• Treinadores da seleção deixam o Brasil


    Os Jogos do Rio já ficaram no passado: o novo ciclo olímpico já começou. E o Brasil perdeu para sua preparação para os Jogos de Tóquio não só Alexandrov como também Ricardo Pereira, que trabalhava com atletas da seleção feminina, e Renato Araújo, que trabalhava com a seleção masculina. Os técnicos deixam o Brasil mas continuarão trabalhando com a ginástica. Vale lembrar que Ricardo esteve no Centro de Treinamento do Rio com Alexandrov durante toda a preparação olímpica.

    Tanto Renato como Ricardo estão de mudança para o Canadá para continuar trabalhando com ginástica. Independente da proposta, o país está envelhecendo e precisando de mão de obra em todas as áreas, algo que facilita um pouco os trâmites para imigrantes. Os Jogos do Rio, para Renato Araújo, e o Pan de Especialistas, para Ricardo Pereira, aparentemente foram as últimas competições em que os treinadores acompanharam a seleção.

    Renato ainda treinava Petrix Barbosa e Sérgio Sasaki, mas já tinha perdido o comando de Diego Hypólito e Caio Souza. Ricardo estava no CT do Rio treinando as atletas adultas do Flamengo, e já até recebeu uma mensagem de despedida de Letícia Costa nas redes sociais. A ginasta, sob seus treinos, conquistou uma medalha no salto no Pan de Especialistas.

    Ainda restam dúvidas sobre como continuarão os treinos de Caio Souza e Diego Hypólito, que pouco antes dos Jogos tiveram que interromper os treinos com o técnico Fernando Carvalho por conta de uma investigação, e Sérgio Sasaki, que até os Jogos esteve com Renato Araújo. Sérgio e Petrix agora são contratados do Vasco, mas sabe-se que o clube não tem ginásio ou treinadores que suportem os treinos dos atletas.

    Petrix, que acabou fora da seleção olímpica, encontrou motivação para continuar treinando e embarcou para os Estados Unidos: está em Miami no clube de Danell Leyva, o Universal Gymnastics, com Yin Alvarez, treinador olímpico e padrasto de Leyva. Seu objetivo é competir bem no campeonato brasileiro, que acontecerá entre os dias 8 e 13 de novembro, e conseguir uma vaga na equipe que disputará o Sul-Americano adulto. Pode ser que depois dos compromissos no Brasil em novembro ele volta para os Estados Unidos e prossiga treinando com Alvarez, de olho nos Jogos de Tóquio, onde poderá participar dos Jogos Olímpicos pela primeira vez.

    Nota: Ricardo Pereira foi o primeiro entrevistado do Gym Blog Brazil.


    Post de Cedrick Willian

    Foto: Ivan Ferreira / Gym Blog Brazil
  • You might also like

    5 comentários:

    1. Pessoal, parece que a Kelly e o Alexandre Carvalho também estão de saída... Procede?

      ResponderExcluir
    2. Pessoal, parece que Kelly e Alexandre Carvalho também estão de saída. Procede?

      ResponderExcluir
    3. E por que não tem nenhuma nota falando sobre o Marcos, o treinador do Arthur que assumiu os treinos?

      ResponderExcluir

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.