• Após drama, Jade pode voltar à seleção de ginástica neste sábado



    O drama de Jade Barbosa está perto do fim. Dois anos após as Olimpíadas de Pequim, a atleta está perto de retornar à seleção brasileira de ginástica. Neste sábado, termina o período de avaliação das atletas pela comissão técnica da CBG.

    Se aprovada pela ucraniana Iryna Ilyashenko, técnica-chefe da seleção, Jade estará de volta à equipe pela primeira vez desde que revelou a gravidade de sua lesão no punho. No fim de 2008, após decepcionar nas Olimpíadas de Pequim, ela admitiu que competiu lesionada: ela sofria de necrose em um osso da mão direita. Voltou a competir só no ano passado e um problema com a Confederação adiou o retorno à equipe nacional.

    Há duas semanas, ela passou pela avaliação de uma junta médica, liderada pelo médico João Granjeiro, do Comitê Olímpico Brasileiro. Foi liberada para competir. “Agora está tudo acertado. Essa nova administração da CBG é muito mais flexível e aceita conversar”, elogiou o pai da atleta, César Barbosa.

    Caso seja aprovada, Jade vai disputar o Campeonato Pan-Americano de Guadalajara e a etapa da Bélgica da Copa do Mundo de ginástica, ambos em setembro, além do Mundial da modalidade, em outubro, na Holanda.

    A volta à seleção vai coroar uma mudança geral na vida da atleta. Depois de 2008, a garota chorosa se transformou. Ela voltou a morar com a família há dois anos, entrou na faculdade. Em quatro anos, se forma em desenho industrial pela PUC. “Ela está no clube que gosta, não está mais longe da família, entrou na faculdade e fez novas amizades, fora do mundo da ginástica. Está supre feliz”, comemora o pai.

    Além disso, ela renovou nesta sexta-feira com seu patrocinador, o banco BMG, empresa que a patrocinou quando ela enfrentou dificuldades financeiras para pagar o tratamento da lesão no punho. Ela e o pai também estão perto de fechar um projeto social em parceria com a escola de samba Beija Flor de Nilópolis.

    “É parte do Instituto Jade Barbosa e será uma escolinha de ginástica na quadra esportiva da Beija Flor. Estamos terminando a negociação com os patrocinadores. O próprio BMG gostou da ideia e a Petrobras também. Assim que fecharmos a parceria, em dois meses as aulas podem começar”, revela César.

    Jade Barbosa é uma das convidadas nos treinos da seleção, que começaram no dia 21 e seguem até este sábado no Flamengo, no Rio. Além dela, mais 13 ginastas buscam vaga na seleção.

    Veja a lista:
    - Ana Claudia Silva (CRF-RJ)
    - Bruna Leal (CEGIN-PR)
    - Daniele Hypólito (CRF-RJ)
    - Ethiene Franco (CEGIN-PR)
    - Harumi de Freitas (CEGIN-PR)
    - Letícia da Costa (CRF-RJ)
    - Priscila Cobello (CEGIN-PR)
    - Ana Caroline Cardoso (CEGIN-PR)
    - Khiuani Dias (CRF-RJ)
    - Nadhine Ourives (CEGIN-PR)
    Convidadas
    - Jade Barbosa (CRF-RJ)
    - Renata Pinheiro (GNU-RS)
    - Adrian Gomes (GNU-RS)
    - Gabriela Soares (CRF-RJ)
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.