• Brasil, Alemanha, Bélgica e França estão classificados para os Jogos Olímpicos


    O Brasil manteve seu lugar firmado em primeiro até o fim da 4ª subdivisão do Evento Teste e acompanhado de Alemanha, Bélgica e França terminou se classificando para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Tudo isso com uma pontuação excelente, que não só coloca a equipe dentro dos Jogos como possibilita uma chance real de terminar entre as 5 melhores equipes nas Olimpíadas.

    França conseguiu sua vaga no último momento, lutando diretamente contra a Austrália até no fim. E foi nas barras assimétricas, novamente, que o resultado foi definido: passando excelentes séries, muito bem montadas e executadas, com notas acima de 14 pontos, a França conseguiu as notas que precisava.

    A equipe belga finalmente conseguiu a classificação que tanto queria e lutou no ciclo passado, quando terminou em 5º lugar no Evento Teste e provocou até a saída de algumas veteranas da época, que acabaram se aposentando junto com o sonho olímpico, esse que hoje foi renovado com a presença das maravilhosas juvenis estreantes Axelle Klinckaert e Senna Deriks.

    A Bélgica, assim como o Brasil, tem chances de melhorar os resultados conquistados hoje em Agosto, durante a disputa dos Jogos Olímpicos. A equipe competiu sem a presença de sua melhor barrista, a ginasta Nina Derwael, que assistiu tudo da arquibancada. A equipe belga tem grandes chances de conseguir uma final olímpica por equipes, o que será o melhor resultado do país.

    Ainda sobre o Brasil, a equipe lutará por medalhas em todas as finais aqui no Rio. Confira!

    Salto - Daniele Hypólito
    Barras assimétricas - Rebeca Andrade
    Trave - Flávia Saraiva e Jade Barbosa
    Solo - Flávia Saraiva e Daniele Hypólito

    As chances de terminar as finais com bons resultados são grandes e a torcida continua amanhã a partir das 13:10h.

    Resultados completos: equipes, individual geral, salto, assimétricas, trave e solo.

    Ginastas individuais

    Confira as últimas ginastas individuais de destaque nessa última subdivisão!

    Ana Lago e Alexa Moreno

    As mexicanas competiram muito bem e ficou uma dúvida: como a Coréia estava aqui com equipe completa e o México não? Ana e Alexa somadas a Elsa Garcia já configurava uma equipe de mais qualidade que as duas últimas colocadas hoje. Na disputa individual, Alexa ficou à frente de Ana Lago e ainda conseguiu uma final de salto. É provável que seja a representante de seu país nos Jogos.

    Isabela Onyshko

    Dividindo opiniões entre fãs de ginástica, Isabela pode não ter a ginástica mais bonita, mas não há como negar a inteligência da montagem de suas séries, que acabam resultando em boas notas. A ginasta está na final de trave e terminou em 10º no individual geral.

    Tonni-Ann Williams

    Conseguiu representar a Jamaica no lugar de Danusia Francis, que pleiteava esse lugar com Tonni. E fez isso com ótima forma e sobrando força! Percebe-se que a ginasta pode evoluir suas séries de salto e assimétricas, onde faz com muita facilidade o que já executa. Evoluindo um pouco mais suas séries, competirá nos Jogos com chances, mesmo que pequenas, de uma final individual geral.

    Post de Cedrick Willian

    Foto: Ivan Ferreira / Gym Blog Brazil
  • You might also like

    3 comentários:

    1. Vídeos nestes canais:
      https://www.youtube.com/user/nichyson/videos
      https://www.youtube.com/user/91andRWforever/videos
      https://www.youtube.com/channel/UCfy5tMIipPL9tsHMhlfPAOw/videos?sort=dd&view=0&shelf_id=0
      https://www.youtube.com/user/gymnastiekfederatie/videos
      https://www.youtube.com/user/RFEGOficial/videos
      https://www.youtube.com/user/artrax57/videos
      https://www.youtube.com/channel/UCRNUfrkO0V_aWMrymMCie0A/videos
      https://www.youtube.com/user/gymfrombrazil/videos
      https://www.youtube.com/channel/UCvbEh3JVVCqkn-4NwnT9cWg/videos
      https://www.youtube.com/user/KenzouTYork/videos?shelf_id=0&view=0&sort=dd

      ResponderExcluir
    2. Solos do Brasil:
      https://www.periscope.tv/w/1gqxvDwLBvOGB

      ResponderExcluir
    3. Acho que se o Brasil der uma dificultada no solo e conseguir ficar na barra até agosto elas podem brigar por uma prata por equipes .já que com um solo simples e podendo ter ido melhor nas paralelas assimétricas poderiam tirar uma nota de 230.


      Mafl16

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.