• O que podemos esperar da equipe masculina do Brasil em Tóquio?



    Que eles melhoraram muito não tem como negar. Apesar da falta de Victor Rosa, arrisco dizer que o Brasil está indo para Tóquio com a melhor equipe masculina de todos os tempos. Temos na equipe o bicampeão mundial de solo, Diego Hypólito; o finalista mundial e campeão mundial universitário de argolas, Arthur Zanetti; o campeão pan-americano juvenil individual geral e 19º melhor ginasta do mundo, Sérgio Sasaki; o campeão pan-americano de barra fixa, Mosiah Rodrigues; o atual campeão brasileiro individual geral, Francisco Barreto; o atual terceiro melhor brasileiro individual geral, Péricles Silva e o campeão pan-americano por equipes juvenil, Petrix Barbosa. Um time forte e experiente, mas ao mesmo tempo renovado. Dos sete ginastas que compõem a equipe deste ano, apenas dois estavam na equipe do último mundial pré-olímpico: Diego Hypólito e Mosiah Rodrigues. Naquela época, somente Diego Hypólito conseguiu a vaga para competir nos Jogos Olímpicos. Hoje, sonhamos com uma equipe completa.

    Chances reais

    Então, aparece a pergunta: quais as chances reais da equipe masculina em Tóquio? Chances reais, nesse contexto, significa o que realmente o Brasil pode fazer e conseguir, sem suposições, sem contar com os erros dos adversários. É o que eu tenho certeza que acontecerá com a equipe brasileira, com todos chegando lá e fazendo o trabalho necessário. Lembrando que a ginástica é um esporte ingrato: o atleta pode ter todas as chances possíveis, a série mais difícil e a execução impecável. Um único erro pode ser fatal. Um exemplo prático e bem próximo: Diego Hypólito na final de solo em Pequim. Ele só tinha que acertar a série. Acertando, garantiria o ouro. Mas errou. E a medalha olímpica ficou na mão de um chinês que, na minha opinião, não tinha ginástica suficiente para bater um Diego sem erros.

    Diego Hypólito

    Se fosse pra escolher uma certeza, um palpite certeiro para a delegação brasileira nesse mundial, eu diria: Diego Hypólito vai conquistar uma medalha nesse mundial, com chances reais de ouro. Hoje, a maior certeza que eu tenho pra ginástica é essa. Diego vai estar na final de solo em Tóquio, podendo ser campeão mundial pela terceira vez.

    Arthur Zanetti

    Arthur Zanetti estará na final de argolas em Tóquio. O ginasta vem fazendo uma boa política internacional com a arbitragem e olhares do público da ginástica em geral, acertando todas as séries que executou esse ano. Arthur tem chances reais de estar na final de argolas daqui alguns dias e tenho certeza que a torcida a favor dele não se encontra apenas no Brasil.

    Sérgio Sasaki

    Outro ginasta que conquistará uma vaga na final. Dessa vez, no individual geral. Sérgio é o ginasta mais forte que o Brasil já teve nessa categoria. Ele foi campeão pan-americano juvenil, deixando americanos, canadenses, colombianos e porto-riquenhos para trás. Além disso, conquistou a marca inédita para o Brasil, nessa categoria, em mundiais: foi 19º colocado em 2009. Sasaki fez 88.550 pontos no Troféu Brasil esse ano. A repetição dessa nota o colocará dentro da final com certeza! E eu ainda acho que ele pode pontuar mais do que isso...

    Equipe completa

    O Brasil conquistará a vaga na repescagem em Janeiro. Esse será um passo importantíssimo para que o sonho dos fãs da ginástica brasileira se realize: uma equipe masculina completa nos Jogos Olímpicos. Esse sonho começou no mundial do ano passado, quando a equipe masculina, mesmo com desfalques de atletas importantíssimos, mostrou que poderia segurar as pontas e classificar o Brasil para o mundial desse ano. A ginástica masculina cresceu e nunca esteve tão próxima de representar o Brasil no evento esportivo mais importante do planeta.

    Possibilidades

    Além das chances reais temos as possibilidades. Não temos certeza, mas pode acontecer.

    Diego Hypólito

    Além do solo, Diego pode estar na final de salto. Para isso ele precisa dificultar um pouco seus saltos, como vem fazendo. Ele apresentou esse ano o tsukahara com tripla pirueta, salto de valor de dificuldade alto que pode colocá-lo dentro da final. Chances de medalhas? Dentro de uma final tudo pode acontecer.

    Arthur Zanetti

    Arthur pode ganhar uma medalha na final de argolas. Nessa altura do campeonato, não acho que ele dificultará a série. Ele já tem uma série forte (apesar de não ser a mais forte entre os melhores hoje) e provavelmente ele está, juntamente com seu técnico, investindo em uma execução impecável, o que será essencial para que uma medalha aconteça.

    Sérgio Sasaki

    Pensando na possibilidade de subir a nota que ele tirou no individual geral esse ano, Sérgio Sasaki pode ser top 15 no mundial. Essa marca seria inédita para o Brasil e bateria a marca que ele mesmo fez, que é a melhor até hoje! Além disso, Sasaki voltou recentemente aos treinos fortes de solo e salto e, de acordo com as notas que Sasaki tirou na Copa do Mundo de Doha esse ano, ele poderia, também, estar na final desses dois aparelhos.

    Equipe brasileira

    Possibilidade de se classificar diretamente para Londres? Não. Esse ano não dá. Nossos ginastas ainda precisam melhorar principalmente no cavalo com alças e barra fixa. Mesmo assim, sinceramente, se Victor Rosa estivesse na equipe, eu ia torcer muito para que uma final e a consequente classificação acontecessem. Peço desculpas aos céticos e pessimistas por isso. Não parei para fazer contas, mas a falta de Victor diminui a nota final da equipe em torno de dois pontos. Isso é muita coisa para um mundial. Independente disso, temos um time bom, competente, e o melhor de tudo: com grandes possibilidades de crescimento. Arthur Nory está chegando. Petrix, Sasaki, Francisco e Péricles ainda são muito novos. Penso que os bons resultados que eles já vêm conquistando ainda não representam o limite da ginástica deles. O auge ainda está por vir.

    Aguardem o texto que vou escrever em janeiro: "O que podemos esperar da equipe masculina na repescagem?". Muita água vai rolar até lá, mas meu otimismo e meu coração de fã estão loucos para que meus dedos digitem: "equipe completa nos Jogos Olímpicos".
  • You might also like

    16 comentários:

    1. Concordo que o Brasil nunca esteve tão bem no masculino e acredito também que há chances sim do Brasil se classificar na repescagem em janeiro. Vamos torcer!!!

      ResponderExcluir
    2. Pelo que acompanho no masculino, não entendo muito, mas de tanto ler e ver as competições e buscar noticias para postar nas comunidades a gente passa a ver as coisas com mais clareza. Concordo com tudo o que vc falou, exceto pelo fato do Victor reduzir tanto assim a nota final, ele faz falta sim, mas lembrando que os aparelhos fortes dele são solo, salto e melhorou muito na Paralela, mas nada que o demais não possam suprir nos outros aparelhos, cavalo com alças, paralela, barra fixa e argolas e nesta última não falo do Zanetti não ok.
      Bom, quanto a classificação, acho difícil também o Brasil ficar entre os oito melhores, mas entre os 12 é quase certo.
      Quanto às medalhas, no mundial, acredito em uma para o Diego e estou começando a acreditar também em uma para o Zanetti, se ele fizer os 15.700 que fez em Porto Rico ela é quase certa, ate porque estão fora da competição o Danny Rodrigues , da França, Yuri Van Gelder , da Holanda, Aleksandr Balandin, da Rússia, restam para candidato à medalha 2 da China, que não sei ainda quem são porque não temos os nomes da equipe, mas foram os únicos, que este ano, chegaram na casa do 16.000.
      Mas como vc disse antes, a ginástica é imprevisível e eu com o coração de brasileira e fã desta geração que está ai torço muito por eles e sei que vão fazer bonito e estarei passando as madrugadas acordada, acompanhando, torcendo e sofrendo junto. Vai Brasil

      ResponderExcluir
    3. Galera mudando de assunto, alguem tem noticias da lais??? ela operou??? se aposentou mesmo???

      ResponderExcluir
    4. Bom Tina, é justamente nesses aparelhos que eu justifico o aumento da nota da equipe. Victor também vai muito bem na barra fixa. Enquanto poderia entrar um 15.300 dele no solo, provavelmente, e eu digo PROVAVELMENTE, entrará um 14.700...O mesmo acontecerá com as notas de salto, um pouco menos na paralela, e um pouco menos na barra fixa. Somando tudo, dá em torno de 2 pontos no fim das contas...Se eu tiver um tempinho eu te explico o meu raciocínio e faço as contas para te demonstrar!!!

      Vamos torcer né Tina? Os menino, acima de tudo isso que eu disse no texto, estão com MUITA vontade para que a classificação aconteça. E quer saber? Isso é o mais importante. Quem te vontade dá o seu melhor. E quero muito acreditar que o melhor deles seja suficiente.

      ResponderExcluir
    5. Alguem sabe se o Sergio Sasaki vai realmente poder competir?
      Me falaram que ele estava com lesão e na lista nominal da FIG ele está como reserva !

      ResponderExcluir
    6. Eu li no twitter dele que eles estavva de volta aos treinos de solo e salto...eu acho que ele não será o reserva não. Penso que o reserva será o Petrix Barbosa.

      ResponderExcluir
    7. Andre Kazatchov, que eu saiba o Sasaki vai competir sim e talvez, se estiver seguro,apresente um elemento novo na paralela que já vem treinando a algum tempo e que não consta no código de pontuação.

      ResponderExcluir
    8. Eu acredito que se eles estiverem com psicologico em dia vão com 6 ginastas pra Londres sim !
      Minhas apostas nas finais desse mundial são :

      TF:

      1-CHN
      2-JPN
      3-GER
      4-RUS
      5-KOR
      6-ROU
      7-USA
      8-GBR

      AA

      1-KOHEI UCHIMURA
      2-FABIAN HAMBUECHEM
      3-EMIN GARIBOV

      FX
      1-DIEGO HYPOLITO
      2-DENIS ABLYAZIN
      3-THOMAS SEPÚLVEDA

      PR
      1-TENG HAIBIN
      2-KRIZTIAN BERKI
      3-LOUIS SMITH

      RG

      1-CHEN YBING
      2-WEYANG GUO
      3-JORDAN JOVTCHEV

      VT
      1-RI SE GWANG
      2-ANTON GOLOTSUTSKOV
      3-THOMAS BOUHAIL


      PB
      1-FENG ZHE
      2-WONCHUL YOO
      3-DANNEL LEYVA

      HB

      1-KAI ZOU
      2-FABIAN HAMBUECHEM
      3-EMIN GARIBOV


      Bom são apenas as conclusões que tirei mas tudo pode acontecer !

      ResponderExcluir
    9. Vamos ver oq vai ser né boa sorte pros meninos pro serginho no salto no solo e nas paralelas pro arthur nas argoslas e principalmente o diego no solo né

      ResponderExcluir
    10. Nossa, gostei muito de uma frase do Cedrick, válida pra qualquer ginasta, e que a meu ver nunca podemos nos esquecer:

      "Dentro de uma final tudo pode acontecer."

      ResponderExcluir
    11. Andre Kazatchov , gostei da sua lista, só tenho algumas observações a fazer.

      O Fabian Hambüchen não estava fazendo todos os aparelhos, não sei se no mundial o fará por conta da lesão grave que teve, a melhor aposta seria o Philipp Boy em lugar do Fabian.

      No cavalo com alças creio que teríamos que colocar ai na disputa das medalhas o Prashanth Sellathurai da Áustria, que, este ano, vem fazendo ótimas competições e com muita consistência, levou ouro na Univesíade (15.700), prata na WC Moscou, Ouro na WC Paris.

      Ri Se Gwang nunca mais competiu e nem vai para o mundial, uma pena, a federação a qual a PRK pertence está suspensa pela FIG e não pode participar de competições , neste caso podemos colocar o ginasta da outra Coréia, o Yang Hak Seon, que tem nota de partida 7.4 e chegou ao absurdo de fazer 16.850, durante o Korean Cup deste ano.

      A HB vai ser muiiito disputada, além dos que vc citou ainda tem o Zonderland, tem os americanos, Levya, Jake Dalton (este dois se as notas do Visa estiverem corretas) e o Uchimura.

      ResponderExcluir
    12. Andre Kazatchov , gostei da sua lista, só tenho algumas observações a fazer.

      O Fabian Hambüchen não estava fazendo todos os aparelhos, não sei se no mundial o fará por conta da lesão grave que teve, a melhor aposta seria o Philipp Boy em lugar do Fabian.

      No cavalo com alças creio que teríamos que colocar ai na disputa das medalhas o Prashanth Sellathurai da Áustria, que, este ano, vem fazendo ótimas competições e com muita consistência, levou ouro na Univesíade (15.700), prata na WC Moscou, Ouro na WC Paris.

      Ri Se Gwang nunca mais competiu e nem vai para o mundial, uma pena, a federação a qual a PRK pertence está suspensa pela FIG e não pode participar de competições , neste caso podemos colocar o ginasta da outra Coréia, o Yang Hak Seon, que tem nota de partida 7.4 e chegou ao absurdo de fazer 16.850, durante o Korean Cup deste ano.

      A HB vai ser muiiito disputada, além dos que vc citou ainda tem o Zonderland, tem os americanos, Levya, Jake Dalton (este dois se as notas do Visa estiverem corretas) e o Uchimura.

      ResponderExcluir
    13. Cedrick, achei essa predição feita hoje sobre as finais do Mundial, eles fizeram uma média das maiores e menores pontuações das equipes e ginastas. Como é de hoje, as notas da Sandra Izbasa não são contadas (já que ela não vai ao Mundial), é muito bom, você pode até postar o gráfico que mostra o Brasil "bem" colocado. Abraços.

      http://www.the-all-around.com/index.php?option=com_content&view=article&id=247:2011-worlds-predictions-wag-team&catid=4:news&Itemid=22

      ResponderExcluir
    14. eu vi essa previsão Jeferson! Mesmo assim muito obrigado! Mostra que minha opinião está de acordo com a comunidade da ginástica internacional.

      ResponderExcluir
    15. A Izbasa tá fora do Mundial ? O_O

      ResponderExcluir
    16. Seleção oficial definida para o mundial!

      Titulares:Diego hypolito,Petrix Barbosa,Sergio Sasaki,Pericles ,Arthur e Francisco
      Reserva Mosiah rodrigues

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.