• Rebeca Andrade no solo





    Campeonato Brasileiro Juvenil 2011. Sim, essa acrobacia na primeira passada é um duplo esticado. Que fique bem claro que o Oleg nunca treinou a Rebeca. Isso para depois não haver comentários do tipo "foi Oleg que treinou" ou "o que era essa menina antes do Oleg". Ela já é muita coisa, ela já é muito boa. Ela é fruto de treinamentos de técnicos brasileiros, e atualmente é considerada um dos maiores nomes da ginástica feminina para 2016. Para assistir mais vídeos do Brasileiro Juvenil: http://www.youtube.com/noryarthur.
  • You might also like

    33 comentários:

    1. Quntos anos tem essa pequena campeã??????

      ResponderExcluir
    2. UAU ELA É MUITO FORTE.... tbm tem q se considerar q ela é muito jovem e nem sente o peso q tem /!! auhauha mas muito boa!!

      ResponderExcluir
    3. Gosto muito dela , e espero que não seja apenas uma Daiane no Solo , e faça tbm bem os outros aparelhos.

      ResponderExcluir
    4. Qual a idade dela?

      ResponderExcluir
    5. num foi pelo Oleg... mas foi pela Molinari e os técnicos que conviveram com ele em Curitiba... entendo que vcs queiram que os técnicos Brasileiros sejam valorizados e tem mesmo, eu tbm acho que tem... mas em certos comentários parece que querem desmerecer o Oleg... ele é bom e infelizmente, até politicamente, ainda precisamos de alguém como ele... até a Georgette disse em uma entrevista que gostaria da ajuda dele esse dois meses que as meninas vão treinar até o test events...

      confiram neste vídeo:
      http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM1664477-7824-GINASTICA+ARTISTICA+FEMININA+TERMINA+MUNDIAL+EM+14+E+NAO+CONQUISTA+VAGA+PARA+LONDRES2012,00.html

      ResponderExcluir
    6. nossa to impressionado ela faz esse duplo esticado altissimo com muita facilidade e as Outras acrobacias tbm, quantos anos ela tem? Gostei muitO se continuar assim ira ter um grande futuro.

      ResponderExcluir
    7. Ta fazendo duplo grupado melhor que muitas da categoria acima. E o duplo esticado também muito bom... É, fiquei impressionado. Vamos torcer pela geração de todos os esportes que tem prometido um bom desempenho em 2016.

      ResponderExcluir
    8. Patricia, sinto em te informar que você está enganada. Ela não foi treinada pela Caroline Molinari não. Ela foi descoberta pela Keli Kitaura em Guarulhos. Quando a Keli foi para Curitiba, ela levou a Rebeca. Isso foi, se não me engano, no finalzinho de 2008, época em que o Oleg já tinha ido embora. Agora, no começo desse ano, Keli foi para o Flamengo e levou a Rebeca de novo.

      Quando eu falo do Oleg em situações como essa não quer dizer que eu não goste ele ou que eu desvalorize ele. Pelo contrário, acho Oleg um dos melhores treinadores do Mundo. O que acontece é que tem gente que super desvaloriza os treinadores do Brasil e eu já cansei de citar exemplos de como as ginastas já eram boas mesmo antes dele chegar...Daniele foi prata no solo no em 2001, 4ª no geral em 2001, Daiane foi finalista de solo em 2001, foi medalhista de prata e bronze no pan-americano de 99. Até mesmo Luisa Parente...Jade, no Brasileiro de 2004, ganhou das meninas que já estavam em Curitiba na seleção permanente, sem pisar fora do Flamengo. E isso quando ela era apenas uma juvenil.

      Não quero convencer ninguém da minha opinião. Mas não posso aceitar calado comentários do tipo "o Brasil só existiu no cenário internacional depois de Oleg e seleção permanente".

      ResponderExcluir
    9. ée ela pode não ter sido treinada pelo Oleg,poréem o treinamento dela não foi feito somente pela Keli,ela treinou por quase dois anos com os tecnicos de Curitiba e principalmente por Iryna,então o que ela faz hoje é consequência do treino que ela teve em Curitiba,do contrario ela não faria metade do que faz.Não desmerecendo a Keli,que foi quem à descobriu,e que hoje é sua tecnica.

      ResponderExcluir
    10. Cedrik isso eu acho errado tbm, num tem que desvalorizar... mas tbm tem gente que faz ao contrario... sabe qual maior problema que vejo??? É falta de "administração"... parece que em muito pontos utilizam aquele jeitinho brasileiro, que não só na ginastica num da certo, como em outras coisas tbm... as potencias tbm sofrem com lesões e grandes talentos perdidos, mas tem o planejamento bem feito, é investido nos técnicos, entre outras coisas, um dos motivos de conseguirem ser "grandes"... assim como em outras grandes potencias do esporte. Na minha humilde opinião de quem não está no meio das pessoas que trabalham na ginastica, deveriam trabalhar em conjunto e não como rivais... num sei se é assim, mas parece uma disputa de egos, que esquecem a principal finalidade que é a ginastica. Parece a batalha entre "as felizes do Flamengo" contra "as infelizes do Cegin". Eu vejo assim, é triste isso, cade a união?? que lindo foi ver os meninos tão unidos vibrando no Mundial e com um planejamento excelente e chegando mais longe do esperavam...

      Quando surgiu as noticias do investimento no Cegin, muita gente querendo desvalorizar, mas deveriam ficar felizes e torcer pra que de certo pq pode se expandir pra outros estados e quem sabe outras empresas possam fazer isso com outros clubes e melhorarmos cada vez mais...

      Enfim só um desabafo de quem torce muito pra nossa ginastica...

      ResponderExcluir
    11. Infelizmente, acho o Cedrick muito polemico.
      Minha opiniao.

      ResponderExcluir
    12. A Rebeca é linda, mas esse duplo esticado foi meio barboseado, né?! ¬¬
      Mais uma que aprende a técnica errada...
      Ela é bem parecida com a Jade (quando era infantil/juvenil), seria interessante ver como a Rebeca reagiria nas mãos do Oleg...

      ResponderExcluir
    13. Prezado, primeiramente gostaria de parabenizar pelo blog. Porém, é muito importante a realidade do que é postado para não causar uma falsa imagem aos leitores. A menina em questão realmente NÃO FOI TREINADA DIRETAMENTE PELO GRANDE OLEG OSTAPENKO.Todavia, é fato que ela passou quase dois anos sendo treinada pela Iryna (com auxílio da Molinari e Keli) em Curitiba. A própria Keli tenho a mais absoluta certeza que não irá negar que boa parte do que aprendeu na ginástica foi com o Oleg e com a Iryna. Isso não diminui em nada o Talento do treinador brasileiro. Espero que esse talento continue seu processo evolutivo na ginástica independente de qualquer coisa mas esse registro REAL deve ser feito. O resto só o tempo dirá...
      Dá uma olhada no resultado do brasileiro infantil de 2002 esse resultado É UMA PEQUENA AMOSTRA do trabalho do Oleg quando teve oportunidade de treinar atletas mais jovens (curioso é o que aconteceu depois disso, ele não pôde mais trabalhar com a base).
      O que não podemos aceitar é o retrocesso de falarmos em uma ou duas atletas. Apartir de quando conseguimos classificar equipe completa para olimpíada?
      congratulações a todos!!!!

      ResponderExcluir
    14. Welington Einfach17 outubro, 2011 16:54

      Entendo o que o Cedrick disse, a ginástica realmente não é só Oleg. Porém é no mínimo interessante as meninas (incluindo a Jade) pedindo o Oleg. Realmente acho que essa coisa política pesa e o clube podia pensar maior e disponibilizá-lo pelo menos pra essa repescagem.

      ResponderExcluir
    15. Fabiano Araújo17 outubro, 2011 17:59

      ela tem quantos anos?

      ResponderExcluir
    16. é sempre delicioso ver novos talentos da ginastica, principalmente a brasileira! Esticando um pouquinho mais esse duplo, e aperfeiçoando os outros saltos e coreografias, ela vai ser muito bem-vinda!

      ResponderExcluir
    17. RENATO N .
      Cedrick não é polemico, pois ele como poucas pessoas conhecem bem os bastidores da ginastica do Brasil.
      Infelizmente Renato N, técnicos como o da Rebeca (seja de Curitiba ou não) fazem das tripas coração para mater um time decente pra disputar competições da CBG.
      Na era do Oleg, os técnicos formavam as ginastas e entregavam "quase prontas" só pra o Oleg finalizar e levar o mérito por todo o trabalho...
      VCS num sabem a metade dos podres da CBG, já trabalhei como estagiário no TJ-PR e o tanto de processo que corre lá contra a CBG... sem comentários.

      ResponderExcluir
    18. Duplo esticado não salva a série, quero ver o resto, pois até agora só apareceram promessas como Leticia Costa, etc...
      O grande problema é: será que quando chegar na competição adulta vai fazer dificuldade?

      ResponderExcluir
    19. Concordo com as declarações do(a) Amani e da Patricia quanto à contribuição dos técnicos internacionais.
      Entendo que os técnicos brasileiros precisam ser valorizados e que devem contar com toda a estrutura possível para crescerem profissionalmente para que assim possamos ter uma base mais forte.
      Todavia, preciso discordar da opinião do Cedrick de que "as ginastas já eram boas mesmo antes dele (Oleg) chegar" citando resultados de Daniele, Jade e Daiane.
      Posso até concordar que, antes da chegada do Oleg tínhamos algumas exceções resultantes de talentos individuais que conseguiam resultados expressivos. Porém, vejamos o quadro geral das ginastas antes e depois do Oleg assumir a seleção:

      a) Daniele: realmente já era muito boa e já tinha obtido o melhor resultado da vida dela no campo internacional. Encaro como um caso excepcional e isolado.

      b) Daiane: tinha alguns resultados internacionais, mas só alcançou o ápice depois de ser treinada pelos ucranianos. Teve toda a sua base reformulada para corrigir incorreções que não deveria mais possuir antes mesmo de ir para Curitiba. É só olhar os vídeos e constatar que os saltos ginásticos e até mesmo os flicks melhoraram absurdamente, sem contar que foi com eles que ela aprendeu o DTC. Ela reconhece tanto a ajuda que teve, que após Athenas 2004 ameaçou se aposentar caso o contrato com o Oleg não fosse renovado até Pequim 2008.

      c) Jade: tinha um solo forte, mas o resto dos aparelhos eram bem sujos. Não acredito que chegaria onde chegou no AA de 2007 sem a rigidez de Curitiba em termos de execução. Um exemplo disso é a UB dela: decaiu muito depois de ter voltado a treinar no Flamengo.

      d) demais ginastas como Laís, Ethiene, Ana Cláudia, Khiuane,Bruna, Priscila, etc. : eram anônimas, que devido ao treinamento de alto rendimento conseguiram chegar bons resultados em copas do mundo e ao TF olímpico.

      Ante ao exposto, não há como negar que ainda dependemos e muito da ajuda de técnicos estrangeiros. Basta observar os resultados que o Brasil obteve recentemente. Foi uma combinação de baixa dificuldade, com execução ruim e séries não adaptadas ao novo código de pontuação, coisa não víamos na era Oleg.

      ResponderExcluir
    20. Lucas, acho que a maioria das pessoas, sobretudo as que freiam argumentos pro Oleg, deveriam tomar cuidado com as expressões. Se fala "na época do Oleg" ao invés de "na época da seleção permanente", o que faz parecer aos ouvidos menos apurados que a culpa é do treinador e não daquele sistema todo.

      Acho massa que o Cedrick esteja ali nos bastidores, mas é no mínimo ingenuidade dele dizer que a Rebeca foi treinada só pela Keli né? pelamor... A Keli, assim como a Rebeca, está passando pelos clubes em busca da maior evolução possível...sugando o máximo que podem.

      Adoraria ver mais postagens sobre as ginastas mais jovens, sobre as suas formações e etc...tb tô aguardando ansioso a postagem sobre a vossa visita à Minas...

      ps: esse "barbosa" tá tenso mesmo. Tinha dito por aí que o DE dela era perfeito...kkkk. tá longe...mas pra idade né...demos um desconto. :P

      ResponderExcluir
    21. Seria bacana um post com as promessas da ginástica brasileira! Fica a dica :]

      ResponderExcluir
    22. Parabéns anônimo concordo plenamente com o que você falou.E ainda complemento,transformar um talento nato como o Diego Hypolito em um campeão olimpico é fácil.Porém,fazer com que uma atleta como Ethiene Franco conduza uma equipe numa olimpiada e BEEEEEM mais dificil (isso é para poucos técnicos).

      ResponderExcluir
    23. Bom gente, tudo que eu queria falar já esta escrito no post cobre o Oleg. Não vou mais responder comentários sobre esse assunto porque não quero esbarrar em questões pessoais. Jucélio: a ingenuidade passa longe de mim quando o assunto é ginástica artística. A dificuldade que tenho com posts, como alguns que eu faço, é que são lidos por fãs de ginástica e pessoas não vinculadas ao esporte, que são a maioria que frequentam o blog. Mas posso dizer que na minha vivência dentro do esporte, de todas as formas que eu já vivi e ainda vivo, me fazem ter a opinião que demosntro, que é unânime entre as pessoas inseridas no esporte, pessoas que fazem parte da comunidade pensante da ginástica do Brasil. Ás vezes estou sendo muito polêmico mesmo, vou tentar melhorar isso. Enfim, abraços gente! Vamos divulgar a ginástica, que é isso que interessa. Afinal, o objetivo do blog é esse.

      ResponderExcluir
    24. Olá... Eu e a Rebeca fomos informadas hj pela nossa acessora de imprensa do Flamengo sobre este post e primeiramente gostaria de parabenizar pelo Blog e tbm por postar este video que a gente ainda não tinha visto! Vou deixar meu comentário, a Rebeca também já deixou o dela do jeitinho dela! A Rebeca realmente começou comigo e com o Xico aos 6 anos de idade,em Guarulhos depois de três anos fui chamada pra voltar a dar treino em Curitiba e depois de um ano surgiu a oportunidade de levar a Rebeca a Milena e Mariana Olíveira, para treinar em Curitiba, onde treinaram por 1 ano comigo com o Roger com a Carol e com a Iryna, uma equipe ótima de treinadores, a Iryna me ensinou muito até porque antes de eu ir para Guarulhos eu já tinha trabalhado 5 anos em Curitiba, onde foram 5 anos de aprendizagem...Neste início do ano eu o Xico a Rebeca e a Milena viemos para o Flamengo onde fomos muito bem recebidos e graças a Deus este ano fizemos um excelênte trabalho!!! Acho que isso esclarece muitas dúvidas, quanto ao trabalho dos treinadores todos tem um pedacinho de participação na História dessa pequena menina... se ela vai fazer História na Ginástica ou não, só o tempo e Deus que vão nos dizer...Estamos trabalhando e torcendo para isso!!!Obrigada Cedrick postar o video e por acreditar no nosso trabalho! Bjs Keli

      ResponderExcluir
    25. Oi sou a rebeca
      eu tenho 12 anos
      Treino desde pequena com keli e o xico ,treinei sim em curitiba mas foi somente um ano
      conheci o Oleg este ano no juvenil que ele foi assiti
      Gostei do meu video se falaram que parece com o da Jade obrigada gostei!
      Adoro treinar no Flamengo e adoro as meninas e os tecnicos um bj pra quem gostou do meu video e da minha ginástica vou me esforçar cada vez mais

      ResponderExcluir
    26. Tá dito pela Keli e pela Rebeca aqui no post. Confirmou minha postagem de que ela nunca foi treinada pelo Oleg. O teor da postagem, no fim das contas, era esse: valorizar o que os técnicos brasileiros fazem, mostrar que eles também tem potencial, e foi isso o que a Keli fez (apesar de Rebeca ter treinado um pouco com a Iryna). Nem a Keli e nem a Rebeca me deixaram mentir. Sinceramente, não sei porque deu tanta dsicussão. A única coisa que eu não sabia, e que foi esclarecido pela Keli, foi que Caroline também participou um pouco dos treinos da Rebeca, mas Caroline não deixa de ser brasileira e uma excelente ex-atleta de seleção. Abraços pessoas! PS: os comentários sobre esse post estão encerrados!

      ResponderExcluir
    27. Gosto muito da Molinari :)
      Fui assisti um treino dela e me surpreendi com as meninas dela. São muito promissoras e são muito fofas :)
      A Mari Oliveira, a Frida, a Mari Valentin e a Ana Flavia são muito boas mesmo. A Molinari está fazendo um trabalho incrível lá em Curitiba (acho que nem seria muito ousado se falasse que está melhor que o trabalho da Irina) *-*

      ResponderExcluir
    28. Acho q todos os clubes do Brasil gostariam de ter um Oleg, uma Irina uma Nadja comandando os treinamentos da ginástica, mas as experientes senhoras do cegin,no famoso come-quieto mataram vários coelhos com uma cajadada só,agora tem,Irina,Oleg e cia. O cegin vai ganhar muito com a volta do Oleg. Estive em algumas competições e só se ouve falar nele. Quero aproveitar esse maravilhoso blog para dizer que; no cegin tem garotas talentosas como: Mariana Oliveira,Ana,Valentin e outras novinhas q vem despontando. E pra quem fala mal do Oleg: vai um ditado. Quem desdenha...quer comprar. Bjos

      ResponderExcluir
    29. Só uma curiosidade: Mariana Valentim também foi descoberta e treinada pela Keli Kitaura. Uma pena a mãe dela não ter conseguido acompanhar as meninas e a Keli para o Rio de Janeiro...De qualquer forma o CEGIN é um excelente clube e tenho certeza que ela ficará bem por lá!

      ResponderExcluir
    30. Olá Cedrick: Na minha humilde opinião todos os profissionais deveriam deixar de lado essa vaidade de achar que: treinou ou treina é dono do atleta. O bom profissional sempre vai ser lembrado e mencionado. Está chegando 2014 e só se fala do Oleg, porque será? Não ta na hora de parar com essa exposição de alguns técnicos brasileiros que querem aparecer mais que a bandeira do Brasil? O tempo é curto pra trabalhar, porém muita coisa pode acontecer, as vezes o talento de hoje não é o que vai brilhar em 2016 ou 2020. Meu sonho é vê-los trabalhando em prol da ginástica do Brasil

      ResponderExcluir
    31. Quem é Nadia? E a Iryna o que ela fez? Destruiu o Brasil nesse último ciclo deu pra ver na cara dela a insatisfação e vergonha! Afinal não tinham encerrado os comentários neste post!

      ResponderExcluir
    32. Não entendo e não conheço bem da ginastica feminina, mas ai vai um conselho que ajuda muito. Tem que tirar estas meninas da internet e fazer um trabalho psicológico bom nelas, elas tem potencial mas não podem ficam dando atenção a criticas feitas na maioria das vezes por gente idiota que acha que entende de ginástica e fala burrice com uma propriedade de causa que só Deus. O ginasta tem que ouvir o treinador dele e o resto que se dane é só opinião de gente que não acrescenta em nada.

      Vejam o exemplo Sasaki e Zanetti, focadíssimos na competição, concentrados e vejam os resultados, calaram a boca de um monte de gente que não acreditava neles que diziam que a nota de partida do Zanetti era baixa, que não acreditavam que o Sasaki, podia fazer um salto tão bom e por ai vai. Não acompanham a carreira da pessoa e fica falando m...(desculpem o desabafo mas não aguentei)

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.