nacionalidade dela pesou e muito . Se fosse uma russa com uma serie dessa passaria dos 15 tranquilo .

      Marcos

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.