• Diego Hypolito comemora grandes resultados no início de 2010


    Ginasta já conquistou três ouros nos Jogos Sul-Americanos e um na Copa do Mundo

    O ginasta Diego Hypolito desembarcou hoje (13) no Rio de Janeiro com a medalha de ouro no solo, conquistada na etapa da Copa do Mundo de Paris, no último domingo, e a sensação de dever cumprido. A nota de 15.775 mostrou que, nem de longe, o brasileiro se preocupou com as dores no pé esquerdo e focou, apenas, em representar seu país da melhor maneira possível.

    “Estava sentindo dores, mas na hora da competição, com o aquecimento, remédios e, principalmente, com a adrenalina, dói menos. E eu queria muito competir. Estou feliz porque foi a primeira etapa do ano que eu competi e nunca tinha acontecido de eu ganhar já na minha primeira participação”, lembrou o ginasta tetracampeão da Copa do Mundo no solo.

    Aliás, 2010 vem sendo sinônimo de muitas alegrias para Diego Hypolito. “Comecei muito bem com a participação nos Jogos Sul-Americanos e, agora, com esse ouro em Paris“ - disse Diego, que foi campeão no solo, no salto e por equipe no campeonato disputado em Medelin, na Colômbia, no mês passado.

    Apesar de ter alcançado o alto nível, o ginasta vê nitidamente seu processo de evolução nos últimos anos. “Desde 2005 venho falando que estou um pouco melhor a cada ano. Em 2006 estive um pouco acima do que apresentei no ano anterior e assim vem acontecendo, com a exceção de 2008, ano das Olimpíadas, quando acho que dei uma piorada. Mas 2009 foi muito bom e esse ano já está sendo ótimo”, afirmou Hypolito.

    Renato Araújo, chefe da delegação brasileira na Copa do Mundo de Paris, também voltou da França satisfeito com os resultados conquistados. E o técnico de Diego explica o porquê de 2010 estar começando bem. “Tivemos uma competição de equipes muito cedo, que foi nos Jogos Sul-Americanos, e como o Diego teve que treinar em todos os aparelhos, talvez tenha o deixado bem preparado desde o início”, comentou Renato.

    Os bons resultados sempre são esperados pelo treinador, mas ele conta que se surpreendeu com as quatro medalhas de ouro já conquistadas pelo ginasta brasileiro em 2010. “Tinha um ginasta do Chile que era o grande adversário do Diego e ele era o favorito no salto. Então, estava difícil conseguir as medalhas de ouro. A do solo era esperada, mas a do salto chegou a me surpreender”, contou Renato Araújo.

    O dia de hoje foi de folga e descanso, mas amanhã de manhã Renato Araújo já estará comandando os treinamentos de Diego Hypolito. “No dia em que chegamos de viagem, é necessário ficar em casa para descansar e readaptar ao fuso horário. Mas a partir de amanhã já vamos nos preparar para a próxima etapa da Copa do Mundo, que vai ser na Rússia, no meio de maio, e já visando o Mundial, que vai ser em outubro”, finalizou o treinador.

    Na etapa de Paris, os atletas da CBG conseguiram outros grandes resultados. Arthur Zanetti, foi muito bem nas argolas e ficou com quarto lugar. Sérgio Sasaki também disputou a final e ficou em oitavo no salto, e Victor Rosa não chegou às finais. No feminino, o Brasil foi representado por Bruna Leal e Priscila Cobelo, que tiveram boa participação, mas não chegaram a disputa por medalhas. Bruna ficou na 11ª posição, na barras assimétricas, e Priscila terminou em 13ª lugar.
  • You might also like

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.