• EUA começa o ano com agenda cheia


    Depois da Winter Cup e do primeiro Camp feminino, agora sob direção de Valeri Liukin, os EUA definiram os ginastas que vão participar das próximas competições internacionais. O novo ciclo parece marcar um começo mais participativo dos americanos nas competições internacionais.

    Talvez isso seja devido às novas regras relativas às vagas olímpicas reservadas para os campeões das Copas do Mundo e, pensando nas participações juvenis, para ganho de experiência internacional. A participação americana masculina sempre foi massiva, mas a feminina aumentou discretamente nos últimos anos, com a inclusão da Copa do Mundo "all-around", e agora promete aumentar ainda mais.

    Além da mudança do olhar sobre as Copas do Mundo, que prometem ficar melhores e mais disputadas, existe a mudança da direção da ginástica feminina dos EUA. Talvez Liukin seja mais adepto à participação das americanas em campeonatos de menor expressão. Logo agora no começo do ano tivemos a participação de Sydney Johnson no Reykjavik Games. A ginasta, inclusive, conseguiu 14.050 no solo, maior nota de 2017 nesse aparelho até o momento.

    Confira os ginastas selecionados para participar das próximas competições:

    MASCULINO

    American Cup (04/03) - Yul Moldauer e Akash Modi. Sam Mikulak foi cortado por lesão.
    Copa do Mundo de Stuttgart (19/03) - Allan Bower
    Copa do Mundo de Londres (08/04) - Donnell Whittenburg

    FEMININO

    American Cup (04/03) - Ragan Smith e Riley McCusker
    International Gymnix Canada (10 a 12/03) - Juvenis: Sunisa Lee, Emma Malabuyo, Gabby Perea e Maile O'Keefe
    Copa do Mundo de Stuttgart  (19/03) - Morgan Hurd

    Muitas pessoas perguntaram sobre Riley McCusker no Facebook e alguns leitores que acompanham o blog responderam a pergunta lá mesmo. Reiterando o que já disseram, McCusker treina no mesmo clube que Laurie Hernandez. No último camping de treinamento americano, ficou em primeiro lugar durante a verificação de suas séries completas em cada aparelho, além de ter sido vice-campeã americana juvenil em 2016 nas provas individual geral, paralela, trave e solo.



    Post de Cedrick Willian

    Fonte: Usa Gym
    Foto: Divulgação
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.